“É a destruição lenta de uma investigação séria”, diz procurador da Lava Jato

Resultado de imagem para carlos fernando dos santos lima mpf

Santos Lima diz que Dirceu não poderia ser solto

Paulo de Tarso Lyra
Correio Braziliense

Preso desde agosto de 2015, o ex-ministro e ex-deputado José Dirceu teve a liberdade concedida, por 3 votos a 2, pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, o mesmo colegiado que havia liberado, na semana passada, o pecuarista José Carlos Bumlai e o ex-tesoureiro do PP João Cláudio Genu. Votaram a favor do petista os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Para Celso de Melo e Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo, Dirceu deveria permanecer preso.

A decisão do STF recebeu muitas críticas dos procuradores da Lava-Jato. “Esperamos que o período dele fora da prisão seja curto”, declarou o procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa em Curitiba. Dirceu já foi condenado em primeira instância a 31 anos de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

DURO GOLPE – Para voltar à prisão, agora, precisará ter uma condenação mantida em segunda instância — no caso da Lava-Jato, no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, com sede em Porto Alegre. Para os investigadores, a decisão foi mais um duro golpe contra a investigação de corrupção do escândalo Petrobras, iniciada há três anos, em Curitiba.

“O que está acontecendo é a destruição lenta de uma investigação séria. Infelizmente, acreditam que a população não está mais atenta, talvez anestesiada pela extensão da corrupção”, afirmou Carlos Fernando.

“O Supremo Tribunal Federal é a mais alta Corte do país. É nela que os cidadãos depositam sua esperança, assim como os procuradores da Lava-Jato. Hoje, contudo, essas esperanças foram frustradas. Mais ainda, fica um receio”, alertou Deltan Dallagnol.

RISCO À SOCIEDADE – “Na Lava- Jato, os políticos Pedro Correa, André Vargas e Luiz Argolo estão presos desde abril de 2015, assim como João Vaccari Neto e Marcelo Odebrecht, desde junho de 2015. Os ex-diretores Renato Duque e Jorge Zelada desde março e julho de 2015. Todos há mais tempo do que José Dirceu. Isso porque sua liberdade representa um risco real à sociedade”, advertiu Dallagnol.

Os ministros da Segunda Turma do STF deixaram a cargo do juiz Sérgio Moro, que comanda a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, definir penas alternativas ao ex-ministro, como o uso de tornozeleiras eletrônicas, por exemplo.

Vários fatores pesaram a favor de Dirceu. Um deles é o entendimento de que prisões só são obrigatórias a partir de condenações em segunda instância. Mas um dos fatores preponderantes foi a nova denúncia apresentada contra o petista pelos procuradores do Paraná.

MAIS PROPINAS – Dirceu foi beneficiário de propinas de R$ 2,4 milhões entre 2011 e 2014, pagas pela UTC e pela Engevix. Da quantia total, R$ 900 mil partiram da Engevix e foram usados para pagar uma empresa de comunicação, a Entrelinhas.

O restante — R$ 1,5 milhão — foi repassado, conforme os procuradores da República, pela UTC para a JD Assessoria, que pertence a José Dirceu. “O dinheiro foi usado para limpar ou para tentar limpar a imagem de José Dirceu durante o julgamento do mensalão”, afirmou o procurador Júlio Motta Noronha durante a coletiva de imprensa sobre a nova denúncia.

Os procuradores não esconderam que resolveram apresentar a denúncia — que já estaria madura, segundo eles — para tentar influenciar o julgamento do habeas corpus ontem à tarde. “A liberdade de Dirceu representa um grande risco à sociedade, tanto em razão da gravidade concreta dos crimes praticados quanto em razão da reiteração dos crimes e ainda em função da influência que ele tem no sistema político-partidário”, justificou Deltan Dallagnol.

###
NOTA DAREDAÇÃO DO BLOGClima de festa na carceragem de Curitiba. Os presos acompanharam pela televisão e vibraram com o resultado. Foi como uma Copa do Mundo. Depois do resultado, eles se abraçavam, comovidos. Sabem que logo serão soltos por Toffoli, Lewandowski e Mendes. Mas esquecem que ainda serão julgados pelo Tribunal Federal Regional de Porto Alegre, e serão presos novamente. É só uma questão de tempo. (C.N.)

12 thoughts on ““É a destruição lenta de uma investigação séria”, diz procurador da Lava Jato

  1. E também é a destruição da esperança e dos sonhos de um povo de ter um futuro mais digno onde a valorização dos princípios morais e legais seja uma realidade. E também uma pá de cal na confiança e respeito ao judiciário.

  2. O lewandowsky justificou o voto, alegando que o TRF 4R, esta demorando demais na confirmação da pena do pedro caroço.
    O Renan Calheiros, já tem um processo de 9 anos no “célere” supremo e ninguém se incomoda com o fato.
    A libertação do dirceu, já eram favas contadas e desconfio que não retorna mais ao cárcere.
    Quem tem padrinho, não morre pagão.
    Em carta de 14 páginas publicada pelo estadão, o zé dirceu desanca a lava jato e a justiça, só não fala que nunca meteu a mão no “baleiro”

  3. Eu vejo a soltura de JD, como um pelego; isto é: Um amortecedor para aliviar os que ainda a Lava Jato, não atingiu, por causa do “foro privilegiado”, e não pelo JD em si.
    O perigo está em que vão desmoralizar a Lava Jato a tal ponto, que até o “cumpanheiro”, poderá e certamente ganhará a corrida para presidente.
    A partir daí, um revanchismo apoiado pela força dos votos, dará respaldo, para que desmandos sejam aceitos e teremos uma Venezuela aqui.
    Posso estar “viajando na maionese”, mas estou vendo assim.

  4. Não consigo garantir qualquer profecia. O efeito imediato, na parcela esclarecida, é de revolta contra o Mendes; contra os outros dois, nem tanto, já era o esperado. E, dessa revolta, quem sabe, um novo fermento, uma força multiplicada. O que é que vai acontecer? Não sei. Como é que pode: um homem-sozinho, esse Doutor Moro?! Estamos dentro de uma revolução mas, tão em cima dos nossos olhos que impossível vê-la direito. Tem que afastar para ver melhor. Estarrece. Ou melhor, aliás, ou pior: assombra. (Gilmar? É velho; é o velho; o procurador de quem ele zombou? É jovem. Moro é jovem).

    • Estão só nos resta esperar que o GILMAR e a sua turma de cangaceiros morram de velhice… e que surja uma nova geração de magistrados que sejam mais jurista do que política.
      Infelizmente muitos de nós também morrerá neste espaço de tempo…

  5. “A liberdade de Dirceu representa um grande risco à sociedade, tanto em razão da gravidade concreta dos crimes praticados quanto em razão da reiteração dos crimes e ainda em função da influência que ele tem no sistema político-partidário”, justificou Deltan Dallagnol.” Existe risco maior à sociedade do que o continuísmo da mesmice do $istema político podre, da república 171 e do estado de corrupção, pior ainda, comandado por Temer, Meirelle$, Caju, Angorá, Padilha, Geddel, Cunha, Sérgio Machado…, e camarilha ? Dirceu foi apenas mais um operador partidário-eleitoral da república 171 do Brasil. O diabo é que sob o teto da dita cuja, a cara de pau e o mau-caratismo foram muito além da hipocrisia e do cinismo e passaram a operar na seara da demência, da loucura por poder, dinheiro, vantagens e privilégios, sem limite$. Dirceu é apenas uma gota insignificante no oceano de corrupção que é o Brasil que urge resolvermos no atacado que o varejo morra afogado no mar de lama da dita cuja república 171 do Brasil. Nesse sentido, tiro na nuca do $istema político podre, com bala de prata, é o significado da Democracia Direta Já, com Meritocracia Eleitoral.

  6. Estes três pulhas vão se juntar a alguns dos mais famosos traídores: Judas, Pétain, Calabar, Joaquim Silvério dos Reis, etc. Daqui alguns O juiz Moro, Marcelo Bretas e os procuradores de Curitiba serão lembrados, enquanto estes caras estarão no esgoto da história.

  7. Meus caros, Gilmar, é alma trevosa,. Vocês já viram os nomes dessa 2ª tturma, só se salva o Ministro Fachini, este, está Ministro, o outros são sinistros, e fique difícil apontar o pior, se igualam, em estuprar e vilipendiar a Srª Justiça. Li hoje aqui na Tribuna a “folha corrida de Gilmar”, conclusão: Gilmar é amoral, o cara viaja pelo 1ª mundo durante meses, a nossa custa, e quando volta, vomita sua imoralidade.
    Essa cambada, como todos nós, será julgado por suas “Obras”, no Além túmulo, que infelicitam 220 milhões. Os 3 poderes estão podres, e a pior podridão, está no stf, com seus sinistros, tornando o Brasil em Republiqueta democradura, por não ter Justiça que faça Justiça. Pobre Brasil, acorda, chega de pesadelo.
    Deus nos ajude!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *