E por falar em teoria da conspiração…

Marcelo Nogueira

Talvez, você ainda acredite que não existam fontes alternativas de energia limpa viáveis economicamente e não saiba que 5.000 patentes de energia renovável, limpa e econômica foram retiradas do USPTO (escritório de patentes norte-americano) pelo governo, furtando do conhecimento público as novas tecnologias. Será que a indústria do petróleo, que justifica a indústria da guerra e continua lucrando com a indústria da reconstrução civil das áreas destruídas pela guerra, tem algo a ver com isso? Parece-me óbvio que sim, afinal, acima destas indústrias, temos as mesmas corporações internacionais patrocinando tudo.

Se estiver achando o texto com cara de teoria da conspiração, saiba que esse foi mais um preconceito, martelado na sua cabeça, através da ridicularização de todo aquele que traz alguma informação que escapa do que “falou no Jornal”. Duvide! Pesquise! Tenho certeza que vai se surpreender.

Você vai ver que a crise, que a Grécia e boa parte da Europa enfrentam hoje, começou nas Olimpíadas de Atenas. A Grécia se endividou mais do que podia, não conseguiu ter o retorno e adivinha o que aconteceu? Assim como os gregos, o Estado do RJ acaba de contrair um empréstimo de 750 MILHÕES de dólares do Bank of America. Considerando que o Brasil possui uma dívida interna de 2 TRILHÕES com os bancos (Bradesco, Itaú, Santander, HSBC etc) e que quase metade (43%) dos recursos da União são para pagamento de juros da dívida pública, é razoável afirmar que estamos sendo sugados pelas corporações financeiras internacionais.

A consequência inevitável é a inflação, tributo oculto utilizado pelos governos através do sistema das reservas bancárias fracionadas e do aumento da base monetária pela emissão de moedas e títulos da dívida pública.

Não preciso dizer quem paga e vai continuar pagando esta conta. E ainda tem gente que duvida que a crise da Europa vá chegar aqui cedo ou tarde.

EDUCAÇÃO

Depois de 50 anos de destruição da educação pública, o povo não tem a menor chance de reação. A maioria não consegue sequer entender o que está acontecendo. E não estou falando apenas dos analfabetos funcionais (20% dos brasileiros entre 15 e 49 anos, segundo o IBOPE), mas de muita gente estudada e letrada que não dispõe de tempo ou vontade para se aprofundar nas informações, satisfazendo-se com 20 minutos de telejornal.

Por causa de um boato sobre a extinção de um benefício assistencial, que chega no máximo a pouco mais de R$300, vimos o povo nas ruas, como nunca se viu numa manifestação contra a corrupção ou mesmo quando do impeachment do ex-presidente e atual senador Fernando Collor que, atualmente, preside a Comissão de Reforma Política junto com o ex-presidente e senador José Sarney.

Fato é que os beneficiados pelas bolsas do governo correspondem a 1/3 dos votos para a presidência. Ou seja, na lógica da reeleição, quem detém esse poder precisa conquistar 30% menos eleitores do que os demais candidatos. É algo como uma corrida de 100 metros em que seu concorrente sai 30 metros na sua frente.

É hora de desviar o olhar do circo e querer mais do que pão, para que não se perpetue a ditadura da desinformação, fantasiada de democracia. Sem educação, sem informação livre e acessível, o povo continuará legitimando o poder de seus próprios opressores. Afinal, democracia sem educação é a forma mais cínica de se implantar uma ditadura.

Marcelo Nogueira, advogado no Rio de Janeiro, membro do Instituto Brasileiro de Direito Tributário

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

5 thoughts on “E por falar em teoria da conspiração…

  1. Acabei de descobrir quem foi que inflou os boatos do Bolsa Família.
    Foi o “desgoverno”, que queria medir o tamanho de sua base eleitoral de maneira rápida e eficiente.
    Grande golpe!!!!!
    Qua, qua , qua …………..!!!!!!!!

  2. Confúcio, a centenas de anos atrás, recomendava, investir, em educação das crianças e jovens,os grandes Filósofos,sempre colocaram a ESCOLA E O PROFESSOR, COMO MOLAS PROPULSORAS DO PROGRESSO CONSCIENTE, para a formação de NAÇÃO SOBERANA E JUSTA PARA SEUS FILHOS.
    A santa ignorância, é a mãe da corrupção, da opressão, da esmola governamental, para seu povo, é o chamado “curral eleitoral”, alimentado pelas migalhas do “Pão e Circo” e “me engana que eu gosto”.
    O Brasil investe na Escola para “abrir o horizonte do saber” de seu povo, ou vai continuar no “poder pelo poder”!?, hipocrisia!?.bilhões gastos no pão e circo, enriquecendo poucos,e migalhas na escola e saúde.

  3. Mantenha-se o povo analfabeto, ignorante, inculto. Mantenha-se o sistema de grotescas e vulneráveis urnas eletrônicas. Garantido o voto de cabresto e a fraude na contabilização dos votos, eleição garantida, benesses distribuídas no pitoresco conluio de amigos correlegionários, fisiologistas e militantes. E nós… pagamos a conta. Até quando?

  4. Pingback: E por falar em teoria da conspiração… | Debates Culturais – Liberdade de Idéias e Opiniões

  5. acho engraçado esse povo que diz que educação vai resolver os problemas do povo, se todo mundo fosse Phd quem iria limpar nossos dejetos??? infelizmente alguém tem que se lascar, é a lei da natureza, o resto é conversa fiada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *