Eremildo, o idiota, ainda não entendeu a liberdade concedida a Pizzolato

Resultado de imagem para pizzolato charges

Charge do Simanca (Arquivo Google)

Elio Gaspari
O Globo/Folha

Eremildo é um idiota à espera de um indulto. Ele aprecia a dicção do ministro Luís Roberto Barroso e encantou-se quando ouviu-o dizer que “vivemos uma tragédia brasileira (…) um país que se perdeu pelo caminho, naturalizou as coisas erradas”.

Por cretino, Eremildo não entendeu a decisão de Barroso que concedeu liberdade condicional a Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil, condenado a 12 anos de prisão em 2012.

Seguindo as normas, Barroso registrou que ele é réu primário, tem bons antecedentes e cumpriu um terço da pena com bom comportamento na penitenciária.

Só um idiota como Eremildo seria capaz de lembrar alguns antecedentes do doutor, que se torna caso clássico de naturalização da coisa errada. Condenado, Pizzolato fugiu do país usando identidade falsa e só foi capturado cinco meses depois, graças a uma operação da polícia italiana. Com dupla nacionalidade, tentou evitar que o devolvessem ao Brasil. É o paradoxo de Pizzolato: Preso, é um santo. Solto é que são elas.

MALVADEZA – De um juiz malvado: “Temer mandou sua equipe redigir uma Medida Provisória criando o ‘indulto preventivo’. Assim os seus ‘homens bons’ serão perdoados antes mesmo de serem condenados.”

10 thoughts on “Eremildo, o idiota, ainda não entendeu a liberdade concedida a Pizzolato

    • Tem nada. Se entrar em campanha vai acabar tão desmoralizado que nem vai conseguir voltar pra TV. Isso e um balão de ensaio da nossa classe política desonesta que quer um instrumento dócil para continuar sua roubalheira, mas com uma aparência de “gente certinha e bem educada” que não poderia ser proporcionada pelos petistas ou por Bolsorano.

  1. SNIPERS pra todo lado! Simples assim…

    Ou não tem mais ‘nenhuma band’ querendo o ‘lugar da globo’ querendo o ‘lugar da record’ querendo ‘o lugar da’…..

    A FACA! O FÓSFORO! O FUZIL!

    O Brasil nao tem mais povo, nem identidade,
    nem idiotas nem cretinos…
    No Brasil quem dita são as cifras…

    Pode sujar a agua queimar tudo vender o chão, matar o semelhante, mas se o vândalo vier pra cima do mercado… … … rá! rátatáratatá….

    Os verdadeiros cretinos idiotas (os banqueiros) não promovem a distribuição de renda real para aumentarem pra valer seus negócios…
    nem precisam, é o Brasil…

    Nomes da tragédia brasileira, abaixo:

    Banco Itaú – Feito Para Você
    /Alfa Arrendamento
    Aymoré Crédito,
    ABC Brasil
    Alfa
    BMG
    BNP Paribas Brasil
    Bradesco
    Carrefour
    Citibank
    Cooperativo Sicredi
    Banco do Brasil
    Banco do Estado do Pará S.A.
    Banco do Estado do Rio Grande do Sul
    Banco do Nordeste do Brasil
    Fiat S.A.
    GMAC S.A.
    bi S.A. Banco Multiplo
    Indusval
    taú BBA
    Mercantil do Brasil
    Original
    Safra
    Santander
    Sumitomo Mitsui
    Toyota do Brasil
    Volkswagen
    Votorantim
    Banco do Estado do Espírito Santo
    BRB – Banco de Brasília S.A.
    BRB Crédito, Financiamento e Investimento S/A
    BV Financeira S.A.
    Caixa Econômica Federal
    CHINA CONSTRUCTION BANK
    Financeira Alfa
    Itaú Unibanco S.A.

  2. O Barroso apenas pagou a conta da sua nomeação para o STF. Pagar a conta é uma obrigação do indicado e o Barroso não fugiu a regra.
    Texto circulando no WhatsApp tendo como autor: Marcelo Rates Quaranta. Se foi ele ou não que escreveu, parece ser, agora, o menos importante:

    Eu Quero Agradecer, Em Meu Nome E Em Nome De Todas As Pessoas Comuns, Cidadãos Simples Do Meu País Como Eu, Pelas Últimas Decisões Tomadas Pelo Nosso Egrégio Supremo Tribunal Federal.

    Sim, O Supremo Fez De Nós Pessoas Melhores Do Que Pensávamos Ser.

    Quando Olhávamos Aqueles Ministros Sob Suas Togas, Com Passos Lento E Decididos, Altivos, Queixos Erguidos, Vozes Impostadas Ditando Verdades Absolutas E Supremas, Envoltos Numa Aura De Extrema Importância E Autoridade, Nos Sentíamos Pequenos, Minguados E Reles Plebeus Diante De Uma Corte Que Beirava O Sublime, O Inatingível E O Intangível.

    Com Essas Decisões O Supremo Conseguiu Fazer Com Que A Minha Percepção Sobre Mim E Sobre Nós, Mudasse. Eles Não São Deuses. São Pessoas Tão Pequenas E Tão Venais, Que Qualquer Comparação Que Eu Faça De Mim E De Nós Em Relação A Eles, Seria Desqualificar-Nos A Um Nível Abissal.
    Tudo Aquilo É Fantasia, Tudo Aquilo É Pose E Tudo Aquilo Não Passa De Um Teatro, Mas Nós Somos Reais.

    Foi Aí Que Eu Vi O Quanto Somos Mais Importantes Que Eles! Enquanto As Divindades Supremas Encarnam Seus Personagens De Retidão E Lisura, Mas Com Suas Decisões Abduzem A Moral E Destroem O País (E De Quebra A Reputação Do Judiciário), Nós Brasileiros Comuns E Sem Toga Trabalhamos Arduamente Dia E Noite Para Construir O País, Ou Pelo Menos Para Minimizar Os Danos Que Eles Provocam.

    Então… Como É Que Um Dia Eu Pude Vê-Los Como Sendo Superiores A Nós? Eu Estava Enganado. Nós Somos Muito Superiores A Eles, Mesmo Sendo Zés, Joãos, Marias, Desde O Pequeno Ambulante Ao Médico Ou Engenheiro. Nós Somos As Verdadeiras Autoridades, Porque Nossa Autoridade Não Foi Conferida Por Um Político Malandro Capaz De Tudo Com Uma Caneta. Nossa Autoridade Nos Foi Dada Pela Nossa Força De Continuar Tentando Fazer Um Brasil Melhor.

    Fico Sinceramente Com Pena É Dos Advogados, Que São Obrigados A Chamar Esses Ministros De Excelência, Ainda Que Com A Certeza De Que Não Há Excelência Alguma Nos Serviços Que Eles Estão Prestando À Nação. Acho Que Deve Ser O Mesmo Sentimento De Ser Obrigado A Chamar O Cachorro Do Rei De “My Lord”.

    Agora Eu Sei O Quanto Somos Bem Maiores Que Eles, Mesmo Sem Aquelas Expressões Em Latim E Doutrinas Rebuscadas Cheias De Pompas E Circunstâncias, Que No Final Significam Apenas Passar Perfume Em Merda.
    Se Há Alguém Realmente Importante No Brasil, Esse É O Excelentíssimo Povo Brasileiro, Que Apesar De Tudo É Obrigado A Sentir O Mau Cheiro Que Vem Da Grande Corte, E Mesmo Com Náuseas E Ânsia De Vômito, Tem Que Acordar Às 5 Da Manhã Pra Fazer Aquilo Que Eles Não Fazem: Produzir.

    Obrigado, Supremo, Por Nos Mostrar Que Hoje O Rei Sou Eu E O Meu Povo”

  3. Não só o Eremildo, eu também não entendi a liberdade de um cidadão, que cometeu crimes na qualidade de empregado público, como diretor do Banco do Brasil e que fugiu para a Itália, para não prestar contas de suas falcatruas. Não se trata aqui, de argumentar sobre viés punitivo ou coisa que o valha, até de dizer que o brasileiro pugna pela câmara de gás, n ânsia de ver políticos corruptos na cadeia ou representantes do empresariado, notadamente das empreiteiras corruptas, mofaram indefinidamente na cadeia.

    No Brasil, isso é sonho de uma noite de verão. Ficam alguns anos, em cadeias luxuosas e comendo do bom e do melhor e depois, quando ocorre o esquecimento, sempre há um indulto ou um HC para libertá-los sem tornozeleira.

    A nação mal se recuperou de anos de ditadura militar e o conservadorismo das elites voltou com toda a força, a demonstrar que o crime recompensa e que somente os pobres, que não podem pagar os advogados estrelares, estes sim, mofam nas cadeias imundas e insalubres, sem direito a cama das olimpíadas e comida selecionada por restaurantes granfinos da Zona Sul do Rio de Janeiro, fatos que acontecem em todos os Estados do Brasil.

  4. O Eremildo,não tem nada de idiota.
    Idiota é o outro que da discurso de moralidade além de ser parcial,e protetor de bandidos de estimação dessa esquerda canalha.
    Ainda possa de arauto da boa conduta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *