Em 50 anos, a TV brasileira produziu apenas um gênio

Foi Assis Chateaubriand que trouxe a televisão para o Brasil. Em 1960, montando a Tupi no antigo Cassino da Urca, que havia sido fechado, (junto com o Copacabana e o Atlântico) em 1946.

Chateaubriand foi (proporcionalmente) o maior empresário de comunicação do mundo. Chegou a ter 76 empresas. (Jornais, rádios, televisões, além da maior Agência de Notícias, que era a Meridional). Nem Murdoch, hoje absoluto, chegou a esse nível assombroso.

A TV Globo apareceria em 1965, e nesses 45 anos, criou o único GÊNIO da televisão brasileira, que é Chico Anísio. (Há dias, apresentou uma retrospectiva de seus trabalhos, é impressionante a capacidade que ele tem de criar, dar vida e interpretar personagens praticamente inimagináveis). Genial.

Em 2008, Joe Wallace, um dos funcionários que Roberto Marinho cooptou do Time-Life, deu entrevista à revista Trip, e fez duas afirmações. 1 – Walter Clark era um gênio, foi demitido por causa da bebida. 2 – O Boni não participou da ascensão da Globo, ficou 4 anos na TV Tupi, enquanto Clark fazia a Globo viver.

Dizem que é verdade, muitos confirmam. Mas GÊNIO mesmo, indiscutível, só CHICO ANÍSIO.

Assim em letra maiúscula, ele merece.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *