Em campanha, Bolsonaro retoma obras que o aproximam do eleitor de Lula e Dilma Rousseff

DOIS PRODÍGIOS – Contra o Vento

Charge de Ivan Cabral (ivancabral.com)

Pedro do Coutto

Reportagem de Camila Mattoso, Mariana Carneiro e Natália Garcia, manchete principal da edição deste domingo da Folha de São Paulo, revela que o presidente Jair Bolsonaro e sua assessoria política montaram um roteiro de retomada e inaugurações de obras iniciadas pelos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

O objetivo parece claro. Uma aproximação com os eleitores do PT, partido que por ele foi derrotado nas urnas de 2018. Política é assim.

APROXIMAÇÃO – Não há distanciamentos que não possam ser encurtados, como não existem aproximações que não possam ser desfeitas. É o caso típico do ministro Paulo Guedes, conforme o artigo de Elio Gaspari, publicado também domingo em O Globo e na Folha.

A aproximação entre Lula e Bolsonaro, a meu ver, ficou nítida a partir do momento em que o ex-presidente citou o exemplo de Cristina Kirchner na Argentina, quando ela retornou à política como vice de Alberto Fernandez. Escrevi na ocasião, dizendo que Lula lançou no ar uma proposta não muito cifrada de possível adesão a candidatura daquele que, no fundo, usou o PT como adversário ideal para conquistar votos.

REJEIÇÃO AO PT – E Bolsonaro sem dúvida conquistou esses votos, tanto assim que derrotou Fernando Haddad por 57% a 43%. Os governos do PT tiveram grande rejeição da maior parte do eleitorado, sobretudo em face da corrupção que devorou a Petrobras. Mas isso pertence ao passado, embora recente, mas sempre é passado.

Agora nos encontramos num amanhecer do futuro e a atuação do presidnte está se demonstrando bastante pragmática, na medida sobretudo em que foi buscar o apoio da antiga bancada característica do Centrão, que adota uma política fisiológica e clientelista que Bolsonaroatacou fortemente na campanha  vitoriosa de 2018.

Tão fundos foram os reflexos que o candidato ao Planalto elegeu seus filhos com grande votação e também levou à vitória muitos estreantes que despertaram para a política surfando na onda de quem liderava a oposição no país.

GRANDE ELEITOR – Na realidade, indiretamente o PT transformou-se no grande eleitor de Bolsonaro. Não esqueçamos que as manifestações pelo impedimento de Dilma Rousseff incluíram um milhão de pessoas na Av. Paulista e 600 mil nas areias de Copacabana. Nenhum governo pode resistir a um protesto endossado por um milhão de pessoas, uma multidão verdadeiramente impressionante.

A reportagem da Folha de São Paulo relaciona todas as obras interrompidas de Lula e Dilma que serão retomadas por Bolsonaro. Vão criar a oportunidade que Bolsonaro deseja para citar nominalmente a autoria fixadas nos projetos de seus adversários de ontem.  Caso de sensibilidade política. Aliás, sensibilidade que faltou ao ministro Paulo Guedes, considerado por Gaspari no rumo de se tornar o ex-ministro múltiplo da Economia, Fazenda, Trabalho e da Previdência Social.

Portanto, as surpresas na política são uma rotina que existe no próprio processo humano.

16 thoughts on “Em campanha, Bolsonaro retoma obras que o aproximam do eleitor de Lula e Dilma Rousseff

  1. Têm razão quem contesta o término destas obras. Se elas têm serventia, quem pariu Matheus que as embale e as termine; em caso contrário, devem ser deixadas ao relento, como fizeram os opositores de Brizola, que deixaram os CIEPs abandonados.

    • SOU O PIOR INIMIGO DESSE GOVERNO ATUAL MAS NÃO SOU BURRO NEM SOU CEGO. O POVO MERECE RESPEITO E BOLSONARO ESTÁ MUITO CERTO EM TERMINAR AS OBRAS INACABADAS. ISSO É SINAL DE RESPEITO AO DINHEIRO DO POVO.

  2. Se for verdadeiro, que as políticas de Estado serão posta em prática,o governo Bolsonaro começa a andar com um conjunto de medidas,ao meu ver,aposentar o pessoal da área de risco quem tem 60 anos e ainda não pode se aposentar.

    Revisar orçamentos para educação, saúde e incentivar a produção para gerar empregos, efetivamente dar acesso aquisição da minha casa minha vida ao pessoal de baixa renda..etc…

    Se vislumbra `a postular o segundo mandato com apoio de alguns deputados de várias matizes, dependendo é claro,dos “acordos”.

  3. Bolsonaro não é bobo.
    Os eleitores do autor da obra não podem criticar JB porque pior é quem começou e depois abandonou.
    E agora, pelo menos, a gente vê que o governo atual passou a ter um programa.

  4. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO, Jornais, Correio da Manhã, O Globo, Tribuna da Imprensa, etc, Programas de Rádio de análise Politica/Econômica na Rádio Globo, Radio Jornal do Brasil, etc, Pioneiro das Pesquisas Políticas por amostragens, Autor dos Livros ” O Povo e o Voto -1966″, “Brasil, o fracasso do Conservadorismo – 1987″,”História Política do Rio de Janeiro – 1990”, etc, Professor Universitário Emérito, e que nos honra com Artigos no nosso TRIBUNA DA INTERNET, neste Artigo mostra que o Governo BOLSONARO/MOURÃO com o Auxílio Emergencial de R$ 600/mês até no mínimo o final do ano, mesmo que reduzido de Agosto em diante, que engloba +- 40 Milhões de Recipiendários, e o lançamento do “Renda Brasil” a partir de Jan/2021, e o Programa “Pró-Brasil” ( iniciais R$ 130 Bi para reativar Obras paradas de Gov. Anteriores), etc, vão tirar muitos Votos do Eleitorado Petista mais Pobre, que são maioria.

    Em Artigo de 6 meses atrás, o grande Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO sentiu uma aproximação Política do Presidente LULA com o PSDB via Presidente FHC para fazer frente ao Gov. BOLSONARO/MOURÃO, mas agora com a tentativa de “aspiração” desse Eleitorado mais Pobre do PT, o Presid. LULA poderia até compor com o próprio Gov. BOLSONARO/MOURÃO.

    A nosso juízo, é mais provável a primeira hipótese, baseada na estratégia vencedora da Presidenta CRISTINA KIRCHNER – R. Argentina, do que o apoio direto ao Gov. BOLSONARO/MOURÃO.

    O Min. da Fazenda PAULO GUEDES (71) é útil como um “espantalho” para o Governo manter certa Disciplina Fiscal, e por isso fica, mas não conseguirá aprovar nada daqui para a frente que tire Votos.

    O Presid. BOLSONARO não tem a mínima “vocação” para ser um Presid. MACRI vencido.
    Deve seguir a orientação das Forças Nacionais-Desenvolvimentista das FFAA do Brasil.

    Não descartemos um bom aumento no Salário Mínimo em Jan/ 2022.

    Não esqueçamos de pagar uma módica Mensalidade de R$ 20, para ajudar a manter o bom TRIBUNA DA INTERNET.

    CEF – Lotéricas
    Ag. 0211………….CC. 323-4

    Banco ITAÚ
    Ag. 6136………….CC. 12318-6

    BRADESCO
    Ag. 3225……………CC 2247-0

    Muito Obrigado.

  5. Prezado Colega Sr. LUIZ FERNANDO SOUZA-POA/RS.

    O Gov. CIRO GOMES, Nacional Desenvolvimentista tem experiência e conhecimento Economico-Administrativo para ser um ótimo Presidente da República, mas jamais terá o apoio do Presid. LULA – PT.
    Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *