Enfim, uma notícia boa: pré-sal bate recorde e ultrapassa 200 mil barris de média diária em julho

Nielmar de Oliveira (Agência Brasil)

A produção média diária do pré-sal em julho foi 172,8 mil barris por dia de petróleo e 5,7 milhões de metros cúbicos diários de gás natural, totalizando 208,9 mil barris de óleo equivalentes por dia – um crescimento de 9% em comparação ao mês anterior, quando a produção chegou a 191,2 mil barris de óleo equivalente de média diária.

Essa foi a maior produção já registrada nos reservatórios do pré-sal, que pela segunda vez ultrapassa a marca dos 200 mil barris de petróleo equivalente de média diária. A primeira vez foi em dezembro de 2011, quando a produção média diária foi 200,6 mil barris de petróleo equivalente.

Segundo dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a produção recorde foi oriunda dos dez poços localizados nos campos de Lula (5); Jubarte, Caratinga, Barracuda, Marlim e Marlim Leste e Voador, com um poço produtor cada.

Dos dez poços produtores do pré-sal, sete estão entre os 30 maiores poços produtores do país. Os destaques, segundo a ANP, ficaram com os poços do Campo de Lula, dos quais três figuram entre os cinco maiores produtores do território nacional, um dos quais foi, em julho, o maior campo produtor individual do país, com vazão média de 37,2 mil barris de óleo equivalente.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Enfim, uma notícia boa: pré-sal bate recorde e ultrapassa 200 mil barris de média diária em julho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *