Domingo, Mundial de Atletismo em Berlim, têm que lembrar o lendário Jesse Owens

Os ditadores não ligam para o povo, gostam de obras inesquecíveis. Mussolini, ditador da Itália, construiu e inaugurou o belíssimo Estádio de Roma, em 1932. Hitler, assumindo o Poder total da Alemanha, em 1936, com a morte do presidente-Marechal Hindenburg , inaugurou o Estádio de Berlim.

Foram disputadas as Olimpíadas (presença de Maria Lenk) com Hitler presente “para assistir a vitória dos arianos puros, que iriam garantir o Reich dos Mil Anos”. Perdeu tudo.

Depois de amanhã, 73 anos depois, no Mundial de Atletismo, deviam prestar uma homenagem ao bravo e competente Jesse Owens, que ganhou 5 medalhas de OURO. Com isso “expulsou” o ditador do estádio, ele não teve coragem de assistir os arianos serem derrotados. Não podem esquecer um lutador como Owens e ao mesmo tempo condenar as ditaduras. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *