É chegada a hora

Welinton Naveira e Silva

Temos inúmeras urgentes questões a serem resolvidas, como toda nação emergente convivendo num planeta inseguro, violento e ameaçador. Se não formos covardes e idiotas, precisamos urgentemente investir pesado em educação, saúde, habitação popular, pesquisa científica e tecnológica, desenvolvimentos tecnológico diversos, inclusive de defesa, saneamento, turismo, meio ambiente etc.

Bem, sabemos que essas óbvias urgências exigem siderais recursos. Por outro lado, destaque-se que o Brasil continua presenteando investidores estrangeiros com fantásticas somas  de bilhões de dólares na forma de pagamento de juros do chamado capital-motel (royalties para o jornalista Carlos Chagas).

O devido equacionamento de certas questões econômicas no instável sistema capitalista, sempre envolvendo poderosos interesses, pode ser bastante complexo, além de possíveis efeitos colaterais, desastrosos. Mas essa vergonhosa sangria de bilhões de dólares rumo aos países ricos, via capital-motel, tem que ser urgentemente estancada. Isso não pode ser mais postergado.

Como esse entreguista e humilhante problema, herdado de FHC/PSDB, não foi resolvido no governo Lula/PT, apesar das conhecidas siderais perdas de capital do Brasil, vamos acreditar tratar-se de questão de muita complexidade. Assim sendo, seria oportuno o governo convocar as melhores cabeças brasileiras e nacionalistas, formada por economistas, financistas, matemáticos, empresários, juristas e políticos, postos em estado de intenso trabalho, por dias seguidos, em dedicação exclusiva até tudo ser devidamente equacionado.

Por mais que custasse semelhante equipe de trabalho, ao final de tudo provaria ser uma bagatela. Tratando-se de um governo de coragem e nacionalista (continuo acreditando) de Dilma/PT, essa maldita herança de governos anteriores será resolvida. É chegada a hora.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *