Eleição presidencial será decidida no primeiro turno (mas não da forma que se espera)

Resultado de imagem para BOLSONARO, MARINA, CIRO, HADDAD E ALCKMIN

Os principais candidatos representam interesses diversos

Mário Assis Causanilhas

Na internet e na mídia em geral, diariamente são publicadas muitas análises da eleição presidencial de outubro. Muito se fala, porém poucos analistas demonstram a lucidez do jornalista Luciano Trigo, que mantém no G1 um blog sobre Artes, mas é um  cientista político de primeira.

###
OS CANDIDATOS SÃO MUITO DIFERENTES ENTRE SI
Luciano Trigo

Lula perdeu três eleições (em duas delas, FHC venceu no primeiro turno) antes de se eleger em 2002. Naquele ano, ele entendeu que jamais chegaria à Presidência se contasse apenas com o voto dos eleitores petistas. Veio então a “carta aos brasileiros”, na qual se comprometia a respeitar os fundamentos macroeconômicos, agradando ao mercado e aos eleitores moderados. Foi isso que lhe permitiu agregar, no segundo turno, os votos necessários para derrotar o candidato tucano (acho que era José Serra).

Normalmente eu encerraria esse post aqui, acreditando que para bom entendedor meia palavra basta. Mas não existem mais bons entendedores. Hoje é preciso explicar, desenhar a explicação, depois explicar o desenho, e mesmo assim as pessoas não entendem o que você quis dizer.

CÍRCULO VICIOSO – OS eleitores de bolsonaro trabalham contra o candidato e lamentam um círculo vicioso: eles se esforçam para acreditar na vitória no primeiro turno (o que não vai acontecer), porque intuem que esta seria a única chance de chegar à Presidência. Mas, à medida que o tempo vai passando e o candidato não cresce, isso faz com que se tornem mais agressivos e intolerantes – o que aumenta a rejeição a Bolsonaro.

A situação é, portanto, singular: temos, de um lado, um candidato com uma base fiel, suficiente para levá-lo ao segundo turno, mas insuficiente para a vitória. Seu alto (e crescente) índice de rejeição e sua pouca disposição para costurar alianças tornam sua derrota no segundo turno mais do que previsível. O que sinaliza que a eleição será, sim, decidida no primeiro turno, não por maioria absoluta de votos de um candidato, mas porque quem conquistar a segunda vaga tem tudo para se tornar o próximo presidente do Brasil.

BRIGA DE FOICE – Então, o que temos hoje é uma briga de foice no escuro entre quatro candidatos com chance de vitória: Alckmin, Ciro, Haddad e Marina. Dizer que os quatro são iguais é uma burrice. São muito diferentes. Dependendo de quem vencer, o Brasil pode seguir pela via da recuperação ou mergulhar de vez no abismo.

Pelo critério da capacidade de gestão, só dois desses quatro candidatos são minimamente qualificados: Alckmin e Ciro. Um e outro já foram eleitos e reeleitos governadores e têm resultados para mostrar. Haddad foi prefeito de São Paulo, mas a gestão foi desastrosa: sua grande marca foi a Cracolândia. Marina nunca ocupou um cargo no executivo: como gestora, é uma incógnita.

É difícil orientar o voto pelo critério ideológico, já que no Brasil direita e esquerda se tornaram conceitos confusos e de pouca utilidade (candidatos de direita defendendo Estado forte, candidatos de esquerda se aliando a grandes banqueiros, direitos e liberdades individuais apropriadas como bandeiras pela esquerda etc).

DIFERENÇAS – Mas parece óbvio que, mesmo nesse quesito, os quatro candidatos são muito diferentes. Alckmin é do partido que promoveu uma enorme e liberalizante reforma do Estado, privatizando dezenas de estatais e eliminando milhares de cargos públicos; Ciro e Marina são ambíguos no discurso, mas evidentemente estão à esquerda de Alckmin. E Haddad não está apenas à esquerda, ele é o representante de um projeto de poder que levou o país ao colapso, produziu os maiores escândalos de corrupção da nossa história e dividiu de forma criminosa a sociedade brasileira.

Por isso mesmo, embora nenhum dos quatro candidatos desperte entusiasmo, dizer que todos são iguais é apenas uma estupidez.

Respeito o voto de todo mundo. Se você é eleitor de Bolsonaro, reflita antes de ajudar a colocar Haddad no segundo turno, ao concentrar seus ataques nos outros candidatos. Se você não é eleitor de Bolsonaro, pense muito bem antes de escolher em quem vai votar. Mesmo entre tragédias, há gradações. E nada seria pior para o país que a volta do PT ao poder.

37 thoughts on “Eleição presidencial será decidida no primeiro turno (mas não da forma que se espera)

  1. Gestão Haddad concorre com 289 cidades e ganha prêmio de US$ 5 mi

    Plano Diretor de São Paulo, desenvolvido na gestão Haddad, é premiado pela ONU

    Basta apenas 2 linhas para derrubar uma mentira…

  2. Após entrevista na TV Globo, Ciro pode ter zerado o placar de pesquisas dos suspeitíssimos institutos de indicação pública. Leiam a detalhada crítica sobre a participação de Ciro Gomes no Jornal Nacional, um bombástico gol de placa do presidenciável pedetista com imensa repercussão nas redes sociais. https://portaldisparada.com.br/politica-e-poder/ciro-gomes-jornal-nacional/?utm_source=share_buttons&utm_medium=social&utm_campaign=social_share

    PALANQUE DE CIRO: No Paraná estou com Requião 151 para senador, com Nelton 123 na outra vaga para o Senado e Arruda 15 governador. Ao inviabilizar coligação antes entabulada em favor de seu irmão Osmar Dias ao Governo do Paraná, o senador Alvaro Dias acabou se inviabilizando como potencial candidato paranaense à Presidência da República. Assim, por exemplo, o PDT estadual que havia anunciado liberação de Osmar a favor de Alvaro, para não jogar irmão contra irmão, ao final do prazo das convenções armou amplo palanque até então inimaginável a favor de Ciro Gomes tendo Arruda para o Governo do Estado e dois combativos candidatos ao Senado, Roberto Requião e Nelton Friedrich, todos alinhados com a candidatura presidencial pedetista. http://www.facebook.com/robertorequiao/videos/219253495610293

  3. Embora pense que o vies proposto por Bolsonaro é o único que pode dar um novo e progressista rumo de desenvolvimento e respeitabilidade ao país, penso que esta é talvez a análise crítica mais bem delineada sobre estas eleições. O autor consegue uma proximidade com a imparcialidade que não se encontra na imprensa.

  4. Não existem análises imparciais, cada uma vem com seu viés ideológico. Entretanto não consigo absorver, por mais que tente, que eleitores tirem votos de candidatos. Pois não sei como tirar o que não se tem. Cada um dos candidatos tem seus quinhões que conseguiram ao longo dos últimos quatro anos. Simples assim.

  5. Entre Haddad e o picolé de chuchu só mil vezes Haddad – Ninguém aguenta sequer olhar pra cara do Alckim…é um cara que lembra o atraso, lembra Temer. Pelo menos Haddad tem um sorriso mais leve. A questão agora é tão complicada que se escolhe candidato pelo fisionomia.

    • moisés,

      quem realmente esta no comando do pt hoje???????

      o zé dirceu vai trair o lula?????

      vocês estão usando o cadáver do lula para chegarem ao pode e depois jogarem ele para os chacais?

      é esse o pt que tanto fala em golpe e traição e está golpeando e traindo o grande lula?????/

  6. A má vontade de newton contra Bolsonaro está deixando deixando ele cego nas análises.

    Bolsonaro não perde para todos no 2º turno, isso porque ele terá tempo de tv para reduzir sua rejeição; já o outro candidato estará representado por todo o sistema corrupto, inclusive o pt.

      • Aqui.

        “…A situação é, portanto, singular: temos, de um lado, um candidato com uma base fiel, suficiente para levá-lo ao segundo turno, mas insuficiente para a vitória. Seu alto (e crescente) índice de rejeição e sua pouca disposição para costurar alianças tornam sua derrota no segundo turno mais do que previsível….”

        No 2º turno, Bolsonaro terá tempo para mostrar que o seu adversário ou estará envolvido diretamente nos esquemas ou recebe apoio daqueles que estão.

        A rejeição a Bolsonaro pode até aumentar, mas a dos outros também aumentará, e até o momento a rejeição a bolsonaro é semelhante aos outros, próximo de 60%. Isso considerando que as pesquisas estão corretas.

        O sentimento anti petismo é muito forte e deve favorecer Bolsonaro, pois é o único que ataca o pt e rejeita apoio.

  7. A pena, demonstrou habilmente a quem pertence, só não mostrou os dotes de seu patrão, i a sim sendo muito menos mostraria os podres.

    O articulista, não sabe explicar, desenhar e muito menos articular, foi tosco rude é grosseiro com o leitor e com o eleitor.

  8. O problema dos nossos “intelectuais” é que eles não conseguem abandonar suas convicções em nome da busca da realidade dos fatos como deveria e como se faz em países civilizados.
    Ainda ontem Boris o fausto demonstrou isso nos aconselhando a não votar pelo ódio. Ou seja , ele descobriu agora, sim, agora, que a raiva é má conselheira. Outro “gênio”, assim é FHC, só para citar mais um exemplo.
    Agora essa, desse mais um “sábio”, querendo nos mostrar o caminho do “bem”.
    Isto é Brasil.

  9. Essa eleição ainda está no ar , em 89 a Globo criou o caçador de marajás e depois destruiu o Lula não no último debate , mas na edição do último debate , feita após o encerramento do horário eleitoral .
    Na eleição passada houve um momento em que a eleição da Marina era praticamente certa , mas ela deu uma ” fraquejada ” feia em um debate que foi extremamente bem aproveitada pelo ” destruidor ” de imagens Santanna , que está com tornozeleira.Usaram até o enterro do Campos para destruir a Marina .
    Jogo aberto …

  10. Um dado curioso, que dá o que pensar:

    Ciro foi ministro de Lula;
    Meirelles foi ministro de Lula;
    Marina foi ministra de Lula;
    Haddad foi ministro de Lula;
    Lula está na cadeia!

    E agora?!
    Que dedução podemos extrair dessas “coincidências”??!!

  11. Na razão direta que o PT questiona a Lava Jato, que não existe gente do PSDB na cadeia, cabe perfeitamente bem a indagação:
    Ora, se era público e notório entre a quadrilha do PT, que a Petrobrás estava sendo dilapidada através de roubos praticados pelos diretores escolhidos para esta função, por que os ministros acima passaram incólumes às investigações?!

    Ciro disse que avisou Lula, e continuou no governo?!

    Estranho.

  12. Bolsonaro só não cresce nas pesquisas fajutas, assim como Trump.
    Somente Bolsonaro pode mudar algo, o resto é o resto do mesmo bolo corrupto que está ai até hoje.
    A ÚNICA ESPERANÇA é Bolsonaro, se ele for um péssimo Presidente, será só mais um entre todos que foram eleitos desde a abertura.

  13. Realmente não tenho certeza em quem vou votar prá presidente no 1º turno. A única certeza é que vai ser um voto útil ANTI PT! Poderá ser em qualquer um dos 3(Marina, Alckmin ou Ciro Gomes) ou mesmo em outro que suba o suficiente, para desbancar o petista.
    Aliás no Brasil hoje em dia, a rigor só temos 2 partidos: O PT e o ANTI-PT! PT é o partido da bandidagem e do atraso, de tudo que não presta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *