Dilma diz que todos os aliados do governo estão na linha de frente contra a corrupção

Vicente Limongi Netto

O senadores Pedro Simon, Jarbas Vasconcelos  e Cristovam Buarque já estavam se achando os donos do monopólio da verdade e de todas as boas iniciativas. Como se apenas eles, no planeta Terra, tivessem recebido do Todo Poderoso a missão de combater e liquidar com a corrupção.

Portanto, a meu ver, a presidente Dilma agiu bem e rápido, declarando enfaticamente que todos os aliados do governo também estão na linha de frente contra a corrupção. Assim Dilma sossegou a base aliada. E desmontou o palanque dos franciscanos por correspondência.

Na verdade, Simon, Jarbas e Buarque, não apenas querem fazer média com Dilma, mas, sobretudo, tentar minar a força política de fortes e aliados de primeira hora de Dilma, passando a falsa impressão que os demais não combatem a corrupção com firmeza.

Além, claro, de inutilmente insistir em desgastar politicamente Lula, que numa disputa eleitoral vence Buarque, Simon e Jarbas sem fazer força e sem sair de casa.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *