Esteve por um fio a democracia, mas foi garantida pelo recuo do Supremo

Resultado de imagem para general villa boas na cadeira de rodas

Na cadeira de rodas, um líder militar de primeira linha

Carlos Newton

Foi muito importante a informação publicada nesta sexta-feira (dia 18) por Mário Assis Causanilhas, ex-secretário de Administração do Estado do Rio de Janeiro, que transcreveu aqui na Tribuna da Internet uma mensagem recebida de um grupo formado por oficiais da reserva da FAB e ex-cadetes da antiga Escola de Aeronáutica, no Campo dos Afonsos. Sem identificação do autor, o texto analisa o momento político do país na visão dos militares, que se dividem em dois grupos bem definidos: os moderados (liderados pelo general Eduardo Villas Bôas) e os da “linha dura” (liderados pelo general Hamilton Mourão).

As duas alas têm opiniões semelhantes sobre a esculhambação institucional em que vive o país. Mas divergem num ponto, com os moderados acreditando que o momento de ruptura ainda não chegou e, portanto, não é adequada uma intervenção, enquanto a facção da linha dura está pronta a intervir a qualquer momento, caso de configure um claro movimento do governo em tentar frear a Lava Jato ou se o Supremo libertar Lula da Silva e garantir a candidatura dele à Presidência.

SITUAÇÃO DELICADA – A mensagem divulgada por Mário Assis Causanilhas coincide com informações recebidas pela Tribuna da Internet e já publicadas aqui, acerca da delicadeza da situação. Há anos que vem crescendo a insatisfação nas Forças Armadas, alimentada pela falta de planejamento governamental, pois desde a ditadura de 64 não existe um Projeto Brasil; pelo achatamento salarial dos militares em relação aos servidores civis; e pelo corte das verbas das Forças Armadas, que vivem situação de penúria.

Quando se configurou a tentativa de o Supremo libertar Lula e acabar com a prisão após segunda instância, advertimos aqui na TI que os militares estavam prontos para intervir. Nossa informação foi confirmada agora pelo texto publicado por Mário Assis Causanilhas, ao destacar que as alas moderada e linha dura concordam que o habeas corpus de Lula e sua viabilização como candidato, apesar de ser ficha suja, representariam uma clara quebra da Constituição e do ordenamento jurídico.

HOUVE CONSENSO – Pela primeira vez, houve consenso no Alto Comando e ficou estabelecido que ocorreria intervenção militar caso Lula fosse solto e tivesse sua candidatura assegurada. Os três comandantes das Forças divulgaram duros comunicados e de repente caiu a ficha no STF. Os ministros enfim entenderam que podem muita coisa, mas não podem tudo, especialmente passar por cima da lei e da ordem.

O habeas corpus de Lula foi derrotado, ainda há três recursos pendentes a serem julgados no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo, que não demonstram nenhuma pressa em julgá-los e aprová-los.   

Mais na frente, em 15 de agosto, o PT pedirá o registro da candidatura de Lula, mas será negado pela Justiça Eleitoral. Com isso a democracia estará preservada. É o que interessa no momento. O resto virá depois.

###
P.S.
É preciso louvar o espírito público do comandante do Exercito, general Eduardo Villas Bôas. Acometido de uma gravíssima doença degenerativa, ele continua à frente do Alto Comando, trabalhando numa cadeira de rodas e fazendo um sacrifício pessoal indescritível, no intuito de organizar a encrenca e manter o país no rumo da democracia. Villas Bôas é um grande guerreiro, um brasileiro de verdade, e todos devem prestar homenagens a ele. (C.N.)    

33 thoughts on “Esteve por um fio a democracia, mas foi garantida pelo recuo do Supremo

  1. O que de primeiro se deve ter em mente é que tudo que hoje ocorre no país, tem culpados muito bem definidos. Os chefes dos três Poderes. Não adianta culpar os militares por serem patriotas, na verdade, isso é um insulto a própria cidadania. Quem não a tem ou não entende o que seja isso, não pode julgar a quem ainda guarda um fio de nacionalismo. Quanto a Lava Jato, mais claro que Temer já deixou, só mandando acabar a investigação por decreto. A tempo suficiente para não ter sido AINDA esquecido, o chefe da PF nomeado por Temer, TEVE que ser exonerado por deixar quase desenhado que não queria investigações contra o chefe do Executivo. Já sua nomeada para a PGR ainda não mostrou a que veio. Freia a terceira denuncia contra Temer o máximo que pode e nunca irá explicar o jantar fora da agenda e bem fora do expediente, contra quem a PGR ingressou duas gravíssimas denuncias no STF. Quanto a alegação de que o STF teria sido garantida pelo STF, nem isso se sustenta no fatos. O STF tem reagido a pressões e tem ajudado pouco ao longo dos anos. Mantem em seu cerne, uma turma heterogênea, cujas ovelhas negras, às vezes confundem o público, a depender das mares da política. Quanto ao grupo dos “moderados”, talvez a palavra que mais se enquadre seja o grupo dos “controlados”. Motivos para uma intervenção profunda e geral, mais do que sobram, o problema é saber que quer ter o trabalho.

    • Os demônios da caserna estão loucos para voltar a torturar mães na frente dos filhos, enfiar objetos em seus orifícios, pois se satisfazem e se alimentam do medo e terror. E o que não falta é brasileiros e jornalistas a gritar e babar na atena: soltem os leões, soltem os leões!

      • Fatos, são fatos, tem a força da verdade por trás deles, não dependem do entendimento ou da ideia em que se está querendo, deliberadamente, focar.

  2. – Achatamento das remunerações dos militares frente a dos civis? Professor está ganhando muito bem, né?
    – Curioso. Como eles queriam num governo civil se comparado ao governo militar quando nalgumas só tacadas aumentaram os soldos em 100% após o Golpe de 64 acompanhado de privilégios, aposentação cedo, pensões para filhas etc.
    – Nosso país possui mais oficiais e oficiais generais por tropa comparativamente com aqueles que sempre estão com forças armadas modernizadas, que participam de missões e intervenções pelo mundo.
    Enfim, pra mim essa raça tinha que acabar junto com políticos corruptos! Pelo fim do Brasil!

  3. Ninguém sofreu mais do que eu, exceto meu irmão que, somente por ter ideias comunistas, foi quase morto pelos policiais canalhas do DOI-CODI e permanece inválido até hoje! Odeio as ditas FFAA, principalmente o exército! Mas sou obrigado a confessar: AGORA ESTÁ PIOR !!!! O congresso e o judiciário não passam (com RARÍSSIMAS EXCEÇÕES) de uma quadrilha dedicada exclusivamente a roubar. Jamais o Brasil se encontrou em situação semelhante: VOTAR EM QUEM ?

  4. O voto que decidiu o julgamento contra o Nove Dedos foi o da petista Rosa Weber (nomeada por Lula), que virou santinha depois disso. Ela sempre deixou claro ser contra a prisão após condenação em segunda instância (votou contra em 2016), mas vinha negando todos os HC’s cuja relatoria recebia (até o julgamento do HC de Lula, dos 58 HC’s que recebeu para julgar desde 2016, ela havia negado 57). Portanto, a santinha petista apenas seguiu o entendimento que vinha mantendo até então.

    Quanto ao “documento” enviado pelo comentarista Mario Causanilhas, tem apenas um problema: não está assinado, não se sabe quem é o seu autor……

  5. Será que procede? Há sinais de que não: o general Villas Boas logo se calou, assim que criticado pela fala que tanto alvoroço causou, os ministros Gilmar e Marco Aurélio continuam fazendo o diabo, libertando todo tipo de bandido. Gilmar, por sinal, repreendeu os militares, afirmando que o Supremo não admite ser admoestado pelas Forças Armadas. Parece que a disposição das FAs em interferir na condução do país não passa de vontade de algumas pessoas, desesperadas com a situação de bagunça total em que nos achamos, com quadrilhas se sucedendo no comando do País. Diz-se também que o general Etchegoyen garante os milicos nos quartéis, não se informa muito claramente como.

    • (Ligando o modo IRONIA)

      A Mara é cumunista !!

      A Mara é petista !!

      A Mara é petralha !!

      A Mara é mortadela !!

      A Mara é bolivariana !!

      A Mara é esquerdopata !!

      (Desligando o modo IRONIA)

  6. Newton, você sabe que nossa vida é longa e tua carreira jornalistica te faz merecedor de todo o respeito e admiração. Individualmente tem militares principalmete da reserva que são saudosistas e falam em intervenção mas de nada sabem. As Forças Armadas não são irresponsáveis. Não existe a menor possibilidade de um golpe militar no Brasil. Falar em oficiais da reserva Aeronáutica é pesadelo. Aonde em nossa história a Aeronáutica liderou golpe? Em 1954 agitou em razão da morte de Rubens Vaz. Não fora o Ministro da Guerra, Getúlio teria continuado no poder. Em 1955 junto a Marinha fizeram uma palhaçada que o General Lott em 24hs neutralizou. Iriam agora em razão de um “Habeas “Corpus” desmoralizar o Brasil e ficarem desmoralizadas na história para sempre? O Causanilhas é um udenista complicado; o que escreveu mais parece uma peta. Desculpa companheiro, mas não vislumbro um mínimo de possibilidade de haver um golpe militar no Brasil. Essa turma que fala isso está usando o tal Fake News para nada.

    • Desculpe, amigo Aquino, mas não foi o Causanilhas que escreveu o artigo, ele apenas nos enviou. Sou muito amigo e admirador das posições dele, que é um trabalhista desde sempre, nunca foi udenista. Respeito sua opinião de não vislumbrar uma possibilidade de golpe no Brasil, Na minha opinião, porém, acho que pode haver golpe sim, caso a Justiça anistie os corruptos, a pretexto de descriminalizar a política, que é o novo argumento deles. Posso estar errado, espero estar errado, mas tenho informações que confirmam esta possibilidade.

      Forte abraço,

      CN

  7. O Brasil talvez seja o único país do planeta que ataca e e espezinha SUAS forças armadas. Para um país tão grande e tão cheio e oportunidades, não conseguir tirar o pé da lama até hoje, pois conta com nacionais que parecem gostar disso, fazer o que? Sugiro acabarem com as FA do Brasil e terceirizar a dos EUA. Podiam terceirizar os governos também, os pobrezinhos do Judiciário, mas pelo que deixam a entender, só as FA são descartáveis.

  8. Newton, você está a anos luz distante de mim em relação a notícias. Mas Causanilhas ser trabalhista? Acho muito dificil, mas muito dificil mesmo. Eu conheci quase todos os trabalhistas gauchos. Poucos lá no RGS. E muitos aqui quando Brizola foi governador. Sempre vinham em comissões a sede do partido e ao Pasqualini. Tive até a felicidade de ter um professor gaucho que vinha de Porto Alegre toda quarta feira para compor o quarteto de professores de um curso de política que incluia entre outros professores Darcy Ribeiro. Nunca ouvi falar em Causanilhas. Acho que foi no RGS candidato a deputado pela UDN. Porém não sou o dono da verdade, posso perfeitamente estar enganado.

  9. Isso revela o caráter nojento desse STF. Estavam tentando rasgar a Constituição para favorecer um bandido. Mas foi só a milicada mandar um recado que logo botaram o rabo entre as pernas e voltaram atrás. Ou seja, além de vigaristas são covardes.

  10. Não louvo o general não, seu redator. Justamente por estar doente deveria ter passado o bastão ao próximo companheiro. Não sabemos o quanto o sofrimento pode afetar o poder de decisão. E pude perceber no general Villas Boas um líder indeciso e pusilânime com respeito ao desgoverno total por que passamos. E a safadeza ainda persiste!
    O militar que teve a coragem de advertir o governo sobre uma possível intervenção foi o general Mourão.
    Mas herói mesmo é o MORO!

  11. Esse Cosa Nostra da Emiglia Romana
    tem até um marionete para tomar o executivo, a presidencia da republica:
    Alvaro Dias, o pupilo, fechado com il capo….

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

  12. Apoiemos as forças armadas em seu papel constitucional de defender os caminhos democráticos do nosso país, e principalmente quando, por intenções de alguns ministros, que sabemos que sáo aqueles nomeados por dilma e luiz inácio, poderiam colocar em riscos os princípios constitucionais, libertando o presidiário ex presidente.

    Tudo tem limite, o bandido luiz inácio foi julgado dentro dos ditames da lei, e penalizado pelos crimes que cometeu contra nossa pátria, nas formas que o judiciário soberanamente decidiu, e agora o apedeuta pensa que poderá derrubar todo o processo legal somente porque teve poderes que somente em um regime presidencialista desproporcional pode lhe conceder, e que em sua infantilidade política jamais compreendeu, dando trabalho e gastos à nossa justiça de investigá-lo, reunir provas abundantes, denunciá-lo, processá-lo, julgá-lo, condená-lo e prende-lo.

    O espertalhão que já havia dados imensos prejuízos ao Brasil, agora preso, continua consumindo recursos que poderiam ser direcionados para o bem da pátria, e não para manter sua prisão, ainda que a fez por merecer.

    Vamos em frente, derrotando esses infelizes esquerdopatas que queriam nos arrastar para uma pretensa venezualização, mas esbarraram no calibre pesado das armas constitucionais, e principalmente perderam o rebolado quando viram que as forças armadas do nosso querido Brasil não brincam em serviço, e sempre que preciso dar seu tiro certeiro contra o inimigo que se mete à besta.

    Por isso, o Brasil nunca perdeu uma guerra, e não seria contra esse bando de prequiçosos que iríamos nos acovardar, e deixar que nos levassem à bancarrota.

    Viva o Brasil, a Aeronáutica, a Marinha, o Exército e todo o povo brasileiro.

    Longe do Brasil o pt, o pdt e os demais partidos dessas laia.

  13. Parabéns à nossa sempre atenta “Tribuna da Internet” pela informação ignorada (ou, ao menos, não divulgada) pela chamada “grande imprensa”, que, de grande mesmo, tem só a fortuna das famílias que a compõem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *