Dilma quer derrotar Eduardo Cunha, o lder do PMDB, custe o que custar

Ricardo Noblat

No convidem para a mesma mesa a presidente Dilma Rousseff e Eduardo Cunha (RJ), lder do PMDB na Cmara dos Deputados. Por ora e talvez para sempre, o mais prudente no convid-los sequer para o mesmo ambiente. Dilma est furiosa com o que disse Eduardo em entrevista publicada, hoje, pelo jornal Valor Econmico.

Apontado pelo governo como o responsvel pelo fato de a Cmara no ter votado a Medida Provisria (MP) dos Portos, Eduardo disse ao jornal coisas do tipo:

* O Palcio do Planalto com a MP patrocinou “interesses econmicos de quatro grupos”, dois em Santa Catarina, um em So Paulo e um na Bahia;

* A aliana PMDB-PT no implica na aceitao automtica de tudo o que sai do Planalto, como se fosse uma Bblia;

* O governo da presidente Dilma Rousseff “avesso poltica, tem um discurso da tecnocrata”;

*Onde est escrito “que toda medida provisria que o governo mandar pra c, o seu contedo eu tenho que concordar integralmente, seno a aliana [PT-PMDB]no vale?”

* [Este governo]”no debate. No articula e depois quer impor o que o tecnocrata decide. Eu garanto que quem escreveu essa MP nunca viu um continer na vida”;

* “Em nenhum ministrio o PMDB tem poder”;

* “[A participao do partido do vice-presidente nos programas de governo zero].Zero. Absolutamente zero. O PMDB se sente absolutamente subrepresentado dentro do governo. Mas no por isso que estamos deixando nem vamos propor deixar a aliana”;

* “O presidente Lula fazia reunies com o conselho poltico, debatia as matrias antes. Nunca houve reunio de conselho poltico depois que assumi a liderana. No governo Dilma tem mais de ano que no tem”;

*” um governo [o da Dilma] avesso poltica, tem um discurso da tecnocracia, porm a tecnocracia que predomina nem sempre a que tem razo. s vezes tem, s vezes no”;

* “O problema que a verdade absoluta no pode pertencer a uma tecnocracia que est instalada nos gabinetes. {Ela no pode]achar que tem que impor ao Congresso Nacional as suas vontades dessa maneira. No pode virar dogma. Isso aqui o Parlamento, tem que ser respeitado como tal.”

Em quase dois anos e meio de governo nenhum poltico da situao ousou dizer do governo Dilma o que Eduardo disse sem piscar. A presidente se sentiu atingida em sua autoridade. E a atitude de Eduardo no ficar por isso mesmo.

Dilma aumentou a presso sobre Michel Temer (PMDB-SP), o vice-presidente da Repblica, e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Cmara, para que a MP dos Portos seja votada no incio da prxima semana. Se no for ela caducar antes do meio da semana.

Virou uma questo de honra para a presidente derrotar o impertinente lder do PMDB. Ela no descansar enquanto no o fizer.

###

Comentrio de Noblat: o mais grave que as crticas desse sacripanta tm fundamento.

(artigo enviado por Mrio Assis)

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

9 thoughts on “Dilma quer derrotar Eduardo Cunha, o lder do PMDB, custe o que custar

  1. O fato que FHC e LULA fugiram da raia, por medo do Leo !

    FHC , LULA e o LEO. O fato que FHC e LULA, ao sentirem a possvel presena do Leo da Mega-Soluo (PNBC-ME) no cenrio eleitoral de 2014, embora ambos estando em plena forma fsica e mental, e cheios de vontade de continuarem na ativa, enquanto candidatos naturais dos seus respectivos partidos, de repente, passaram a desconversar, a buscar a rota de fuga e a cortar couve como se diz aqui no interior de SP. Um escondendo-se atrs do Acio e o outro atrs da Dilma, e empurrando estes arena de 2014. At parece aquela histria dos dois comprades, um sofista e o outro bravateiro, que para contar vantagens aos seus pares e ouvintes, resolveram ir frica, juntos, caar Leo. E l, nas savanas, armados e cheios de si, dispensaram o guia e bravatearam: agora ns na fita e o Leo. ns ou ele. E no que de repente o Leo saltou diante dos mesmos, e da foi aquele Deus nos acuda. Ambos largaram as espingardas e passaram a correr e o Leo atrs dos mesmos. O que corria mais atrs e mais perto de ser alcanado pelo Leo logo, com a lngua j de fora, gritou ao que corria na frente: compadre, no precisa correr tanto assim, pois est cientificamente provado que o Leo corre mais do que ns. E em assim sendo ele logo nos alcanar. Da o que corria na frente disparou: compadre, mas est cientificamente provado tb que o Leo devora apenas uma presa de cada vez. O fato que FHC, LULA e o LEO tm pegadas, e a hora agora, desse confronto ou dessa unio, at porque o resto, me desculpem a franqueza, so ainda apenas aprendizes de feiticeiros , respeitosamente.

  2. Caramba! Jamais pensei que comentrios to verdadeiros seriam ditos por Eduardo Cunha. Ele expressou o que sente quase toda a base do PMDB. Tem uns coronis que mandam e desmandam no PMDB, mas todos eles se valem da base do Partido, a qual nunca tem vez e nem voz. Por enquanto. Pode ser at que o Eduardo Cunha no seja um encanto de pessoa, mas o seu comentrio acertou em cheio os fatos.

  3. O primeiro comentarista me distraiu. Confesso que dei boas gargalhadas com o Leo correndo em direo ao FHC e LULA em seara de Dilma e Eduardo Cunha. O melhor est no fim. O leo estava prestes a com-los, digo comer o primeiro que agarrasse, porque de acordo com o comentarista o leo come um de cada vez, quando surgiu a alternativa da unio com eles. A partir da o comentarista me deixou sem saber se o leo no final sai do armrio e d para eles numa unio estvel ou se come um deles e se manda. E ateno comentaristas. o Leo meio secreto, foi visto algum tempo atrs em Itapeva, no longe da rea do Rainha, no Pontal do Paranapanema, e se mascara de PDT.

  4. SR. CHICO, NO SE DEIXE LEVAR POR ENTREVISTAS E POR COMENTRIOS DESTE JORNALISTA VICIADO E POR ESSE DEPUTADO DO PMDB SEM ESCRPULOS. EDUARDO CUNHA UM POLTICO SUJO, QUE ATUA NO CONGRESSO A FAVOR DOS INTERESSES DE EMPRESRIOS E LOGICAMENTE ONDE H NEGCIOS SEUS ENVOLVIDOS. A MP DOS PORTOS NO FOI VOTADA POR CAUSA DESSE DELE, PELO CONTRRIO, ELE QUERIA DE QUALQUER FORMA EMPLACAR A VOTAO, POIS ELA ESTAVA TOTALMENTE ALTERADA FAVORECENDO A S E SEU GRUPO DE EMPRESRIOS. NO SE ILUDA COM JORNALISTAS DA MDIA COMPROMETIDA, ESSES TRABALHAM A SERVIO DE LOBISTAS. NO ESTOU AQUI DEFENDENDO A CORJA DO PT, QUE SO FARINHA DO MESMO SACO, MAS PROCURE SABER QUEM EDUARDO CUNHA AQUI NO RIO E VOC VER QUE UM POLTICO ENVOLVIDO COM TODO TIPO DE FALCATRUA E NEGOCIATAS COM DINHEIRO PBLICO. O PIOR QUE ESTE SUJEITO SE INTITULA EVANGLICO E SEMPRE SE ELEGE COM OS VOTOS DOS SEUS FIIS ALIENADOS.

  5. Sim, ele realmente poltico sujo e, inclusive, com processo correndo no STF.Mas,venhamos e convenhamos ele falou,nessa entrevista verdades que nenhum poltico da base aliada teve a coragem de falar.Na entrelinhas da entrevista fica explicito que, ele considera a presidente uma pessoa com vis ditatorial.

  6. No votei na Dilma, nunca confiei em petistas. Mas se o Eduardo Cunha ficou desagradado, porque a Dilma deve estar certa. Eduardo conhecido no Rio. integrante da pior banda do PMDB, partido que desonra pessoas como um Ulisses Guimares ou Franco Montoro, para no falar do Pedro Simon, que h bastante tempo j desonrou a si prprio.

    Tenho certeza de que o que ele falou verdade. timo saber que a Dilma no negocia com esses bandidos, como fazia o antecessor, candidato a sucessor.

    A Dilma subiu no meu conceito. Subir mesmo no dia que puder romper com essa base podre.

Deixe um comentário para Marcos Antonio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.