Essas brigas entre comentaristas estão cada vez mais ridículas

Carlos Newton

Gostaria de esclarecer que desde que blog foi “hackerado”, tirado do ar e teve de ser refeito, o moderador perdeu o controle dos comentários, que passaram a ser publicados automaticamente.

Na minha ingenuidade, achei que os comentaristas tivessem maturidade suficiente para manter debates no terreno das ideias, sem cair para discussões banais e acusações pessoais. Porém, como diz meu amigo Carlos Heitor Cony, foi um “ledo Ivo engano”.

O resultado é que estamos caindo numa baixaria que causa grande desconforto. Antes, viviam me acusando de “censurar” os comentários que não eram publicados quando continham ofensas pessoais. Agora, sou criticado por ser conivente.

Estou editando sozinho o blog, dá uma trabalheira desgraçada, 365 dias ao ano, de manhã, à tarde e à noite. Tenho cometido muitos erros e quase não tenho tempo de ler os comentários.

Mas agora preciso ler, um por um, devido à  infantilidade de comentaristas que não aceitam a opinião alheia. É triste e lamentável. Acabo de deletar dois comentários que descambaram para acusações sexuais, que são proibidas em lei.

Se insistirem nesse tipo de baixaria, vou deletá-los “au grand complet”, como dizem os franceses. Ou passar a  “controlar” (censurar) TODOS os comentários, e a troca imediata de opiniões não mais vai existir, fazendo o blog perder a graça, a meu ver.

Por fim, realmente não entendo por que há pessoas que dão tanta importância à opinião alheia. No meu caso, podem me esculhambar à vontade, que não dou a mínima…

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

41 thoughts on “Essas brigas entre comentaristas estão cada vez mais ridículas

  1. Não vejo nada demais se expressar do jeito que quiser, desde que não o faça diretamente a um pessoa. Mas a uma situação que envolve pessoas. O que é bem diferente. Coisa bnormal em países com cultura desenvolvida
    Enfim, quer censurar, que censure. Coisa de país atrasado.
    Outro problema é o falso pudor patrocínio: ele sendo comercial se torna mais impessoal, já que aqui certos elementos patrocinam e são recompensados com a capa para expor asneiras.

  2. Vi um sujeito atacar o Carlos Chagas sem mais nem menos. Lembrei ao sujeito que Alexandre Garcia foi porta-voz de João Figueiredo, logo, ele não deveria assistir a Rede Globo. É pecado sair em defesa de quem não a pediu ?

    Tenho visto muita grosseira de um outro, de iniciais MJV, com, certamente, o revide proporcional. Vale o direito de resposta. Já em Brasília, não: entenderam que a torcida do Vasco deveria ser surrada pela corintiana sem reação alguma. Como reagiu, foi punida também.

  3. Colocar um Boff, um Beto, um Santayana, um Jânio de F e outros dessa espécie criminosa na capa, pois usam o jornalismo para pregar ideologias, é mais nocivo que um bilhão de palavrões.

    Agora colocar termos pesados, ou palavrões como define o falso-pudor de alguns, para ilustrar um fato concreto sobre tipos de pessoas, que de fato existem, é bem diferente que atacar alguém pessoalmente com ofensas.
    Se a carapuça serve em alguém, não é culpa de quem apresenta uma situação de fato.

  4. Newton, meu caro,
    Tu és um profissional, um jornalista, sabes como te esquivar de ataques e agressões contra teus pensamentos e idéias, mas tenho lá minhas dúvidas se irias suportar ofensas pessoais e constantes de forma impávida ou com fleugma britânica!
    A questão que precisa ser resolvida não é a má educação em si, mas o desequilíbrio e a isenção de alguém apenas com prenome ofender, generalizar, particularizar, enquanto permanece anônimo.
    Das duas uma:
    Ou todos nós mudamos nossos nomes verdadeiros e adotemos codinomes ou que todos se identifiquem, e que o pau coma, então.
    De modo a te facilitar esta nova tarefa, eis uma sugestão:
    Aqueles que são teus conhecidos, que usam de endereços eletrônicos identificáveis, que se apresentam com nomes verdadeiros, que usem as palavras que quiserem, porém, os que se escondem atrás de apelidos ou prenomes e seus endereços eletrônicos não os identificam nem publica seus textos, fácil.
    Afinal das contas, usar de palavrões e assinar o comentário é para corajoso; mal educado, claro, mas corajoso, ao contrário do anônimo que ofende e se esconde na própria covardia. Pois é a este elemento que não deves dar-lhe chance em detrimento dos fiéis frequentadores e comentaristas da Tribuna que desejam tê-la em nível elevado, que querem divulgá-la para mais pessoas, que possam indicá-la pela sua excelência em temas postados e debates ocorridos.

  5. EU pessoalmente gosto do Boff, nada contra ele ter textos seus publicados aqui. Antes de mais nada, ele é humanista e só isso me importa. A mim até me chamaram ou insinuaram que sou vadia por ser feminista (putz!). Mas “tá” valendo. Vindo de quem veio é até elogio! Eu acho que o blog merece mais moderação, sim, Sr. Newton!

  6. Meu prezado amigo Chicão Maragato…deste belo Estado da FRONTEIRA SUL espero que todos de
    sua CASA e tb vc…meu nobre estejam na PAZ DO ALTISSIMO YAWHE…

    Concordo com vc meu caro, e vejo que vc tem toda razão. Considero que este espaço seja
    direcionado para aqueles que ao menos sejam cavalheiros e elegantes .

    Fazer uma ironia, uma metafóra…tudo bem..mas xingamentos, depreciações..creio que não
    é o caminho para um lugar de debate de idéias..para isso existe ringues e o campeonato
    UFC…HA..HA..HA..HA..

    YAWHE SEJA LOUVADO….

    ABRAÇOS CARO AMIGO..E SAÚDE ..

    Carlos de Jesus – Salvador – Bahia

  7. Caro Newton,

    Não teria como encaminhar para a moderação apenas alguns comentaristas específicos, reincidentes, e liberar, diretamente, os comentários dos demais?
    Uma espécie de “black list”.
    Facilitaria o seu serviço e seria um “bônus” para quem sabe se comportar…

    Abraços.

  8. Reservo-me no direito de permanecer anônimo.

    Obrigar a todos que se identifiquem beira a ditadura. (Até porque não tem como garantir que não irão mentir…)

    Imagina o CN moderando milhares de comentários por dia… teríamos que cloná-lo.

    Caso seja obrigado a me identificar, recolherei meus comentários apenas para os ouvidos suaves da multidão que me aguarda em minha própria cabeça.

  9. Quanto as brigas…

    As vezes seria bom publicar em primeira páginas as ofensas! Dai todos poderiam ver a nudez que se esconde em quem não tem nada a acrescentar.

    Funciona com crianças…

  10. Seytrym,
    Não entendeste a colocação.
    Não se está exigindo a identificação de quem quer que seja, apenas não permitir que atrás do anonimato a pessoa ofenda e agrida quem ela quiser.
    Quer montar nas tamancas? Então te identifica! Arca com as consequências.
    Agora, manter-se escondido, tipo um atirador à espreita da vítima, e fulminá-la mediante qualquer movimento que ela faça, convenhamos, Seytrym, é muita covardia!
    Enquanto isso, o teu nome está exposto para chacotas, deboches, ofensas e agressões.
    Aproveito para outra sugestão ao Newton:
    O sujeito que em TRÊS comentários for flagrado em desrespeito e má educação, SUSPENDE por um mês do blog.

  11. Newton,
    Não esquenta!
    Abriste uma página de discussão nacional. Isso é o que importa.
    Nosso povo é mau educado. Modere os ataques pessoais e não esquenta.
    O trabalho que fazes é muito maior do que imaginas.
    Não te esqueça do falecido colunista Ibrahim Sued! …” Os cães ladram e a caravana passa”!
    SDS
    Vitor

  12. Eu, que não gosto de ditadura, não gosto de censura, o que dá no mesmo.
    Aqui é blog de adultos e cada um é responsável pelo que escreve. Inclusive pode responder por isso na justiça.

    Quanto ao falso pudor (ou hipocrisia) do patrocínio particular, sabemos que é bem pior que o patrocínio comercial. Moralmente e economicamente.
    FATO.

  13. Prezado Carlos Newton,

    Concordo. Meus comentários são ÁCIDOS mas nunca baixo o nível. Sou boazinha né ? Mas esse “gunverno PeTralha” é um cãncer.

  14. Prezado CN, infelizmente um filtro se faz necessário. Há muitos sites por aí que permitem ofensas e alguns que eram bons até se perderam por isto. O site do Eliakim (diretodaredacao.com)sempre fez, explicitamente, esta filtragem. E lá também apoiei isto. E digo novamente, quem quer ofender encontra amplo espaço na internet. Os sites que se prezam devem se preservar.
    Abraço e paciência.

  15. E o pior que a censura é o “quem dá mais leva”. E mais pior de ruim é vagabundos que se passam por jornalistas como Santayana, Jânio de F e mesmo um Boff ou beto, que nem pagam para que publiquem a sua propaganda de um mundo totaliário.

    Coloquei o fato concreto dde um crime, inclusive previsto nos Direitos Humanos, que é o ditador fazer de reféns os familiares dos médicos cubanos, que além disso foram advertidos e ameaçados para não pedirem asilo político, etc, etc e mais embaixo falei que muitos fazem questão de não enxergar isto pois adoram fazer felácio com o ditador Fidel. Por isso fui censurado.
    Não citei nome de ninguém. Apenas coloquei uma situação de fato.
    Mas o falso pudorzinho …..

  16. Bendl, meus parabéns. e Newton, infelizmente tem que moderar sim. Porque senão este blog, como tantos outros, irá por água abaixo, deixará de ser um espaço aberto de discussão para se tornar apenas um espaço de propaganda partidária, e tenho certeza de que não é para isso que você, e outros, dedicam tempo e esforço, para não falar nos custos de manutenção.
    E quanto a reclamar que o patrocínio é retribuído com “espaço de capa”, não me parece que seja o caso, e ainda que fosse é perfeitamente justo que quem paga a conta, em dinheiro ou trabalho (o que aqui não é o meu caso) possa se sentar à cabeceira.
    Nunca usei pseudônimo em correspondência, publicações ou blogs, sempre assinei em baixo de tudo o que já escrevi. Quem escreve deve assumir as consequências do que escreve.
    Não concordo que digam que obrigar a identificação beira a ditadura, só se justifica usar o anonimato justamente para lutar contra uma ditadura, quando ela existe. Onde ela não existe é covardia.
    A discussão política, como qualquer discussão de idéias, não exclui, nem pode excluir, um mínimo de boa educação e respeito pela pessoa do oponente.
    Parei de ler os comentários na maioria dos blogs que leio que tratam de política, porque parece que infelizmente o espaço está sendo ocupado por gente que se recusa a prestar atenção nos artigos e a avalái-los com isenção, e simplesmente recorre a repetir chavões partidários para desqualificar os articulistas. Isso ainda não aconteceu aqui neste blog, e espero que não aconteça.

  17. Onde você leu MAURO JULIO VIANA que o Boff quer o mundo totalitário (E olha que sou social democrata, hein!)? Ele fala de um mundo interligado pela força do amor, do bem! Isso é HUMANISMO e não TOTALITARISMO! E nem adianta vir dizer que ele fundou o PT, que quando era PT estava fincando nas bases eclesiásticas, na USP, Teologia da Libertação e blá, blá, blá, blá… Mas eu leio os textos deles há muito tempo.

  18. E a analogia dos médicos cubanos com o trabalho escravo: hoje eu vejo que está distorcida! ESQUECEM DOS ESCRAVOS QUE FABRICAM A NIKE (inclusive crianças!)? A Zara (mesmo aqui no RJ, vc compra blusinha a 10 reais no SAARA, quem fez? Quanto ganha?)? Gente que trabalha 15 horas por dia para ganhar uma miséria? E miséria não é 5 mil reais não! Não deve chegar ou mal deve chegar a 1 salário mínimo!

  19. Mônica, Boff chama Fidel de “meu comandante”. Ele escreveu isto de próprio punho.
    Quem gosta de hierarquia gosta de submissão.
    Submissão é escravagismo.
    Fidel e seu irmão escraviza o povo cubano há mais de 50 anos.
    Ele matou muitos e ainda mata.
    Que se cuidem os médicos cubanos aqui, pois suas famílias estão em Cuba na mãos dos Castros.

    Mõnica , você acha certo que um humano se submeta a outro?
    Que um semelhante a acorrente?

  20. O que eu quero dizer é que não tem comparação “trabalho escravo de Cuba”, com trabalho escravo da Nike e em lugares que nem temos como saber aqui no Brasil. Por que a fiscalização, em nosso país, ainda que tenhamos o ministério público, o do trabalho e algumas ongs, ainda é FRACA. Para mim é mas uma jogada política do PT e nada mais. Por quem precisa de verdade, eu queria que não fosse.

  21. Tenho poucas participações no blog, mas não posso deixar de comentar sobre este problema das opiniões carregadas de impropérios. Podemos errar no conteúdo, mas devemos acertar na forma. Nosso povo acordou de um longo sono e agora se depara com a leitura do contexto político, que leva tempo, e busca formas de interagir com esta realidade. Tudo o que é necessário por agora é a devida e respeitosa ponderação. Saudações.

  22. Mauro, não sou comunista, não acredito no comunismo, sou social democrata. Não acho certo e nem disse isso, que concordo com a ditadura de Cuba. Tinha que haver um meio termo. O que eu disse que não tem comparação. Por que não se fazer o mesmo barulho por estes verdadeiros escravos? Nos textos que tenho lido do Boff, atualmente, não li nada disso.

  23. O editor e jornalista Carlos Newton deve ter coisa mais importante para fazer…dormir depois do almoço, por exemplo. Querem transforma-lo em juiz de paz nas pendengas matrimoniais de velhas virgens. Aqui sempre é discussão de um só, geralmente membro da Confraria do Elixir Paregórico. Aqui é uma Tribuna de Imprensa, só vai valer opiniões de masoquistas, ideologistas ou receitas de cozinheiros de navio.
    Daqui a pouco vira creche do Tio Hélio.

  24. O pior de tudo Mônica, é que esse governo corrupto e sectário dessa ideologia nefasta se submete ao seu mentor, o ditador Fidel.
    Mônica, o país está nas mão de gente da pior espécie, pois o Brasil é um gigante e, o governo em vez de se impor sobre o ditador daquela ilhazinha prisão e mostrar que quer ajudar o povo cubano e não ele, determinando que os médicos podem vir, mas com todos os direitos humanos garantidos.
    Mas essa Dilma não tem dignidade e nem passou pela cabeça dela ajudar as pessoas, sejam daqui ou de outro país.
    Ela está perdida numa esquizofrenia de mudo perfeito e falsa moral, que a História mostra no que deu.

  25. Engana-se quem pensa que numa República, governada sob a forma Democrática Representativa, TUDO PODE SER PERMITIDO, especialmente na Liberdade de Expressão (Imprensa), caso contrário é CENSURA. Para tudo deve ter regras e regulação. Aqui no nosso bom Jornal Virtual – TRIBUNA DA IMPRENSA onLine – um Jornal NACIONALISTA, DEMOCRÁTICO e PROGRESSISTA, nós Leitores, quando Comentamos, devemos nos ater as ideias, abstraindo totalmente das Pessoas Físicas. Se eu não gosto do estilo, do tamanho ou da Pessoa Física do colega Comentarista, devemos “passar batido” e seguir em frente. Com argumentos e dados, devo contra-argumentar. Admiro aqueles que SOMAM, AGLUTINAM e TRAZEM IDEIAS ORIGINAIS, e para isso, palavras de baixo calão não servem, só desqualificam o Comentarista.

    Ao iniciar o mês, e até o Ano Novo Judaico, lembremos de passar na Lotétrica/CEF/Itaú, e pagar Mensalidade de R$ 20/10 ou até mesmo 5, para manter o T I onLine. Dados no canto superior direito. Muito Obrigado.

  26. Quanto à baixaria, penso que nós brasileiros, como um todo, somos cada vez mais agressivos e violentos. Quanto aos comentários da Mônica, acho um contrassenso, querer justificar um erro, o caso dos médicos cubanos, com outros erros, trabalho escravo praticado por multinacionais. Tudo está errado, os dois, entenda logo isto pelo amor de Deus.

  27. Carlos Newton, com delicadeza você fez uma ótima advertência aos amigos colaboradores do Blog. Veio com um pouco de atraso, mais veio. De agora em diante , certamente não teremos mais as pendengas, como faz pouco tempo tivemos o desprazer de ler. O que passou, passou, vida nova, tenho certeza.

  28. Sou direitista,conservador, graças a Deus. Devo isto à minha inteligência, ao meu tirocínio, ao meu discernimento para separar o joio do trigo, e aos milhares de livros que possuo, e que li.
    Nunca mencionei aqui quem eu sou, minha titulação, a minha formação cultural, a minha formação moral, por onde andei, com quem convivi.
    Algumas vezes participo deste Blog, onde expresso as minhas idéias, o meu ideário, aquele mesmo ideário que levou a liberdade, prosperidade, sem par, a todos os povos que abraçaram as idéias liberais, ao laissez-faire.
    Todas as vezes que falei o que penso neste espaço, ou fui achincalhado, ou recebi ironias, sarcasmos, como se as minhas idéias não fossem vitoriosas, vencedoras.
    Aqueles que me ofenderam, respondi à altura, e dei “um soco no olho”, pois o meu estilo é: ” bateu, levou”, literalmente.
    Não devo nada a este Blog, nem ao Sr. Carlos Newton.
    O Sr. Newton, que é educado, expressou que morreria socialista, eu afirmo: “Em todas as minhas reencarnações, se houverem, defenderei a liberdade, o direito a expressão, e se for preciso, pegarei nas armas contra os comunistas”.
    Se quiserem impor controles neste Blog, que façam, devo pensar sobre isso daqui a 100 anos, e dormirei até as 10 horas da manhã.

  29. Taí Maria! Eu também acho um contrasenso comparar o “trabalho escravo” dos cubanos, com o trabalho escravo tipo Nike, onde se empregam até crianças.

  30. E eu não disse, cara Maria que a forma como os cubanos vieram está certa, ok? Onde escrevi isso, “pelo amor de Deus”? Disse que a comparação é que está equivocada.

  31. Meus caros, censura significa algo relacionado a Cuba, Coréia do Norte ou Albânia, para onde os petistas dever ir, mas sem passagem de volta. Fiquem por lá.
    Eu não entendo como muita gente manda comentários com mais de 10 linhas. Perda de tempo. Meu pai foi assinante da Tribuna – versão impressa – e, desde cedo, aprendi a gostar do jornal.
    No entanto, face a uns megalomaníacos petistas ou não, fica difícil aceitar o blog da forma como tal, com posts de mais de 127 linhas.
    Coisa pra doido.

  32. Mas voltando ao nosso país ne sua governanta, o fato hoje que somos o quintal da Bolívia, Paraguai, Argentina, Venezuela e Cuba.
    Tudo isso com o PT.
    Um partido apodrecido pelo ideal e corrompido pelo poder.

    Por falar em ideal essa doença que ataca a maioria que se encanta com as coisas produzidas pela mente humana, acontece essas coisas de censurinha, pois todo ideal termina em religião ou ideologia, fazendo de seus adeptos uns bobinhos.

  33. Oh! desde já vo-los digo: prefiro um “direitista” como Mario Leme à alguns democratas de ocasião e esquerdinhas gazeteiros de sunguinha verde-amarela pelos calçadões da orla marítima e grandes metrópoles brasileiras, sobretudo com a abertura da temporada de Caça aos Votos da Macacada, quando batalhões de cabos eleitorais de matizes mil oferecem churrasquinho da própria mãe e rifam a Rainha da Alcova no puteiro. O bom mocismo, não engana um eleitorado ou leitor com um mínimo de acesso à Psicanalise e correlatos, quando muito, arrancará da platéia, sonoras gargalhadas ou tapas no pé das orelhas.

  34. Prezado Flávio Bortolotto.(Lacerdista de carteirinha).Eu
    Brizolista.Os teus comentários são esclarecedores. Além,de uma”resenha”impecável.
    Obrigado…

    Forte abraço…

  35. Prezado Sr. Luiz Fernando-POA/RS, Saudações.

    Realmente, o Gov. CARLOS LACERDA (UDN-RJ), pelos Livros Políticos que escreveu: Depoimento, O Poder das Ideias, Discursos Parlamentares, etc, sem citar os de Literatura, pelo Governo que fez no Rio de Janeiro, antigo Distrito Federal, etc, defendia um Desenvolvimentismo Nacional com desenvolvimento de Ciência/Tecnologia autônomas, via principalmente Empresas Privadas de Capital Nacional, viés LIBERAL.
    O Gov. LEONEL BRIZOLA (PTB-RS – RJ), pelos seus bons Governos no Rio Grande e no Rio de Janeiro defendia um Desenvolvimentismo Nacional com desenvolvimento de Ciência/Tecnologia autônomas, via principalmente Empresas Estatais, viés Social-Democrata. A meu ver o Sistema de LACERDA é bem mais produtivo. Ambos davam a maior prioridade para a EDUCAÇÂO BÁSICA do Povo, tanto que o primeiro Programa de LACERDA no governo do Rio foi o “NENHUMA CRIANÇA SEM ESCOLA”, quando no primeiro ano teve que formar/conseguir Professores em curtíssimo prazo, e criar os 3 Turnos, mas nenhuma Criança ficou sem Escola. O Gov. BRIZOLA fez inúmeras Escolas no interior/bairros populares do Rio Grande, e no Rio de Janeiro concebeu os CIEPs (2 Turnos com NUTRIÇÂO/INSTRUÇÃO/ESPORTE) que LACERDA apoiaria de todo coração. Ambos enfrentaram de peito aberto o Capital Internacional que torna a nossa Economia DEPENDENTE deles, via Tecnologia/Capital, e que assim ficam com +- 60% de todo o nosso esforço. Por isso mesmo, ambos não chegaram a Presidência da República. Abrs.

  36. Senhor Jornalista respeitável Carlos Newton,
    A primeira coisa que fiz foi autorizar Vossa Senhoria a publicar ou não meu simples comentários. Mas meus desafetos foram avisados, por intermédio de uma advogada a eles ligadas, quem é Laercio Cannazza. E mais, citei número de processo que me identifica. Só falo o que posso provar.
    O Senhor comentarista Vitor Cast lembrou muito bem do grande jornalista Ibraim Sweden, que devo acrescentar “Cavalo não desce escada… bomba, bomba…”. E por falar nestas citações desejo anunciar que bomba, bomba que tenho para falar, aguardo a oportunidade para expressa-las. Mas sempre lembrando que poderá ser rejeitadas por Vossa Senhoria, que é mais competente e muito bem moderado. Se aceita será sempre sobre minha responsabilidade. Saúde para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *