Em 1944, em Bretton Woods, o ouro foi considerado herana maldita. Substitudo pelo dlar, pela primeira vez na Histria, a moeda de um pas passava a servir de troca universal. Mantega no era nascido, podia ter estudado.

Helio Fernandes

A Segunda Guerra Mundial estava acabando. Desesperados, os alemes tentavam acordo de paz em separado, com os soviticos, precisavam retirar tropas para fortalecer Berlim. Stalin no admitia, sabia que era ali, naquele momento e naquele local, que Hitler seria destrudo para sempre. (Da mesma forma que Napoleo, 140 anos antes, derrotado pelo general Inverno.

Churchill e Roosevelt, que haviam feito boa camaradagem com Stalin, no queriam fortalec-lo. Roosevelt era sincero, Churchill um tremendo jogador de xadrez poltico, que bebia, jogava e fumava, mas jamais perdia o rumo. Stalingrado ardia como a maior batalha dessa guerra, Moscou a 100 quilmetros de distncia parecia uma chama, provocada pelas tropas de Hitler, entrando na Unio Sovitica pela bela Ucrnia.

Enquanto ouviam as notcias pelo rdio (ainda no existia a televiso), Roosevelt e Churchill tratavam de um assunto que no pretendiam dividir ou debater com Stalin: a situao econmica do mundo. Sinceramente queriam o fim de Hitler, mas se usassem de sinceridade total, admitiriam que se Stalin desaparecesse junto com Hitler, no derramariam uma lgrima.

Convocaram ento reunio de aliados para Bretton Woods, onde pretendiam fixar as condies e as regras da economia mundial. Lgico, tinham que dizer alguma coisa a Stalin, era imprescindvel reconhecer a contribuio da Unio Sovitica para a vitria sobre a Alemanha.

Mas para ele, para os pases participantes, e at para o mais importante economista da poca, John Maynard Keynes (o lder e organizador do encontro), no falaram tudo. Diziam que era para regular a economia do mundo que surgiria depois da guerra, mas no passavam da. Era o que Keynes sabia e pensava que fosse verdade.

Apesar de ser ingls, Keynes no recebeu a menor instruo ou informao vinda do primeiro-ministro da Inglaterra. Por intuio, (e sem dvida por competncia, para a poca era importantssimo) se convenceu que as grandes potncias no queriam mais o ouro como moeda-padro.

Sabia muito bem como o ouro era raro e existente em poucos pases, com isso os que possuam o metal, ficavam to poderosos quanto as potncias dominadoras. Comeou ento, da prpria cabea, a planejar a implantao de uma nova moeda.

J tinha at o nome, se chamaria BANCOR. Quando comeou a falar sobre o assunto, ainda reservadamente, com os representantes de alguns pases, evidente que tudo vazou. (Como diria hoje, o brao direito de Dona Dilma, Erenice Guerra).

O presidente do Banco Central dos EUA (desculpem, no consigo lembrar o nome), acionado por Roosevelt, chamou Keynes para conversar. Mas o Banco Central criado em 1913 para tratar com os Rotchilds e congelar (calotear, como se acusa hoje o Brasil) amigavelmente as dvidas, no tinha importncia para conversar com um economista da repercusso de Lord Keynes.

O constrangimento foi total. O presidente do Banco Central no conseguia explicar, Lord Keynes estava longe de entender, sabia que pretendiam alguma coisa dele. E pela forma tmida com que falavam, tinha certeza de que era fundamental.

Sobrou para Roosevelt, que no quis, mas concordou em pedir a Churchill para falar a Lord Keynes, tambm ingls. Mas esqueceram de contar a Churchill. Este finalmente explodiu e Roosevelt contou: O que pretendemos que dessa reunio de Bretton Woods, surja uma nova moeda universal, o dlar.

Eterno gozador, Churchill perguntou: S isso? No sabiam se estava de acordo ou perguntando por perguntar. E a, mais descontrado, Roosevelt, respondendo a uma pergunta sobre O que Keynes ganharia, no teve dvida: O que ele quiser. Pode parecer exagero, mas o preo no era exagerado, os EUA estavam tentando controlar o mundo, e conseguiram.

***

PS Keynes no teve o menor problema. Alguma dificuldade, apenas porque j falara na moeda BANCOR, agora teria que dizer que seria o DLAR.

PS2 Quanto recompensa, o economista sabia o que eterno: No capitalismo, nem um almoo de graa. Ficou esperando.

PS3 Meses depois, o presidente do maior banco de investimentos dos EUA, procurou-o pessoalmente em Londres. Entregou um cheque com quinhentos zeros. Disse apenas, sua conta est zerada.

PS4 Menos de 2 anos depois, Lord Keynes morreu de um cncer fulminante. Deus no perdoa.

PS5 – Hoje, 66 anos depois, os Eua tm certeza que foi o preo mais barato que pagaram a vida inteira, por qualquer mercadoria. Nos subterrneos de Omaha, fabricam DLAR FALSIFICADO, que estocam nas fortalezas do Fort Knox.

PS6 – Se tivesse estudado a questo, Mantega saberia que o dlar como moeda de troca, no corre perigo. Os EUA tm o apoio da China, Japo, pases rabes, Rssia e outros. Motivo: tm TRILHES investidos, depositados ou “emprestados” aos EUA. No querem nenhum surpresa desse dinheiro ser transformado em euro.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.