Eduardo Campos já admite que PSB poderá apoiar a candidatura de José Serra

Carlos Newton

O repórter Paulo Gama, da Folha, informa que o presidente nacional do PSB, governador Eduardo Campos (PE), disse em São Paulo que o partido não fez uma promessa ao PT de apoiar a candidatura de Fernando Haddad a prefeito de São Paulo.

“Meu único compromisso é com o PSB. Nós não temos nenhuma decisão preestabelecida em relação a município nenhum no Brasil, muito menos em relação a São Paulo”, afirmou, diante das indagações sobre o anunciado apoio dos diretórios estadual e municipal do PSB a José Serra.

Ou seja, Campos deu uma de tucano e ficou em cima do muro, sem confirmar apoio a Haddad ou a Serra. Como se sabe, o PSB é ambivalente – no plano nacional, é aliado ao governo petista de Dilma Rousseff, mas integra também o governo paulista do tucano Geraldo Alckmin, tendo inclusive nomeado o secretário de Turismo, Márcio França.

Campos, que tenta evitar o apoio a Serra, disse que a decisão do partido sobre qual lado apoiar não deve ser tomada antes de junho. “O PSB vai iniciar ainda os debates sob esse novo contorno que tomou a sucessão em São Paulo nos últimos dias [com a entrada de José Serra na disputa], esse debate nem sequer iniciou na direção municipal.”

O governador também minimizou a possibilidade de intervenção do diretório nacional no local, caso seja declarado apoio à candidatura do PSDB, mas lembrou que no partido as decisões locais têm de ser “alinhadas” às nacionais.

“Há uma decisão de que as coligações são aprovadas não só pelo diretório municipal, mas têm de ter aprovação da direção estadual e da nacional. Então ninguém vai impor a ninguém uma posição. Há uma institucionalidade que sempre foi respeitada e continuará a ser”, disse.

Questionado se o apoio ao PSDB atrapalharia sua relação com o governo Dilma, disse que não via “relação entre eleição municipal e nacional”. “Toda vez que elas passam a gente vê que não quer dizer muita coisa uma em relação a outra”, afirmou, tucanamente.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *