Do lado de fora do Maracanã, tumulto e bombas de gás lacrimogêneo.

Carlos Newton

O Dia Online informa que, antes de começar o jogo, do lado de fora do Maracanã, muito tumulto e bombas de gás lacrimogêneo. O primeiro incidente foi com um grupo de jornalistas da TV Globo, cercado e expulso da manifestação. Mas o clima era de tranquilidade quando a passeata saiu da Praça Saens Peña em direção ao Maracanã, onde a PM reforçou a segurança com mais de 6 mil homens.

Quando cerca de 10 mil manifestantes tentaram se aproximar do estádio, foram impedidos pela Polícia Militar e houve enfrentamentos, com os soldados lançando bombas de gás na multidão.

Por volta das 17h30, os manifestantes ocupavam quase cinco quarteirões do bairro. Depois, seguiram pela Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, Zona Norte do Rio, para a manifestação do Fórum de Luta contra o Aumento das Passagens, que reivindica melhores condições de transporte público, a libertação dos presos durante as manifestações e fim da Polícia Militar, entre outras demandas.

Além dos policiais militares e homens da Força Nacional de Segurança que já participaram do esquema nos dois jogos anteriores no estádio, militares do Batalhão da Guarda do Exército estavam posicionados na Escola Municipal Friedenreich, que integra o complexo esportivo do Maracanã.  Nunca se viu um policiamento como este no Rio de Janeiro.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Do lado de fora do Maracanã, tumulto e bombas de gás lacrimogêneo.

  1. Caro Jornalista,

    -Quem diria que eu viveria para ver o PT USANDO OS MÉTODOS DO GENERAL MÉDICI, tão criticado pelos seus “intelectuais”: FUTEBOL e TELEVISÃO para controlar o povão e encobrir que o couro come solto fora dos estádios…
    -Quem diria que eu viveria para ver o PT USAR AS TROPAS DE CHOQUE DAS POLÍCIAS MILITARES, EXÉRCITO, GÁS LACRIMOGÊNEO E SPRAY DE PIMENTA CONTRA PROFESSORES E ESTUDANTES enquanto os seus ativistas, antes tão afoitos, hoje sumidos das ruas, ficam em casa, tomando cerveja e vendo o jogo com a bandeira enrolada!

    Abraços.

    PS: Só está faltando darem um carro (ou algo que o valha) para cada jogador para a farsa ficar completa…

  2. Os problemas do Brasil são tão grandes e evidentes que mesmo sendo cego é possível enxergar, não percebem os desgovernos, em todos os níveis, que é preciso cuidar da casa toda e não apenas na sala. Educação é a base de tudo, não é dando bolsas de estudos em escolas privadas, ou estabelecendo cotas, de qualquer natureza, que se resolve o problema da educação.

    Precisamos de escolas de nível básico, técnicas e universitárias, públicas de ótima qualidade.

    Foi ótimo aprovarem os royalties do petróleo para a educação, mas pouco vai adiantar se continuarem a insistir burramente em dar bolsas de estudo para alunos pobres estudarem em escolas privadas onde se persegue o lucro, onde o compromisso não é com a qualidade de ensino e a formação de seres humanos o que essas escolas perseguem é o lucro fácil.

    Políticos e governos querem é ganhar dinheiro, manter os pobres na miséria e garantir seus lucros cada vez maiores. Não percebem esses senhores, que cada vez mais a diferença social enterra o desenvolvimento e o progresso de cada brasileiro e cada estado e do País inteiro.

    As elites, de esquerda e de direita, estão cegas, uma pelo poder que falsamente exerce e a outra porque acha que se manterá assim para sempre. A voz das ruas finalmente se faz ouvir e é muito clara, um basta aos privilégios e corrupção, a conivência com o roubo e o desvio de dinheiro público, a aplicação equivocada e dirigida de recursos públicos para os bolsos dos amigos e da iniciativa privada, a criação de dificuldades para vender facilidades, a politicagem ao invés da política e o velho e surrado modelo político que privilegia quem já tem privilégios e cria uma legião de acima da Lei e do bem e do mal.

    É preciso acabar já com todos os guetos de privilégios e privilegiados, de aposentar políticos, por serem políticos, de pagar a esses mesmos políticos salários exorbitantes, aposentadorias privilegiadas para juízes e desembargadores, porque tantas formas de aposentadorias? Porque tantos privilégios, para manterem as castas e classes dominantes e continuarmos sendo escravos, é claro, mudando de tempo em temo os senhores que nos mandam.

    Está na hora desse contrato ser cumprido por ambas as partes e não apenas por quem paga a conta de tudo e de todos, estamos entre os três países no mundo onde o povo paga mais impostos, os outros dois países estão entre os primeiros em qualidade de vida e desenvolvimento social, enquanto isso estamos na lanterninha de tudo, comparáveis somente com alguns países da África, alguns países desse continente estão em melhor situação que o Brasil.

    Então é chegada a hora de realmente exigir um Brasil rico para os brasileiros e não apenas para uma parte já rica desse nosso País, ou as elites entendem de uma vez por todas que o mundo mudou, ou o mundo os muda, em nosso caso, o movimento popular vai mudar a cara do Brasil.

    É preciso apenas ter muito cuidado com o canto das sereias, de esquerda e de direita, político é muito bom em se aproveitar dessas situações e posar de salvador da pátria, senão vejamos o que está sendo aprovadas a toque de caixa em Brasília, algumas coisas boas e outras nem tanto, tudo visa dar a impressão que estão atendendo a voz das ruas, na verdade estão tentando ficar onde estão e manterem as aparências para as próximas eleições, é preciso não se deixar enganar e continuar protestando, pois estamos longe de termos obtido coisas concretas.

    Transporte público, escolas públicas, saúde, habitação, emprego, meio ambiente, etc…não podem ser pautas de um governo e/ou eleitoreiras, precisam ser pautas permanentes de uma política que visa mudar o Brasil para melhor e não apenas para alguns milhares de amigos do poder e dos políticos de plantão, dos amigos do governo e dos poderosos que entre a sai governos e estão sempre ali, financiando as campanhas políticas e depois se beneficiando de todas as formas de corrupção possíveis para tirar proveito e dividir os lucros com os eleitos.

    Até quando continuarão intocáveis os bens e o patrimônio formado em um ou dois mandatos políticos, até quando a corrupção vai beneficiar e garantir aos corruptos e corruptores a continuarem gozando das benesses dessa sujeira toda?

    Vamos torcer, apoiar tudo o que está sendo motivo de passeata e manifestação até o final ou perderemos mais uma vez o rumo da história, do progresso e de um futuro melhor, de mudanças significativas que passam pela modificação do nosso sistema político, social e econômico, os brasileiros e o Brasil merecem.

    Olho vivo, nada de achar que está tudo resolvido ou que as principais demandas estão sendo atendidas, precisamos continuar lutando para que se faça luz, a luz necessária ao nosso desenvolvimento social, político e econômico, para termos um Brasil verdadeiramente mais próximo da justiça social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *