EBC tem 300 funcionários fantasmas do PT que serão demitidos

Resultado de imagem para ebc

EBC virou um foco de petistas, que não querem sair da estatal

Aluizio Amorim

Auditoria interna da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), encarregada da ‘TV Lula’, apontou a existência de até 300 funcionários fantasmas deixados pelo governo Dilma. Os salários variavam entre R$ 14 mil e R$ 18 mil. O novo presidente da empresa, Laerte Rimoli, demitirá os fantasmas do governo petista, que custam cerca de R$ 4,2 milhões por mês ao contribuinte. A EBC é a “herdeira” da Fundação Roquette Pinto (TV Educativa, criada pelo professor Gilson Amado ). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do site Diário do Poder.

A EBC tem atualmente 2.600 empregados, 185 deles em Regime Jurídico Único, oriundos da antiga e extinta Fundação Roquette Pinto.

FUNCIONÁRIOS-CAVIAR – Os empregados fantasmas foram apelidados pela cúpula da empresa de “funcionários-caviar”: ninguém nunca viu, outros só ouviram falar.

A nova direção da EBC investiga casos em que o governo Dilma contratava funcionários pela empresa e os alocava em outros órgãos do governo federal.

Durante o processo do impeachment, os fantasmas chegaram a usar e-mails institucionais para acusar o governo de “golpe”. Em pleno horário de expediente. Do site Diário do Poder.
                   (matéria enviada pelo comentarista Adriano Magalhães)

11 thoughts on “EBC tem 300 funcionários fantasmas do PT que serão demitidos

  1. Senhores…

    “Os salários variavam entre R$ 14 mil e R$ 18 mil.”

    Um jovem que pretenda entrar no serviço público almejando um salário nessa faixa terá que COMER MUITOS LIVROS !!!!

    A minha sobrinha até hoje não conseguiu entrar tribunal, via concurso, e ela, hoje advogada, já está ralando por mais de dois anos em cursinhos.

    • Nenhum inclusive vários concursados podem ser remanejados
      Não fecham pois querem uma dança de cadeiras sob nova direção, como fizeram com várias tranqueiras tipo Apex .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *