Energia e esperança em Furnas: os 1.850 contratados continuam.

Helio Fernandes

Flavio Decat assumiu a presidência de Furnas hoje pela manhã. Recebeu imediatamente o apoio dos servidores, tanto os efetivos quanto os contratados. E já amanhã, às 10 horas, receberá a direção da Associação de Empregados.

Existia um problema, há tempos, que o novo presidente resolveu na hora.  Uma procuradora da Justiça do Trabalho havia entrado com ação dando o prazo de 30 dias para que Furnas demitisse os “contratados”. Uma juíza acolheu a ação. A liminar seria examinada hoje, e se fosse aprovada, 1.850 “contratados” seriam “descontratados”.

No final de 2010, depois de muito tempo, o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) expediu liminar, cassando o despacho da juíza. Essa liminar seria examinada hoje, terça-feira, e Furnas, pela administração que acabou ontem, não tomou a menor providência. Afinal, CONTRATOU 1.850 funcionários e diz que não precisa deles, não intervém?

Ora, se os CONTRATADOS não servem, Furnas deveria demiti-los em vez de mantê-los. Agora, mantê-los durante anos e se definir pela exoneração, é uma contradição inominável.

Só que com a entrada do novo presidente, o jurídico de Furnas foi chamado a se manifestar, se manifestou: “Se Furnas decidir não opinar (e não opinou), a ação sai de pauta”. Com isso, o presidente vai conversar com a direção da Associação dos Empregados, “numa boa”.

 ***

PS – Quem quer quase 2 mil desempregados de um dia para outro?

PS2 – Hoje e amanhã, haverá votação para eleger a diretoria da Associação. Os funcionários apóiam fortemente a atual gestão, que não tem concorrentes, é chapa única.

PS3 – Detalhe importante: os servidores apóiam a manutenção dos contratados, porque sabem que, sem eles, Furnas não conseguiria funcionar, levando o país a novo caos no fornecimento de energia, porque o sistema nacional é todo interligado.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *