Dilma muda agenda e viaja à Etiópia, para evitar encontro com Lula na posse de Rafael Correa, no Equador

Carlos Newton

Para evitar hoje um desagradável e constrangedor encontro com o ex-presidente Lula em Quito, na posse do presidente equatoriano Rafael Correa em seu terceiro mandato, a presidente Dilma Rousseff arranjou uma desculpa diplomática e embarcou quarta-feira para Adis Adeba, na Etiópia, a pretexto de participar das comemorações do aniversário de 50 anos da União Africana, este sábado.

No lugar de Dilma, quem está no Equador é o vice Michel Temer. Por isso, o presidente do Senado, Renan Calheiros, assumiu a Presidência da República, já que o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, que deveria ocupar o cargo, está em viagem aos Estados Unidos.

Única chefe de Estado da América Latina nas celebrações, a presidente viajou acompanhada de ministros, entre eles Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Aloizio Mercadante (Educação), empresários e assessores. Mas a agenda é ridícula: ela fará apenas um pequeno discurso sábado à tarde e o único compromisso previsto é uma reunião com o primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn.

BRIGA DE BASTIDORES

Na verdade, Dilma evita ao máximo se encontrar com Lula desde que o Planalto passou a desfechar sucessivos ataques indiretos ao ex-presidente, tendo como alvos sua companheira Rosemary Noronha e o ministro Gilberto Carvalho, amigo pessoal de Lula e seu representante no atual governo. O objetivo do Planalto (leia-se: de Dilma) é desestabilizar o ex-presidente, para evitar que ele se anime a disputar a eleição de 2014 pelo PT, o que deixaria Dilma fora da política.

A campanha do Planalto é implacável e esta semana foram “vazadas” mais três matérias sucessivas contra Rosemary, através do repórter Vinicius Sassine, do Globo. A estratégia da equipe de Dilma é dar exclusividade ao Globo, na esperança de que a TV Globo entre na campanha contra a companheira de Lula, mas isso não vai acontecer. Até agora o Jornal Nacional não deu nenhuma matéria sobre esses ataques a Rosemary Noronha, nem vai fazê-lo. O interesse demonstrado pelo Jornalismo da Rede Globo é justamente o contrário – quer exclusividade numa entrevista com a própria Rose.

LULA NÃO PASSA RECIBO

A situação é muito interessante e reveladora. Lula está tendo um comportamento exemplar. Fica indignado com os ataques a Rosemary e Carvalho, mas não esboça a menor reação. Proibiu Gilberto Carvalho de pedir demissão e sabe que Dilma não tem coragem nem motivos para exonerá-lo. O que está acontecendo é que a presidente não despacha mais com o ministro, e ele está pouco ligando.

A tática de Lula é deixar o assunto esfriar por si próprio, porque as acusações contra Rosemary são frágeis e ela não se beneficiou com enriquecimento ilícito. Pelo contrário, está sem emprego e sem dinheiro, enquanto os outros acusados na Operação Porto Seguro continuam recebendo normalmente seus vencimentos de servidores públicos, vejam que situação estranha.

A resposta de Lula, portanto, é não dar resposta. Ao mesmo tempo, está se fortalecendo ao máximo dentro do partido, que é onde se dará a disputa pela candidatura, na convenção de julho de 2014. Para tanto, Lula está se recompondo com antigos companheiros que dele se afastaram nos últimos anos.

O assunto é muito bom e depois a gente conta as novidades com mais detalhes.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

12 thoughts on “Dilma muda agenda e viaja à Etiópia, para evitar encontro com Lula na posse de Rafael Correa, no Equador

  1. Concordo com a análise. Sinceramente, torço para que o PT retire Dilma da disputa à Presidência e lance Lula em 2014. Se insistir em lançar Dilma, o PT pode perder a eleição…

  2. “Distinto público!!!” …
    “Neste córner temos um lutador que ataca pela frente, ataca (principalmente) pelas costas, ataca pelos lados, manda atacar pelo telefone, já ganhou e já perdeu muitas vezes!!! Ele não conhece regras!!! E atualmente diz que não irá lutar, blablabla. É perigosíssimo em todos os ringues, tatames e octagons do mundo!!! No momento está aí, no córner, aguardando …”
    “Neste outro córner temos uma novata que nunca lutou coisa nenhuma!!! Mas, ela aprendeu com seu oponente a distribuir dinheiro para os promotores das lutas!!! Tornou-se perigosíssima!!! Parece que sabe como aplicar todos os golpes baixos, e está comprando os juízes!!!
    Esta é a luta do século!!! Nada de Ali x Frazier, nada de Anderson Silva x Jon Jones ou GSP!!!
    A plateia …nem sabe o que está acontecendo …
    (como sempre)

  3. C Newton, só pode ser delírio seu. Lula NÃO será candidato à presidência, nem em 2014, nem em 2018, nem nunca. Trabalhe com a idéia de que êle deseja, ou melhor está obstinado em difundir suas idéias, e solidificá-las dentro do PT, para o maior número possivel de correligionários. Se candidato for em 2014, ou será para senador por SP, ou para governador, tambem de SP, onde o PT vem se expandindo aos poucos.

  4. Newton, com todo o respeito você ainda não esta ultrapassado mas passado você esta. Só essa semana que acaba Dilma esteve DUAS vezes com o Lula.

  5. N’ao concordo que haja esta disputa com o ex presidente LULA. 1o. A presidente DILMA precisa do LULA e do PT mais que eles delas, 2o. Quem d’a legenda a presidente para disputar a eleicao ‘e o PT.
    3o. Ninguem consegue se eleger sendo contra o LULA.
    Essa teoria est’a ultrapassado e j’a foi tentata pelo PIG.

  6. Eugenio L. Da Costa: Claro que não há essa tolice de disputa LulaxDilma. Agora, de onde inventaram essa história da carochinha, não sei. Delírio é pouco para classificar uma tolice dessas.

  7. Upa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Confesso que está difícil interpretar algumas matérias da TI quando se refere a suposta divergência da Presidente Dilma com o ex-Presidente Lula!
    Lendo esta matéria, fico refletindo em outra que li em outro folhetim, sobre a reunião entre Lula e Dilma, quando da indicação do novo Ministro para o STF.
    Assim, fica difícil!!!!
    Forçar estas divergências, sem uma prova real, ficará comprometida a credibilidade!!!!!!

  8. SEMPRE VOTEI NO LULA, VOTEI NA DILMA E VOTO DE NOVO. MAS SE O LULA SAIR CANDIDATO, VOTO EM QUALQUER UM, ´´MENOS NELE´´. SERÁ QUE ELE NÃO VE QUE A MÁSCARA CAIU E QUE MUITAS PESSOAS INSTRUIDAS QUE VOTARM NELE, NÃO VOTAM MAIS? SE O PT QUISER GANHAR AS ELEIÇÕES, A DILA DEVE SERA CANDITADA.´´FORA LULA´´.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *