Diplomata tarado vai escapar impune

Vicente Limongi Netto

Este diplomata iraniano tarado,  flagrado abusando de menores em Brasília, seguramente é mais um canalha com passaporte internacional que permanecerá impune no Brasil, achando graça da nossa cara e fazendo pouco caso das frouxas leis brasileiras. A meu ver, pedófilo tem que ser castrado.

Outro sujeitinho ordinário que se delicia solto e fagueiro no Brasil é o terrorista e assassino Cesare Battisti, fantasiado de santo. Com direito a fotos nos jornais. Curtindo o sol e o mar. Vai acabar cidadão benemérito do Rio de Janeiro. Francamente.

###
EMBAIXADA VÊ “CINISMO”

Em virtude da difusão de algumas inverdades levantadas sobre atitude de um diplomata da República Islâmica do Irã relacionada às algumas cidadãs brasileiras e em seguida polemizá-la com um tratamento intencional por parte de alguns veículos de comunicação, são necessários os seguintes esclarecimentos para a opinião publica brasileira:

Uma das causas mais importantes é a falta de conhecimentos sobre as virtudes e as diferenças entre as culturas e o mal entendimento e as suas consequências decorrentes que isso pode causar. Sendo nas demais sociedades estas virtudes e valores relativos, podem provocar dificuldades e uma série de incompreensão para as pessoas que estão vivendo num ambiente alienígena as suas características culturais.

Paralelamente a este tópico, o papel e uma reação midiática não propicia e provocante, pode ajudar ainda a criação do cinismo na sociedade brasileira que possui identidades culturais diferentes, introduzindo uma polêmica gratuita, sobretudo quanto fosse tendencioso politicamente.

Estimular a sensação pública, por sua vez irá desviar a atenção para que possa procurar a veracidade dos fatos e causa uma desinformação ainda maior.

Essa Missão Diplomática declara que a acusação levantada contra o diplomata iraniano é exclusivamente um mal entendimento decorrente das diferenças nos comportamentos culturais. Nesse sentido também expressamos energicamente o nosso protesto e indignação relativo ao tratamento e na maneira de como a mídia geralmente tendenciosa sobre as coisas relativas a alguns países entre eles o Irã, tem encarado com a cobertura dessa noticia, afirmando ainda que a transmissão do assunto, se demonstra nitidamente um comportamento intencional, propositado e imparcial.

Embaixada da República Islâmica do Irã no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *