Em nota de repúdio, ex-ministros da Saúde acusam Bolsonaro de minimizar pandemia

Bolsonaro tem criticado continuamente o isolamento social 

Mônica Bergamo
Folha

Uma carta assinada por sete ex-ministros da Saúde repudia o pronunciamento feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na terça-feira, dia 24, e o acusa de minimizar e tratar de forma insensata uma pandemia com as proporções do novo coronavírus. Segundo atualização da OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta quarta-feira, dia 25, já são mais de 415 mil casos ao redor do mundo e mais de 18 mil mortos.

Assinado por Humberto Costa (2003-2005), José Saraiva Felipe (2005-2006), José Agenor Álvares da Silva (2006-2007), José Gomes Temporão (2007-2010), Alexandre Padilha (2011-2014), Arthur Chioro (2014-2015) e Marcelo Castro (2015-2016), ministros de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), o documento afirma que Bolsonaro, preocupado em atender interesses estritamente econômicos, propõe uma dicotomia entre o enfrentamento da crise na saúde e na economia.

ISOLAMENTO – “Os países que têm conseguido os melhores resultados são aqueles que fizeram o isolamento social, garantiram o atendimento à saúde da população e tomaram medidas para manter a renda e ativar a economia. Não há, portanto, dicotomia entre manter a atividade econômica e salvar vidas”, diz a carta dos ex-ministros.

O presidente tem criticado medidas tomadas por governadores para a restrição de movimentação de pessoas e defendido o isolamento apenas para aqueles do chamado grupo de risco, como idosos e portadores de comorbidades, o que chamou de “isolamento vertical”.

Segundo o ex-ministros, que irão recorrer à OMS e à Comissão de Direitos Humanos da ONU, a postura de Bolsonaro desmobiliza a população que vem seguindo as orientações de autoridades de saúde, incluindo o Ministério da Saúde, e governantes, de modo a ferir o pacto federativo e a autonomia de seus entes.

SOBRECARGA – “Seu pronunciamento pode resultar em uma sobrecarga do sistema de saúde brasileiro de trágicas consequências, particularmente entre os grupos mais vulneráveis da sociedade. É necessário que os líderes republicanos se juntem em torno da defesa da vida”, afirmam.

Ministros de outros governos não foram procurados para assinar o documento após não haver disposição em iniciativa anterior, por ocasião da Conferência Nacional de Saúde.

35 thoughts on “Em nota de repúdio, ex-ministros da Saúde acusam Bolsonaro de minimizar pandemia

  1. Parem com essa CAMPANHA SÓRDIDA.
    O país precisa de UNIÃO para que possamos sair dessa pandemia de COVID-19 com os menores estragos possíveis.
    Isso não é JORNALISMO, isso é política partidária e das IMUNDAS.
    A Portaria n. 188 de 3 de fevereiro de 2020 do MINISTÉRIO DA SAÚDE do Governo Federal que os senhores querem destituir lhes DESMENTE.

    “TIREM AS MÁSCARAS!
    Paulatinamente os oportunistas estão sendo silenciados, à medida em que as evidências surgem. Destaco-as abaixo:
    1- A Presidência da República decretou estado de emergência no dia 04 de fevereiro de 2020 (rectius: 03/02/2020). Portanto 2 semanas antes do Carnaval;
    2- Desde a publicação desse decreto o MS ( Ministério da Saúde) do governo federal começou a se estruturar e a se preparar para uma possível epidemia, posto que já tínhamos casos em janeiro no país.
    3- O decreto foi solenemente ignorado por todos os prefeitos, governadores e pela imprensa suja,( rede de esgoto) interessados em faturar alto e não estragar a festa de momo.
    4- A epidemia começou a tomar corpo a partir de SP, RJ, BA e PE, curiosamente os estados onde tivemos milhões de pessoas aglomeradas nos blocos e trios elétricos, sem falar na costumeira promiscuidade que rola nisso tudo;
    5- Os casos que estão explodindo em março coincidem com o período de incubação da doença possivelmente contraída nas festas de momo (lembre-se que o Carnaval continuou por mais 1 semana nesses estados);
    6- A partir da decretação de pandemia mundial pela OMS (Organização Mundial da Saúde), e das imagens dramáticas da Itália, governadores oportunistas e emissoras de TV, os mesmos que incentivaram o povo a se aglomerar nas ruas para se contaminarem, viram uma janela de oportunidades para levar adiante o projeto de deposição do Presidente da República, objetivo perseguido desde antes da posse do Presidente Bolsonaro;
    7- Diante de declarações do Presidente, que buscava acalmar e não disseminar pânico e histeria na população, armou-se um grande complô midiático para se desacreditar o presidente, inclusive com incentivo aos panelaços e sugestões de golpe;
    8- Incautos de todos os matizes foram convocados para uma guerra virtual de desinformação e mentiras, sob a pseudo justificativa de que o “Presidente nada estava fazendo”;
    9- Incentivaram uma guerra política fraticida (rectius: fratricida), justamente na hora em que o país mais precisava de união, tirando o foco do combate à doença, para atirar no colo do Presidente a culpa pela disseminação no Brasil de um vírus que veio de fora, (vírus chines) e que atingiu todos os países do mundo.
    10- Neste momento o país caminha para um crescimento acelerado de infectados e de mortes onde se pode observar um certo desejo mórbido, de alguns parasitas, para que muitos óbitos aconteçam e se possa culpar o Presidente “racista, homofóbico, fascista e agora também “genocida”;
    Portanto parem com essa campanha estúpida de desinformação e histeria!
    Contribuam com algo positivo!
    Ajudem a melhorar a autoestima de pessoas simples que estão com muito medo e desespero!
    Procurem saber quantas pessoas estão com picos hipertensivos, depressão, angústia, paralisia e tantas outras doenças psicossomáticas que também podem levar ao óbito, não ignore os mais fracos e os desesperados, por causa dessa mídia imunda só porque você detesta o Presidente legalmente eleito.
    Pratiquem de verdade aquela empatia que vocês exigem de todo mundo, faça a diferença, seja diferente. Mas se preferem ver o pais onde vive virar uma Venezuela continue a agir da mesma maneira porque afinal vocês se acham moralmente superiores.
    Nosso presidente Jair Messias Bolsonaro precisa do nosso apoio agora mais do que nunca, parem com esse mimimi de que: agora ele perdeu minha credibilidade. Ou você está com ele ou nunca esteve.
    Veja e reveja os fatos, e parem de dar credibilidade a uma imprensa porca que sempre o perseguiu.
    Sejam parte da solução, não do problema!”

    Portaria n. 188, de 3 de fevereiro de 2020

    http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-188-de-3-de-fevereiro-de-2020-241408388

    • Pequena discordância no item nove,(9),o VÍRUS é do grande Satan,pois em setembro do ano passado um grupo di turistas Japonêses se encontrava no Havaí foram contaminado s pelo VÍRUS desconhecido..
      Isso é fato, tá nós jornais impresso Correio do Povo-RS,New York times,El Pais,Clarin da Argentina.

      Outra banda, Bolsonaro deu uma de malandro, não divulgou o surto epidemiológico,ficou instigando a torcida ir contra o congresso,o congresso que se dane

      Taí,se danou tbem, só resta editar MP, aposentadoria para pessoal acima dos 60 anos,e injetar $$$ via seguro desempregado afim de cobrir o rombo nos bolsos dos trabalhadores..
      Sem dúvida dará um golpe di mestre no congresso e nos governadores oportunistas eleitoreiros .

  2. Os senhores não são PATRIOTAS, os senhores querem ver o circo pegar fogo.
    Para os senhores quanto PIOR MELHOR!
    Os senhores estão na iminência da promoção de uma guerra FRATRICIDA!
    Parem IMEDIATAMENTE com essa trama DIABÓLICA, SÓRDIDA visando a destituição do atual presidente do Brasil.
    Milhões de brasileiros e brasileiras, neste momento, em que os senhores continuam com essa sórdida trama, estão sofrendo por causa desse PÂNICO, dessa HISTERIA, desse PANDEMÔNIO que os senhores estão incutindo nos espíritos e nas mentes dos brasileiros.

  3. Sou ardoroso defensor da tribuna mas é como defender bolsonaro.

    Uma hora o copo transborda

    Qual a justificativa para sequer dar curso a uma merda destas???

    Ministros da saúde lula e Dilma????

    Este Humberto não é aquele dos Sanguessugas????
    Que moral tem para falar??

    Certo estamos trancados com poucas notícias mas tudo tem limite

    Cuidado para não virarmos Panfleto da Internet

    Essa foi demais

  4. “Em 1953, em um brinde diante do New York Press Club, John Swinton, ex-chefe de gabinete da O New York Times e o “decano de sua profissão” declararam: (parte extraída)

    “Se eu permitisse que minhas opiniões honestas aparecessem em uma edição do meu jornal, antes de vinte e quatro horas minha ocupação acabaria. O trabalho dos jornalistas é destruir a verdade; perverter; difamar; difamar; bajar aos pés de Mamom” , e vender este país e esta corrida pelo seu pão diário.Nós somos as ferramentas e os vasos para os homens ricos nos bastidores.Nós somos os polichinelos, eles puxam as cordas e dançamos.Os nossos talentos, nossas possibilidades e nossas vidas são todas as propriedades de outros homens. Somos prostitutas intelectuais “.

    Pela minha própria experiência, sei que existem inúmeros jornalistas que poderiam dizer isso. Basta considerar o que eles disseram sobre o filme “JFK”, de Oliver Stone e sobre o meu próprio livro “JFK, a CIA, do Vietnã e do plano para assassinar John F. Kennedy.”

    • E por falar em bandido, a quarentena tá tão ruim que tem ladrão pedindo ajuda do governo, já que não tem gente na rua pra roubar, e as casas estão lotadas e não da pra entrar, sem renda, só resta os 500,00 do rodrigo botafogo, ou joga água.

    • “O trabalho dos jornalistas é destruir a verdade; perverter; difamar; difamar; bajar aos pés de Mamom” , e vender este país e esta corrida pelo seu pão diário.Nós somos as ferramentas e os vasos para os homens ricos nos bastidores.Nós somos os polichinelos, eles puxam as cordas e dançamos.Os nossos talentos, nossas possibilidades e nossas vidas são todas as propriedades de outros homens. Somos prostitutas intelectuais “.

  5. Misericórdia! Por favor, vamos tirar Bolsonaro e o Mandetta e o Paulo Guedes.. Queremos Luladrão, Padilha e Mantega. E Gilmar Mendes como Ministro da Justiça.Viva Luladrão! Se Bolsonaro continuar o Circo Gomes vai chorar novamente.

  6. -Acho muito COMOVENTE ver BANDIDOS que até ontem nos roubavam (a saúde, a educação e a segurança…), e outros que, ao invés de MAGISTRADOS, desempenhavam o papel de advogados do crime organizado, preocupados com o bem-estar dos brasileiros nos dias atuais.

    -Será o vírus teria tocado o coração dessas almas porcas com altruísmo, honestidade e amor ao próximo e as transformado em almas puras?

    -Amém.

  7. Bolsonaro não deveria deixar ninguém sem resposta.

    Só deveria exigir, que em vez do doutrinado dizer: Nome e canal que trabalha; deveria dizer e mostrar quantas horas trabalha (e trabalhou nos últimos 10 anos), e mostrar quanto mama da teta publica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *