Era só o que faltava: aposentado pode voltar a contribuir com a Previdência…

Resultado de imagem para aposentado charges

Charge da Lila, reprodução do Arquivo Google

Laís Alegretti
Folha

A equipe responsável pela proposta de reforma da Previdência em estudos no governo, subordinada ao presidente Michel Temer, estuda mudar a Constituição para abrir caminho para a cobrança de contribuição previdenciária de todos os aposentados. A ideia é que o governo federal, os Estados e os municípios tenham autonomia para estabelecer a cobrança. Isso pode impactar tanto segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) quanto servidores públicos.

Atualmente, a Constituição prevê que a contribuição deve ser paga apenas por inativos que recebem acima do teto do INSS (R$ 5.189,82). Ou seja, na prática só funcionários públicos são cobrados. A cobrança, hoje, incide somente sobre o valor que excede o teto do INSS, e a alíquota deve ser igual à da ativa.

Servidores da União e da maioria dos Estados pagam contribuição de 11% na ativa. Em alguns casos, ela pode chegar a 14%. No INSS, há três alíquotas, a depender do salário do trabalhador, de 8%, 9% e 11%. Os militares, que têm regras próprias, pagam 7,5% na ativa e na reserva.

LIBERANDO GERAL – De acordo com a proposta da equipe de Temer, a Constituição passaria a prever que União, Estados e municípios terão competência de, por meio de leis, instituir essa tributação. Cada ente poderia estabelecer qual será a alíquota e taxar até quem recebe o piso previdenciário.

Para cobrar dos aposentados do INSS, que hoje não pagam a contribuição, caberia ao governo federal enviar ao Congresso um projeto de lei.

O trabalhador do setor privado que recebe um salário mínimo, por exemplo, paga R$ 70,40 de INSS (alíquota de 8%) e fica com R$ 809,60 líquidos. Ao se aposentar, deixa de pagar essa taxa e fica integralmente com os R$ 880.

Segundo um funcionário do governo que participa das discussões, a avaliação é que, como hoje o valor líquido na aposentadoria é maior que o salário da ativa, as pessoas são estimuladas a aposentar. Segundo essa fonte, a situação atual vai contra um dos princípios da reforma: o de que a pessoa, ao aposentar, não deve receber valor acima do que recebia na ativa.

MAIS TRABALHO – Um dos objetivos do governo com a reforma da Previdência é fazer com que os brasileiros passem mais tempo no mercado de trabalho. A justificativa é que a expectativa de vida tem aumentado, a população jovem está diminuindo e a Previdência tem registrado resultados cada vez mais deficitários.

Antes de tomar a decisão de incluir ou não esse dispositivo na reforma, a expectativa é que Temer consulte os governadores, que têm enfrentado dificuldades financeiras. O entendimento é que, se os governadores formalizarem apoio, o Planalto garante mais votos no Congresso.

O tema, no entanto, deve provocar mais reações contra a reforma, pois a eventual cobrança também atingiria quem se aposentou antes da possível aprovação dessa regra. Além disso, haveria uma queda imediata na renda de todos os aposentados.

MUDANÇAS – A maioria das mudanças previstas terá impacto apenas para quem ainda não se aposentou  – como as novas regras de acesso ao benefício.

O governo quer adotar idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de homens e mulheres, com pelo menos 25 anos de contribuição. As novas regras devem valer para homens com menos de 50 anos de idade e mulheres com menos de 45.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
As medidas em estudo pelos “especialistas” do governo são de uma perversidade inaudita, coisas verdadeiramente escatológicas. É claro que o Congresso não aceitará essas monstruosidades, num país em que dono do iate, helicóptero e jatinho nem paga IPVA, mas o motoboy da pizzaria precisa fazê-lo. (C.N.)

17 thoughts on “Era só o que faltava: aposentado pode voltar a contribuir com a Previdência…

    • O ideal seria isso, Lucas:
      -Só pagaria a Previdência quem quisesse se aposentar pela Previdência.
      -Mas duvido que os ladrões deixem…

      E, no final das contas, COM A VOLTA DO PSDB AO PODER, sobrará apenas para o aposentado e para os funcionários públicos que não estejam metidos em cargos de confiança da quadrilha…

      Já vimos isso antes.

      • Caro Vieira, onde estão os Sindicatos e Federações???, são parceiros por omissão, não tem moral, pois apoiaram, o roubo do cofre, durante 13 anos, não há Defícite, há, sim falta de vergonha na cara, moral, dignidade, nesses politiqueiros.
        Que Deus nos ajude. Temer faz até reunião de presidentes, dos podres poderes, para armar contra o povo, e até convocam os Comandos militares para dar aval, que para mim, são os 3 patetas.=

  1. O argumento de que o aposentado deve continuar pagando para o INSS para que não ganhe mais do que na ativa é uma mentira. O trabalhador na ativa desconta para o INSS exatamente para formar capital para o,pagamento de sua aposentadoria. uma vez aposentado, fazer este desconto sem que ele reverta mais para a aposentadoria do cidadão é um roubo, um imposto disfarçado,cobrado a mais. Não tem cabimento justificar isto com o argumento de que parar de fazer este desconto incentiva o contribuinte que ganha o salário mínimo a se aposentar mais cedo. Como esse desconto já no beneficia, o aposentado estará ganhando menos do que o salário mínimo, o que a lei brasileira proíbe.

  2. Tudo esculhambado, 22 mil locupletadores terceirizando tudo, formando equipe com a participacao de parte dos mais de 16 mil sindicatos com suas ideias etilicas discutidas em hoteis fazendas, cruzeiros e botecos. 2016 vai bater o recorde com mais de 60 mil assassinatos, 2015 foram mais de 58 mil.

  3. Caro Daniel, por falar em assassinato… veja o CAOS que a IDEOLOGIA DA ESQUERDA de passar a mão na cabeça de criminoso – de todas as classes sociais – deixou este país:

    “Moradores do entorno da Praça Central de Capivari (SP) registraram a ação violenta de uma quadrilha de cerca de 30 HOMENS, armada com fuzis de mira a laser, durante explosões a TRÊS agências bancárias, UMA cooperativa de crédito e UMA farmácia na madrugada deste sábado. O grupo chegou atirando contra as unidades e um carro da Guarda Municipal foi alvejado. Não houve feridos na ação e ninguém foi preso.
    “NÃO DAVA PARA REAGIR”, disse o secretário de Segurança Pública do município, Ricardo de Souza.”

    -O que fazer em um lugar onde um Secretário de Segurança Pública diz que não tem como a polícia reagir a um assalto?
    -Será que algum morador, ao ouvir os tiros, perdeu tempo ligando para o 190?
    -Não seria o caso dos governantes devolverem as armas aos cidadãos e dizerem: “-Toma aí! -SE VIREM!!! -Salvem as suas vidas, pois, para isso, somos totalmente incompetentes”???
    -Se as polícias, último obstáculo existente entre os criminosos e o interior das nossas residências, todas desarmadas pelo ESTATUTO DO DESARMAMENTO e acuadas pelos defensores dos direitos humanos, correm e se escondem dos bandidos com o rabo entre as pernas, o cidadão, também desarmado, vai se socorrer com o que e com quem? Com o Chapolim Colorado?

    Fonte: http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2016/10/nao-dava-para-reagir-diz-guarda-video-registra-explosoes-em-capivari.html

    Enquanto isso, na Ilha da Fantasia, alguns ALIENADOS que fingem nos governar e cujas AÇÕES e/ou OMISSÕES transformaram as ruas deste país no caos atual, se reuniram para discutir segurança pública, todos entorpecidos pela SOBERBA, e juntos assinaram um “PACTO PELA SEGURANÇA PÚBLICA”, provavelmente após farta refeição e entre um copo de água mineral e outro. Todos com seguranças. Armados.
    Como não passam de ALIENADOS ou dotados de má-fé, esqueceram de combinar com os russos!!!
    Não se lembraram de que o PACTO PRECISAVA TER SIDO FEITO entre as partes opostas, entre ELES E OS TRAFICANTES, HOMICIDAS, ASSALTANTES, LATROCIDAS,…, cujos líderes estão administrando o crime de dentro dos presídios que deveriam está sob a administração e proteção de PELO MENOS UM dos cínicos presentes à reunião…

    http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/carmen-lucia-temer-e-renan-se-reunem-e-assinam-pacto-pela-seguranca-publica-1ysqcxfgjkl7ok4gbih5nf82a

    Abraços.

  4. Sem saida¡!
    A cada 1% de aumento de desemprego aumenta 4% a violencia, estamos ferrados de verde e amarelo, 100% da populacao e roubada formalmente: no salario medio de 2 mil merrecas soma-se 1,5 mil de encargos e beneficios e sobre esses 3,5 mil os icms/pis-cofins e ipi +/- 1,5 mil para propinas , super salarios, inchacos e…….
    Informalmente a maioria ja foi assaltada, roubada, furtada, sequestrada,….

  5. Entra governo e sai governo e a mesma ladainha de SEMPRE, a PREVIDÊNCIA está QUEBRADA.
    Já estamos cansados desta peça manipulativa encenada ad eternum.
    ACABAR com as MORDOMIAS dos Poderes da República, NADA!
    Essa história do rombo da previdência social já é velha.
    Entra governo, sai governo, “seca no nordeste” e “rombo na previdência” fazem parte da mesma cantilena nacional.
    Enquanto nos enfiam goela abaixo a aridez do solo nordestino, Israel – um Estado criado em um deserto – construiu se não me falha a memória uma das agriculturas mais desenvolvidas e rentáveis do mundo.
    O que quero dizer é que pouca água nunca foi desculpa. Lá está o Rio Jordão, que não me deixa mentir, quase um filete de água se comparado aos recursos hídricos dessa nação abençoada por DEUS.
    Enfim em Israel os entraves da aridez foram superados com educação, tecnologia, pesquisa, muito trabalho e persistência.
    Já aqui em nossa amada pátria mãe gentil Brasil, os grandes rombos cheiram a má-fé, incompetência política e de gestão, desvios, corrupção e promessas aos mais pobres e necessitados que nunca são cumpridas.
    A revolução feita pelo Estado de Israel na área da agricultura consumiu 68 anos do seu povo, contados a partir da implantação do país em 1948, pela ONU, mas que valeram a pena.
    Já o mesmo não podemos afirmar para esta terra descoberta por Cabral, pois já se passaram 516 anos e continuamos patinando em quase tudo.

  6. NR resume a esculhanbação,o desgoverno de Temer, que continua vice incompetente, levará o País a uma situação perigosa. o Zé trabalhador já é escravo do governo, Executivo, legislativo estão a serviço das trevas, o judiciário com os chamados tribunais superiores e o cabeça stf, com seus sinistros juízes, estão coniventes, e até para piorar, legislar e executar.
    É bom, lembrar Rui Barbosa: A fome é má conselheira.
    Temer, e seus sinistros acusados de roubo, do cofre público, (para os de alto coturno, o roubo é chamado “desvio”, de bilhões).
    Essa Reunião havida, é armação para foder o povo, até os comandos militares, foram convocados, para avalizar, a safadeza programada.
    Newton, o Seguro, primeiro S do INSS, não é deficitário, o segundo significa safadeza, em razão do governo com sua hipocrisia, misturar alhos com bugalhos, mentindo com a maior cara de pau ao Cidadão trabalhador, que com suor e lágrimas,tenta construir uma Nação decente e justa, para deixarmos de ser “republiqueta democradura”, mas, a corja, como verdadeiras hienas, lhe come as carnes rindo.
    A Presidente do stf, Drª Carmen Lúcia, que participou dessa reunião, está responsável, como último recurso da Cidadania, fazer que os sinistros lobos que a cercam, respeitarem o Cidadão que lhe paga para que Haja Justiça, e não estupro e vilipendio; lembro a ela, já que tem formação religiosa, na Doutrina Cristã, dois alertas de Jesus, o Cristo: “A cada um segundo suas obras” e “Pagarás até o último ceitil”, Leis aplicadas na Prestação de Contas da Consciência, com 2 (duas) penas: Luz e Paz ou Ranger de Dentes, Tribunal que não tem foru especial. A caneta governamental dos 3 poderes, no uso da maldade infelicita mais de 200 milhões, e cada lágrima derramada, será bola de fogo a lhes arder na alma imortal.
    Que Deus nos ajude, e Jesus, nosso mestre, nos ampare.
    Brasil Natureza rica, povo na pobreza e miséria.
    Ps. fiz um cálculo de uma contribuição, linear sem inflação sobre 2 mil reais, durante 35 anos (só do trabalhador), iniciando a contribuir a partir dos 21 anos, não há deficit, pode sobreviver até os 70 anos, e deixar a viúva amparada por mais de 10 anos. o que há, já disse acima, é desonestidade, e nada mais.
    Não coloquei a contribuição do patrão.

  7. Prezados comentaristas Theo Fernandes e os demais que até aqui se posicionaram sobre o tema,
    Interessante o que escreveu ontem um leitor não identificado do blog do jornalista Reinaldo Azevedo da VEJA sobre o tal ROMBO DO INSS.
    Penso, salvo melhor juízo, a seguir transcrevê-lo para que os leitores e comentaristas da TRIBUNA DA INTERNET tenham conhecimento sobre o que pensa esse leitor sobre esse assunto tão tormentoso para todos nós brasileiros de bem e, sobretudo trabalhadores que geram riquezas para este pobre país administrado por corjas de saqueadores dos cofres públicos.
    “ROMBO do INSS ou o MAIOR CONFISCO da HISTÓRIA da HUMANIDADE (não há exagero)
    O sistema previdenciário no Brasil é dividido em RPPS para os funcionários públicos federais, estaduais, municipais e funcionários das estatais e RGPS (INSS) para os funcionários da iniciativa privada
    Aqui devemos separar joio do trigo.
    Uma coisa é previdência social onde SOMENTE os que CONTRIBUÍRAM para PREVIDÊNCIA têm direito à APOSENTADORIA.
    Outra coisa é ASSISTÊNCIA SOCIAL onde mesmo os que NÃO CONTRIBUÍRAM recebem APOSENTADORIA por meio da Assistência Social.
    O governo criou CSLL e COFINS para dar ASSISTÊNCIA SOCIAL que significa dar saúde para TODOS os residentes no país e APOSENTADORIA para os que não contribuíram como os idosos, lavradores e pessoas com necessidades especiais.
    De acordo com o Art. 201 da Constituição, a previdência social será organizada sob forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá, nos termos da lei.
    Conforme §3º e §4º do Art. 201 da Constituição e Inciso IV do § Único do Art. 194 da Lei 8.213/91 (lei complementar), o valor do benefício é IRREDUTÍVEL e é assegurado o reajustamento para preservar o seu valor real.
    Portanto para se aposentar pelo INSS é necessário filiar e contribuir.
    Além disso o regime financeiro da previdência social pode ser de capitalização e repartição.
    No sistema de capitalização somente os que contribuíram têm o direito a aposentadoria e no regime de repartição os trabalhadores de hoje bancam as aposentadoria dos trabalhadores de ontem de modo que mesmo os que não contribuíram têm direito à aposentadoria.
    Na implantação do sistema IAP – Instituto de Pensão e Aposentadoria na década de 1930, cada categoria tinha o seu IAP. Assim os bancários tinham o IAPB – Instituto de Aposentadoria e Pensão dos Bancários, os industriários tinham o IAPI – Instituto de Aposentadoria e Pensão dos Industriários etc. e o sistema era de capitalização como se pode verificar pelos decretos que criaram os IAPs como por exemplo o dos bancários Nº 24.615/34.
    “Art. 9º. Terá direito à aposentadoria ordinária o associado, de cinquenta ou mais anos de idade, que houver pago sessenta ou mais contribuições mensais ao Instituto e contar trinta anos ou mais de serviço.
    Aqui fica caracterizado o sistema de capitalização onde somente aquele que contribuiu terá direito à aposentadoria pela Previdência Social.
    “Parágrafo Único. A importância da aposentadoria ordinária será calculada de conformidade com as contribuições efetivamente pagas e de acordo com o resultado dos estudos atuariais”.
    Para mim, estudos atuariais correspondem hoje à correção monetária + juros.
    Portanto o regime financeiro do INSS é de capitalização porque tem caráter contributivo e de filiação obrigatória e deve observar critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial.
    Logo o regime é de capitalização tanto antes como depois da Constituição de 1988.
    Para completar a ROUBALHEIRA, transformou a PREVIDÊNCIA SOCIAL (INSS) em ASSISTÊNCIA SOCIAL.
    Na assistência social o segurado recebe aposentadoria mesmo sem ter contribuído para INSS como os IDOSOS, LAVRADORES, PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS que não contribuíram para INSS e deviam receber aposentadoria por meio de ASSISTÊNCIA SOCIAL (CSLL e COFINS).
    Além disso o governo ROUBA os segurados do INSS para dar BOLSA DITADURA.
    Colocando os NÃO CONTRIBUINTES como segurados do INSS o governo introduziu elementos que DESEQUILIBRAM COMPLETAMENTE o sistema financeiro do INSS contra a IMPOSIÇÃO TAXATIVA da Constituição de 1988.
    Em 2014 o governo arrecadou R$69bilhões de CSLL e R$210bilhões de COFINS totalizando R$279bilhões para da ASSISTÊNCIA SOCIAL mas ao invés de usar essas receitas para dar assistência social ROUBA ESCANCARADAMENTE as CONTRIBUIÇÕES dos segurados do INSS para dar assistência social.
    A filosofia da Previdência Social é separar uma parte da renda como poupança (pecúlio) para ser usufruída na velhice quando não tiver mais vigor físico para trabalhar.
    O que o INSS chama de BENEFÍCIO nada mais é do que a DEVOLUÇÃO da mensalidade depositada há 35 anos.
    Em outubro de 2016 o INSS está DEVOLVENDO a mensalidade depositada em setembro de 1981 e assim sucessivamente mas o governo transformou em DESPESA ORÇAMENTÁRIA.
    NÃO PRODUZ DÉFICIT ORÇAMENTÁRIO porque É uma DEVOLUÇÃO do PATRIMÔNIO dos CONTRIBUINTES do INSS.
    O benefício É RESGATE do PATRIMÔNIO dos contribuintes do INSS e que o governo EXPROPRIA como RECEITA TRIBUTÁRIA e nos devolve como BENEFÍCIO que significa doação, donativo, ajuda, ESMOLA etc. ou seja somos considerados MENDIGOS que dão ROMBOS R$bilionários ao INSS.
    Na década de 1960 quando comecei a trabalhar com carteira assinada se você depositasse dinheiro na poupança a CEF lhe fornecia uma caderneta onde era colado um selo com o valor depositado e a data e esse valor era capitalizado de 6 em 6 meses com correção monetária e juros de 3%as = 6aa. Daí o nome de caderneta de poupança.
    O IAP (INSS da época) dava uma caderneta semelhante à da poupança e para cada depósito era colado um selo com o valor da mensalidade que era capitalizado anualmente com correção monetária e juros.
    Por analogia, pela Lógica e por DIREITO à PROPRIEDADE, a mensalidade depositada junto a INSS é uma POUPANÇA, é PATRIMÔNIO do TRABALHADOR e não faz parte da RECEITA TRIBUTÁRIA.
    Com o advento da TI essas cadernetas foram substituídas por conta corrente e que CONSTITUCIONALMENTE DEVERIA SER ATUALIZADA com CORREÇÃO MONETÁRIA + JUROS.
    Portanto a mensalidade da Previdência Social ERA e É uma POUPANÇA AQUI e em qualquer país civilizado.
    Só que desde JK as nossas mensalidades são consideradas DINHEIRO SEM DONOS e SÃO ROUBADAS SEM ESCRITURAÇÃO de modo que NINGUÉM SABE QUANTO o JK ROUBOU e QUANTO os GOVERNANTES POSTERIORES ROUBARAM e CONTINUAM ROUBANDO.
    Além disso ROUBA as nossas mensalidades para dar BOLSA DITADURA.
    O governo misturou alhos com bugalhos, colocou vários macacos no galho do INSS ARREBENTANDO o MESMO.
    Na Previdência Social o segurado contribui com a sua mensalidade como pecúlio para posterior resgate.
    Sarney rebaixou o teto de 20SM para 10SM e Lula desvinculou o teto com o SM sem INDENIZAR os ROUBOS acima de 10SM.
    Passou o teto de 10SM para 6,8SM e Dilma para 5,9SM.
    O depósito da mensalidade é VINCULADO ao SM e o seu RESGATE NÃO.
    O bolsa ditadura do Lula NÃO É VINCULADO ao TETO e É ISENTO do IR.
    Quando Sarney rebaixou o teto de 20SM para 10SM Lula era deputado federal e FHC senador portanto ambos aprovaram o CONFISCO de TODOS OS DEPÓSITOS ACIMA de 10SM SEM NENHUMA COMPENSAÇÃO.
    Em países civilizados esse tipo de expropriação só existe contra inimigo de guerra.
    Hoje o teto do INSS é de 5,9SM e com desconto do IRRF o teto líquido é 5,2SM.
    Como a aposentadoria é RESGATE do 16% da parte do salário ISENTO de IR a cobrança do IR é INCONSTITUCIONAL pois não houve renda. Pelo contrário houve BRUTAL redução de renda.
    Como sou anarfa em Juridiquês devo estar equivocado pois esses CONFISCOS e cobrança do IR FORAM APROVADOS pelo CONGRESSO e ratificados pelo STF.
    Até 1990 os funcionários federais contribuíam com R$0,00 para a sua aposentadoria e se aposentavam e se aposentam com o seu último salário com teto de 42SM.
    Atualmente contribuem com 11% do seu salário e se aposentam com o seu último salário.
    Nas estatais contribuem com 31% e se aposentam com o seu último salário.
    Até 1989 contribuíam com 16%.
    Em 2015 teve um presidente de uma estatal que se aposentou com 78,7SM.
    Deve ter entrado como escriturário há 32 anos com menos de 4SM.
    Como tem direito a 6 quinquênios equivalentes a 3 anos, 32anos = 35anos. Até o calendário do RPPS é “DIFERENCIADO”.
    O ônus desse privilégio é pago pelas castas inferiores.
    Na sua gestão, em 2010 a estatal teve que aumentar em U$6bilhões e em 2012 U$7,1bilhões o seu capital para não sofrer intervenção do BC ou seja R$42bilhões que foram subtraídos da Educação, Saúde e Segurança para socorrer a empresa PESSIMAMENTE ADMINISTRADA
    Em 2014 havia 27,8milhões de aposentados contribuindo com R$337,5bi, despendendo R$394,2bi dando déficit aparente de R$56,7bi.
    Desses aposentados mais de 10milhões eram idosos, lavradores e pessoas com necessidades especiais que não contribuíram para INSS e que deveriam ser pagados com as receitas de CSLL e COFINS que foram criadas justamente para dar ASSISTÊNCIA SOCIAL ou seja DAR APOSENTADORIAS aos que não contribuíram e DAR ASSISTÊNCIA MÉDICA a TODOS os RESIDENTES no Brasil.
    Além disso milhares de ex terroristas ROUBAM as nossas mensalidades para RECEBER BOLSA DITADURA.
    Num país civilizado o bolsa ditadura faria parte do orçamento dos presídios de segurança máxima pois lutaram para ENTREGAR o Brasil para URSS. Um crime de lesa pátria, mas no Brasil são considerados “PATRIOTAS” que lutaram para combater a DITADURA MILITAR para implantar a “DEMOCRACIA” MARXISTA.
    Responsabilidade de CSLL e COFINS:
    10milhões x 724 (SM de 2014) = R$7,24bilhões/m e 7,24 x 13 = R$94bilhões/a.
    AQUI É QUE ESTÁ o “ROMBO” do INSS e É de RESPONSABILIDADE de CSLL e COFINS.
    A previdência do setor privado (INSS) NÃO PRECISA de REFORMA.
    PRECISA de RESTAURAÇÃO para Previdência Social com regime financeiro de CAPITALIZAÇÃO como MANDA a CONSTITUIÇÃO de 1988.
    O governo ROUBOU R$94bilhões dos contribuintes do INSS para dar essa ASSISTÊNCIA SOCIAL, mas que deveriam ser pagadas com a arrecadações de R$69bilhões da CSLL + R$210bilhões da COFINS = R$279bilhões em 2014.
    A despesa do INSS foi de R$394,2bilhões. Como R$94bilhões deveriam ter repassados de CSLL + COFINS, em 2014 a despesa real do INSS foi de = R$(394,2 – 94) = R$300,2bilhões.
    SUPERÁVIT do INSS em 2014: R$(337,5 – 300,2) = R$37,3bilhões.
    Além disso o governo ROUBOU ~R$5bilhões do INSS para dar BOLSA DITADURA de modo que o SUPERÁVIT do INSS em 2014 foi de R$42,3bilhões.
    Portanto NÃO HOUVE DÉFICIT de R$56,7bi e sim SUPERÁVIT de R$42,3bi.
    Outra EXCRESCÊNCIA é ROUBAR os contribuintes do INSS para DAR BOLSA DITADURA.
    Enquanto eles assaltavam bancos, tacavam fogos nos quartéis, sequestravam autoridades, matavam inocentes e próprios companheiros que discordavam do chefão, nós trabalhávamos 48h/s, férias de 20 dias e contribuíamos com 16% do nosso salário para INSS.
    O teto de 20SM que depositamos virou teto de 5,9SM e com desconto do IRRF recebe somente 5,2SM.
    Os ex terroristas recebem BOLSA DITADURA roubado dos aposentados e contribuintes atuais do INSS, ISENTO de IRRF e sem limitação de teto.
    Lula recebe R$12.240,00/m, (13,9SM) de bolsa ditadura livre de IR, ROUBADO dos depósitos que fizemos junto a INSS, fora os R$33.700,00/m de pensão vitalícia como ex presidente.
    FHC recebe R$23.300,00/m (26,5SM) de bolsa ditadura livre de IR, ROUBADO dos depósitos que fizemos junto a INSS, fora os R$33.700,00/m de pensão vitalícia como ex presidente e R$25.000,00 como ex professor da USP.
    Ensinou Marxismo durante 15 anos formando milhares de esquerdoPTas que só sabem mamar nas tetas do governo. Ele contribuiu com 6% do salário para a sua aposentadoria até 1970 (15 amos). Isso quer dizer que após 1985 ele está recebendo a aposentadoria como ex professor da USP sem ter contribuído com 1 tostão ou seja recebeu 30 anos x 13 x 25.000 = R$9.750.000,00 (valor atualizado) dando ROMBO a SPPREV.
    Em 2015 o teto era R$4.663,75 pagando R$413,31 de IRRF recebendo líquido R$4.250,53.
    Em 2016 o teto é R$5.189,82 pagando R$557,84 de IRRF recebendo líquido R$4.631,98.
    Em 2016 o acréscimo foi de R$381,45 ou 8,2% para inflação de 11,3%.
    Isso significa que pela JUSTIÇA SOCIAL esquerdoPTa, os contribuintes do INSS não são considerados cidadãos da Constituição Cidadã de 1988 por isso o benefício do INSS não precisa manter o seu poder aquisitivo.
    ROUBOS do GOVERNO:
    – Transformou a PREVIDÊNCIA SOCIAL do INSS em ASSISTÊNCIA SOCIAL.
    – Transformou INCONSTITUCIONALMENTE o sistema financeiro do INSS de CAPITALIZAÇÃO para REPARTIÇÃO.
    – Ao invés de pagar aposentadoria dos idosos, lavradores e pessoas com necessidades especiais com a arrecadação de assistência social (CSLL e COFINS), ROUBA os aposentados e atuais contribuintes do INSS para dar essa assistência social.
    – ROUBA os aposentados e atuais contribuintes do INSS para dar BOLSA DITADURA.
    – Cobra IR sobre o RESGATE da parcela de 16% do salário ISENTA de IR.
    – Transformou o teto de 20SM para TETO SEM VINCULAÇÃO com o SM.
    O depósito da mensalidade É VINCULADO ao SM mas o seu RESGATE NÃO É VINCULADO ao SM.
    – Transformou o RESGATE em BENEFÍCIO que significa doação, donativo, presente, ESMOLA. Transformou os contribuintes do INSS em MENDIGOS do INSS.
    O que o governo chama de BENEFÍCIO, na realidade é DEVOLUÇÃO da mensalidade depositada há 35 anos.
    Portanto se nós fôssemos considerados cidadãos da Constituição Cidadã estaríamos recebendo o depósito inicial de 16% do salário de 1981 acrescidos de JUROS e CORREÇÃO MONETÁRIA LIVRE de IR.
    O que o governo chama de DÉFICIT do INSS é na verdade é uma DÍVIDA U$trilionária do INSS para os contribuintes do INSS.
    Desde o governo JK em 1945, o governo usou as mensalidades dos contribuintes do INSS para obras públicas como Brasília, rodovias, ferrovias, pontes, usinas elétricas etc. como se fossem DINHEIRO SEM DONOS, sem remunerar com juros e sem correção monetária.
    Adicione os depósitos iniciais, juros, juros sobre juros e correção monetária de 1945 até 2016 e concluirá que o governo nos deve MUITOS U$trilhões.
    No governo Dutra essas mensalidades eram usadas para construção de apartamentos onde somente os contribuintes dos IAPs podiam morar mediante pagamento de aluguel. Então os IAPs tinham 2 fontes de receita: mensalidades dos contribuintes e aluguéis de apartamentos.
    No governo Getúlio ele colocou Jango como ministro do Trabalho e Previdência Social e o Jango substituiu a gestão empresarial dos IAPs para gestão ideológica transformando os IAPS num ANTRO de COMUNIZAÇÃO do país e não se construiu mais nenhum apartamento.
    Transformaram as nossas mensalidades (PATRIMÔNIOS dos CONTRIBUINTES do INSS) em RECEITA FISCAL.
    Por causa DESSAS ROUBALHEIRAS, nós os APOSENTADOS do INSS precisamos trabalhar para NÃO MORRER de FOME e o governo OBRIGA a recolher 31% do salário da DESAPOSENTAÇÃO para INSS e na hora de DEVOLVER esse 31% diz que NÃO PODEMOS RECEBER porque NÃO HÁ LEGISLAÇÃO para a DEVOLUÇÃO.
    NÃO HÁ LEGISLAÇÃO para a COBRANÇA mas para COBRANÇA NÃO PRECISA de LEGISLAÇÃO.
    A Constituição Cidadã só se aplica aos cidadãos e como os APOSENTADOS e atuais CONTRIBUINTES do INSS NÃO SÃO CIDADÃOS e SIM MENDIGOS do INSS. Somos SC (Sem Constituição).
    Por isso precisamos pagar aposentadorias dos idosos, lavradores e pessoas com necessidades especiais que não contribuíram para INSS.
    O ABSURDO dos ABSURDOS: PRECISAMOS DAR BOLSA DITADURA SEM TETO e ISENTO de IR para ex terroristas que lutaram para ENTREGAR o Brasil para URSS.
    A nossa ESMOLA que constitucionalmente é ISENTA de IR mas devemos pagar IR porque a Constituição Cidadã só se aplica aos cidadãos e NÃO aos MENDIGOS do INSS.”
    SALVO MELHOR JUÍZO, PENSO QUE NÃO EXISTIRÁ MAIS BRASIL CASO ESTA MEDIDA SEJA APROVADA, POIS PROTESTOS DEVERÃO INCENDIAR O PAÍS!
    SEMPRE, alguém tem que pagar o pato!
    Agora essa corja de malfeitores, saqueadores dos cofres públicos que são sustentados pelos tributos que recolhemos, escolheram os aposentados, na medida em que são bem mais velhos, cansados, e se encontram desfrutando do resto da vida.
    No entanto, as pessoas esclarecidas dessa pobre mãe gentil nação, sabem que o sério problema da previdência social está diretamente relacionado aos inúmeros desvios, roubos, furtos de capitais nas mais variadas instituições do país, como BNDES, PETROBRAS, FUNDOS DE PENSÃO, BB, CEF, ELETROBRAS, entre muitas outras, atingindo cifras pra lá de BILIONÀRIAS, o que, induvidosamente levou ao maciço desemprego no país, ultrapassando a casa dos 12 MILHÕES DESEMPREGADOS, razão pela qual fez diminuir drasticamente a arrecadação da previdencia social.

  8. Uai, desde o governo Lula que voltamos a contribuir com a Previdência. Lembro-me que FHC já queria, e Lula de dedo em riste, dizendo que era confisico, que não tinha cabimento! Pois bem, quando o Lulálá assumiu o governo pela primeira vez, foi a primeira providência e desde então estamos pagando a Previdência que havíamos contribuido justamente para nossa aposentadoria.

    • Cara Carmen, após ditadura, o poder civil, só se salvando o Itamar Franco, todos meteram a mão no cofre público, em 2018, não reeleger, a mudança no sistema eleitoral é preciso, o Rodrigo Maia, ainda fala em voto de lista partidária, como está, já se elege e reelege patifes, o voto de lista, confirma o que digo na minha comunidade, não vivemos em uma Democracia, mas em um democradura, na condição de republiqueta, cuja resultado é a podridão nos 3 poderes, essa reunião que houve agora, para a quadrilha funcionar sem temer o stf, que o sinistro Teori, deu a dica: policia do Renan, é policia, a do Estado-PF, não? basta por hoje, olhar esse panorama de oceano de lama, dá vômitos.
      87 anos, nunca vi tanta podridão.

  9. O Moderador e os comentaristas opinaram de maneira correta a conjuntura aflitiva., e a indagação de uma nação feita na atualíssima charge da Lila: que país é esse?
    Da sua bandeira, Ordem e Progresso já foram retiradas…
    Com a palavra, os portentosos do Trio Ternura: Executivo, Legislativo e Judiciário.
    Que pesem com cautela as medidas que serão propostas ou impostas à sociedade. Que não a obrigue a pensar que o trio é desnecessário, que o Brasil,o pouco que ainda anda, é porque os políticos precisam dormir…

  10. Na verdade temos uma CLEPTOCRACIA, institucionalizada, o PT com seus mequetrefes caras de pau fizeram sem escrúpulos o que essa outra camarilha não tinha a ousadia de fazer, por isso ficavam roendo o osso pelas bordas, a saúde nunca foi do interesse de governante algum, no fundo eles só procuram o povão em períodos eleitorais, vimos agora, (embora o povo, tardiamente já está está com nojo desses crápulas, na educação, já se falava em deixar de ser uma obrigatoriedade do Estado, na Bahia, magistralmente os dois governadores petistas conduziram o desmonte do sistema educacional, hoje várias escolas estão fechadas e uma parcela significativa de estudantes estão sem concluir o fundamental e o ensino médio, de acordo com o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) diz que “verba para ensino superior tem de ser cortada e que quem não tem dinheiro deve tentar passar na USP ou parar de estudar”, parar de estudar, a maioria já fez, pois estão tentando uma vaga, inexistente, no mercado de trabalho. Quanto à segurança, essa já foi sucateada, segundo a OMS, o Brasil possui uma das mais altas taxas de homicídios, estando na 11ª posição, e com esse assalto Federal, nessas duas décadas, vai jogar cerca de 1 milhão de famílias na miséria, e com isso as conseqüências mais óbvias são: aumento da prostituição, incluindo a infantil, aumento do trabalho escravo e incremento da violência. E ainda não chegamos onde queremos, vamos voltar ao patamar anterior à década de 1950, tudo e todo empenho, as lutas pelas melhorias trabalhistas e sociais foram jogadas na privada. Podemos dar adeus aos testes do PISA e outros que testam a capacidade intelectual do país, seremos meros escravos do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *