É preciso reformar a democracia brasileira, através de debates abertos e profundos

Resultado de imagem para democracia charges

Charge do Duke (dukechargista.com)

Antonio Fallavena

Acompanho e participo da política desde 1975. Passei por 64, bipartidarismo, retorno dos exilados, direitas já, redemocratização, Nova República, Constituinte (ou, como muitos dizem, prostituinte), nova Constituição, volta das eleições dietas, até os dias atais.

Na década de 1990-2000, cumpri missão participando, diretamente, na política de partido e eleições. Um aprendizado e um mundo de conhecimentos imperdível, para quem quer aprender e entender o que acontece por dentro dos partidos. Foram quase 10 anos ocupando cargos em, praticamente, todas as instâncias de um partido, partido grande. Da zonal à nacional, percorri o caminho.

APRENDIZADO – Em 2006, larguei tudo na vida partidária e não pretendo voltar. Cumpri os compromissos assumidos. Fiz um aprendizado que todo pretendente a participar da política deveria buscar. Poucos fazem ou farão isto: o custo é alto, o sofrimento e a saúde acusam os golpes.

Agora, chegou a hora de um novo desafio. O trabalho que assumi é mostrar e demonstrar os motivos pelos quais a democracia atual precisa ser reformada! O sistema atual não atende mais às necessidades do país.

Episódio após episódio, ao longo dos últimos 30 anos, cada vez mais a democracia brasileira se mostra inoperante e irresponsável a ponto de não permitir que pessoas honestas, sérias e capazes, dela participem. Não acredite se alguém disser que, no quadro e condições atuais, é possível eleger pessoas corretas, sérias, honestas e capazes. É mentira!

ERROS PRIMÁRIOS – Legislações corruptas só podem criar, sustentar e manter sistemas corruptos. E o quadro fica completo com a participação do eleitor desqualificado, na maioria irresponsável e que adora ser enganado ou deseja vantagens pessoais.

Não estou fazendo um desabafo. Quem faz está apenas se julgando um enganado. Meu amigo e irmão Vicente, que partiu há quase um ano, um dia me disse algo que jamais esquecerei: “A pior coisa que se pode acontecer com alguém, em nosso país, é ter consciência!”

Em memória dele e da verdade que me deixou, é que assumi o compromisso com mais esta missão, que iremos desempenhar através da internet, através de diversos sites que agem em conjunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *