Estamos de volta, desculpem a nossa falha (do servidor UOL)

Reprodução do Arquivo Google

Carlos Newton

Na Era do PT a Tribuna da Internet se tornou um dos blogs mais hackeados do planeta. A coisa chegou a tal ponto que certa vez o site do PT lançou uma conclamação a todos os especialistas em informática eram simpatizantes do partido, pedindo que atacassem os blogs que contivessem textos contra Lula e Dilma. Poucos minutos depois, estávamos fora do ar, mas é claro que foi só coincidência.

Com o declínio do lulopetismo, passamos para uma fase de relativa estabilidade, embora de vez em quando saiamos do ar, para voltar alguns minutos depois, uma chatice. Agora, no final da tarde, fomos tirados do ar pelo próprio servidor UOL, sem aviso prévio nem direito de resposta, em face de uma denúncia feita contra a Tribuna da Internet, mas sem que houvesse decisão judicial, nada, nada, vejam a que ponto de esculhambação este país chegou, com a liberdade constitucional de informação e expressão podendo ser extirpada com tamanha facilidade.

De toda forma, agradecemos ao UOL por ter reconhecido o erro e nos recolocado no ar, e ficamos na esperança de que esse tipo de decisão unilateral e ditatorial não se repita.

26 thoughts on “Estamos de volta, desculpem a nossa falha (do servidor UOL)

  1. Tentei entrar e só aparecia uma página do UOL dizendo que o acesso estava suspenso, para recolocar no ar era preciso o nome e a senha do responsável….
    Armando Falcão não morre !

  2. Caro Jornalista,

    Quando tentei acessar a página hoje, o antivirus (uso o Kaspersky, que considero o melhor) bloqueava a página e dizia que havia um horse trojan (phishing) no endereço e impedia o acesso…

    Abraços e haja insistência da tua parte.

    • Foi um blog desconhecido, Aquino, que se julga importante, por isso não citarei o nome dele, para não lhe dar a importância que não tem. O servidor UOL julgou que nós estivéssemos fazendo “uso comercial”, como se fôssemos um blog de compra e venda, veja a que ponto chegamos.

      Abs.

      CN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *