Estratégia da Primavera Árabe é aplicada no Brasil e na América Latina

Boff denuncia a conspiração internacional contra Dilma

Leonardo Boff
JB Online

Seria errôneo pensar a crise do Brasil apenas a partir do Brasil. Este está inserido no equilíbrio de forças mundiais do âmbito na assim chamada nova guerra fria que envolve principalmente os EUA e a China. A espionagem norte-americana, como revelou Snowden atingiu a Petrobrás e as reservas do pre-sal e não poupou até a presidenta Dilma. Isto é parte da estratégia do Pentágono de cobrir todos os espaços sob o lema:”um só mundo e um só império”. Eis alguns pontos que nos fazem refletir.

No contexto global há um ascensão visível da direita no mundo inteiro, a partir dos próprios EUA e da Europa. Na América Latina está se fechando um ciclo de governos progressistas que elevaram o nível social dos mais pobres e firmaram a democracia. Agora estão sendo assolados por uma onda direitista que já triunfou na Argentina e está se pressionando todos os países sul-americanos. Falam, como entre nós, de democracia mas, na verdade, querem torná-la insignificante para dar lugar ao mercado e à internacionalização da economia.

IMPEACHMENT

O Brasil é o principal atingido e o impedimento da presidenta Dilma é apenas um capítulo de uma estratégia global, especialmente das grandes corporações e pelo sistema financeiro articulado com os governos centrais. Os grandes empresários nacionais querem voltar ao nível de ganho que tinham sob as políticas neo-liberais, anteriores a Lula. A oposição à Dilma e o apoio ao seu impedimento possui um viés patronal. A Fiesp com o Skaf, a Firjan, as Federações do Comércio de São Paulo, a Associação Brasileira da Indústria Eletrônica e Eletrodomésticos (Abinee), entidades empresariais do Paraná, Espírito Santo, Pará e muitas redes empresariais estão já em campanha aberta pelo impedimento e pelo fim do tipo de democracia social implantada por Lula-Dilma.

A estratégia ensaiada contra a “primavera árabe” e aplicada no Oriente Médio e agora no Brasil e na América Latina em geral consiste em desestabilizar os governos progressitas e alinhá-los às estratégias globais como sócios agregados.

É sintomático que em março de 2014 Emy Shayo, analista do JB Morgan coordenou uma mesa redonda com publicitários brasileiros ligados à macroeconomia neoliberal com o tema:”como desestabilizar o governo Dilma”. Armínio Fraga, vem do JB Morgan (cf. blog de Juarez Guimarães,”Por que os patrões querem o golpe”).

UMA POTÊNCIA NO SUL

Noam Chomski, Moniz Bandeira e outros advertiram que os EUA não toleram uma potência como o Brasil no Atlântico Sul que tenha um projeto de autonomia, vinculado aos BRICS. Causa grande a preocupação à política externa norte-americana a presença crescente da China, seu principal contendor, pelos vários países da América Latina, especialmente e no Brasil. Fazer frente a outro anti-poder que significam os BRICS implica atacar e enfraquecer o Brasil, um de seus membros com uma riqueza ecológica sem igual.

Talvez o nosso melhor analista da política internacional, Luiz Alberto Moniz Bandeira, autor de “A segunda Guerra Fria – geopolítica e dimensão estratégica dos Estados Unidos” (Civilização Brasileira 2013) e o deste ano “A desordem internacional”(da mesma editora) nos ajude a entender os fatos. Ele trouxe detalhes de como agem os EUA: ”Não é só a CIA… especialmente as ONGs financiadas pelo dinheiro oficial e semi-oficial como a USAID, a National Endwoment for Democracy, atuam comprando jornalistas e treinando ativistas”.

DESESTABILIZAÇÃO

O “The Pentagon´s New Map for War & Peace” enuncia as formas de desestabilização econômica e social através dos meios de comunicação, jornais, redes sociais, empresários e infiltração de ativistas Moniz Bandeira chega a afirmar que “não tenho dúvida de que no Brasil os jornais estão sendo subsidiados…e que jornalistas estão na lista de pagamento dos órgãos citados acima e muitos policiais e comissários recebem dinheiro da CIA diretamente em suas contas”(cf. Jornal GGN de Luis Nassif de 09/03/2016).

Podemos até imaginar quais seriam esses jornais e os nomes de alguns jornalistas, totalmente alinhados à ideologia desestabilizadora de seus patrões.

RIQUEZA DO PRÉ-SAL

Especialmente o pré-sal, a segunda maior jazida de gás e de petroleo do mundo, está na mira dos interesses globais. O sociólogo Adalberto Cardoso da UERJ numa entrevista à Folha de São Paulo (26/04/2015) foi explícito: “Seria ingenuidade imaginar que não há interesses internacionais e geopolíticos de norte-americanos, russos, venezuelanos, árabes. Só haveria mudança na Petrobras se houvesse nova eleição e o PSDB ganhasse de novo. Nesse caso, se acabaria o monopólio de exploração, as regras mudariam. O impeachment interessa às forças que querem mudanças na Petrobrás: grandes companhias de petróleo, agentes internacionais que têm a ganhar com a saída da Petrobrás da exploração de Petróleo. Parte desses agentes quer tirar Dilma “.

CONSPIRAÇÃO

Não estamos diante de um pensamento conspiratóro, pois já sabemos como agiram os norte-americanos no golpe militar em 1964, infiltrados nos movimentos sociais e politicos. Não é sem razão que a quarta frota norte-americana do Atlântico Sul está perto de nossas águas.

Devemos nos conscientizar de nossa importância no cenário mundial, resistir e buscar o fortalecimento de nossa democracia que represente menos os interesses das empresas e mais as demandas tão olvidadas de nosso povo e na construção de nosso próprio caminho rumo ao futuro.

(artigo enviado pelo jornalista Sergio Caldieri)

30 thoughts on “Estratégia da Primavera Árabe é aplicada no Brasil e na América Latina

  1. Meu Deus…esse Genézio Darci Boff (codinome Leonardo Boff) tá babando na gravata. Lendo seu artigo parece que estou de volta em 1964, lendo a Tribuna da Imprensa….Esse Sr. não evoluiu….estacionou em 1970…..coitado…

  2. Caro Jornalista,

    Parabens pela postagem.
    É bom ver os argumentos de quem não concorda com a gente.
    E, principalmente, ver se tem fundamentos…

    Abraços.

  3. Que viagem a desse filósofo !!! Antes de concluir que a esquerda está sendo perseguida no mundo inteiro, por que não fez um estudo mais profundo no desempenho de sua “presidenta”? Mas precisa entender o que é pedalada pra não dizer que foi “golpe”. Depois, nada melhor do que questionar por que uma situação superavitária anunciada na campanha tornou-se num déficit de R$ 200 bilhões. O que eles fizeram com as contas públicas? Ou acharam que existe almoço grátis e é só distribuir dim-dim pelo Brasil inteiro que nada de mal acontece !? E como explicar os milhões de demitidos pelo país? Empresas quebradas, crise por todo lado. Mas as buscas ainda não terminaram. Novidades ainda podem surgir. Que Deus nos proteja.

  4. E eu que pensava que era só o folclórico Deputado Sibá Machado do Acre, que é convicto de que por trás do impeachment está a CIA. Leonardo Boff vai bem mais longe. Que viagem!… Rsrsrs

  5. Bela e glamourosa desculpa escrita pelo bom Escritor Frei LEONARDO BOFF, para tentar explicar o Impeachment da Presidenta DILMA: O Império Yankee usando de todo o seu Poderio, desfechou tremendo ataque Mediático/Financeiro/Cultural,etc contra o Brasil, assenhorando-se prontamente de quase 80% do Congresso Nacional, que redundou em pronto Impeachment da presidenta DILMA. O elo fraco dos BRIC, ( o único que ainda não tem Armas termo-Nucleares), foi cortado da corrente.

    Nada se fala de uma pequena Ilha, +- 20 vezes menos Populosa que o Brasil, que expropriou TODOS os Bens YANKEES na Ilha ( Pessoas Jurídicas e Físicas), e habitando nas “barbas” do Monstro, verdade que Comandada por um quase Centenário velho Aposentado Leão, RESISTE ao Império Yankee há quase 60 Anos ( na verdade 57).
    Menos ainda da maior RECESSÃO da Economia Brasileira desde 1929, causada pelas “barbeiragens Econômicas, e nos “Mal-Feitos” ocorridos no Governo DILMA, ( Lava Jato), e de sua falta de sorte de pegar uma Conjuntura Internacional depressiva com queda abrupta do Preço de nossas principais Commodities de Exportação, e fortíssima desaceleração da China.

  6. Adoro ler os artigos de Leonardo Boff Embora,na maioria das vezes,discorde de suas idéias,aprecio sua erudição e seu estilo.Leio sempre no final da tarde,degustando,uns salgadinhos,acompanhados por um bom uísque. Bem ao estilo da esquerda Ballantines.Afinal,ninguém é de ferro!

  7. Não acho que Boff esteja totalmente errado. O Brasil é muito rico. E claro que o pré-sal despertou e desperta muita cobiça.
    Só não explica a roubalheira desenfreada dos patrícios. Era pra estarmos unidos, não desunidos.

  8. Caro Sr. Leonardo Boff,
    Sou profissional liberal da advocacia com 17 anos de experiência jurídica, com 56 anos de vida e mais de 37 anos de contribuições para o INSS, portanto, já tenho condições de requerer a minha aposentadoria por tempo de contribuição, mas não fiz o aludido pedido porque para o INSS sou muito JOVEM e em assim sendo me enfiaram goela abaixo o tal do fator previdenciário que aplicado gloza em torno de 53% do meu benefício, razão pela qual tenho que continuar a contribuir até o ano de 2018 para que o malsinado fator previdenciário não me seja aplicado.
    Gostaria de informá-lo que fui em todas as manifestações espontâneas desde o ano de 2013 para manifestar a minha indignação com essa crise ética, moral, financeira, econômica, e de costumes que se abateu sobre a pátria mãe gentil.
    Não sou filiado a nenhuma agremiação política, mas sou a favor do IMPEACHMENT da Sra. Presidente da República Dilma Vana Rousseff e não preciso aqui dizer quais são os motivos para que a 1a. mandatária seja definitivamente apeada do poder que lhe foi conferido nas eleições do 2º turno de 2014.
    Por derradeiro, autorizo o articulista que se quiser requeira a quebra do meu sigilo telefônico, fiscal e bancário a fim de que possa averiguar se o signatário recebeu recursos diretamente da CIA-COMPANHIA DE INTELIGÊNCIA AMERICANA.
    Parece que o articulista ainda se encontra no século passado mais precisamente nos idos de 1970 e não em pleno século XXI e início do TERCEIRO MILÊNIO.
    O signatário assim como os mais de 4,5 milhões de brasileiros e brasileiras que inundaram as ruas desse Brasil varonil não suportam mais a ESQUERDOPATIA BRASILEIRA.
    Faço-lhe aqui um DESAFIO: aponte-me o articulista um só país, um só local em que esse nefasto sistema/regime SOCIALISTA ou COMUNISTA tenha sido implantado e gerado prosperidade ao seu povo.

  9. Como diz o nobre advogado Dr.Werneck, ler os textos de Boff somente com a intenção de apreciar o estilo e a erudição do autor e, complemento, MAIS NADA!

    A cada publicação de seus artigos, Leonardo se esmera em inocentar Lula, Dilma e o PT do caos e crise que nos deixaram.

    Desta vez, como se fosse roteiro de filme de James Bond, Boff acusa as forças internacionais, o Congresso que se vendeu para os americanos – eu pensava que fossem as propinas do petrolão, mas estava enganado -, e as riquezas infindáveis do pré-sal!

    E tece um enredo à lá espionagem internacional com retorno à guerra fria, imaginando cair uma cortina “de ferro” como proteção às administrações petistas, menos abordar os crimes, os roubos, os assaltos, a corrupção, a desonestidade, a falta de ética, do grupo de bandidos travestidos em partido político, o celerado PT!

    Então Leonardo Boff hoje é um grande mentiroso, enganador, manipulador de corações e mentes, portanto, um reles bandido como seus cúmplices petistas, que mediante promessas não cumpridas, de terem colocado o povo à mercê de suas vontades, os pobres estão em maiores quantidades, a falta de dinheiro aumentou, o desemprego é o grande problema nacional, a recessão econômica não foi causada pelos americanos, mas pela política ignóbil de Dilma, os ladrões petistas que estão sendo presos e condenados não foram comprados pelos Estados Unidos, mas flagrados em roubar a Petrobrás, Lula vai ser preso porque obstruiu e mentiu à Justiça sobre seu patrimônio e tentar que Cerveró calasse a boca, enfim, as teses de Boff são tão fictícias quanto Guerra nas Estrelas ou, possivelmente, como enredo de um bom filme de espionagem, havendo um governo democrático, socialista, excelente administrador”, que sucumbiu porque espiões de alto quilate conspiraram para a queda de uma presidente competente e honesta!

    No entanto, Boss não está escrevendo para um roteiro de filme, Boff escreve para incultos e incautos acreditarem nas suas versões que afrontam a realidade, e agridem as pessoas que possuem um mínimo de inteligência, de senso crítico, para perceberem que a intenção do ex-frei é mesmo enganar, mentir, roteiro que vem seguindo há tempos, lamentavelmente.

  10. O frei é da turma que me convenceram que o pt levaria todos os trabalhadores ao paraíso, que combateria a corrupção, que faria uma auditoria na dívida, paga já inúmeras vezes, que aplicaria a ética na política, etc. Acreditei, e ganhei como recompensa um Mensalão, seguido de um Petrolão. Enquanto isso, ele está aí repetindo seu discurso. Deixa ele. Eu não sou mais o mesmo…

  11. A se aceitar a tese do autor Leonardo Boff posso imaginar que o beneficiário maior das benesses da CIA & Cia tenha sido exatamente o PT & Cia, já que foram eles que produziram a calamidade maior que levou ao “pretexto” e o apoio popular e midiático para o tal golpe ou primavera.
    Patético!!!!

  12. Defender ladrão de crucifixo é feio ! Além do que que quem defendeu o Skaf na Wikipédia contra o Claudio Vaz , foi o Lula, a pedido do comprador de Wikipédia Mautoni.

  13. Filósofo por filósofo, prefiro o Johnnie Walker, aquele da capa preta. Nada mais canhestro como a desfaçatez de se esquivar das evidências de roubalheiras e “malfeitos” da turma do ex-frei. Esse falso profeta sempre se posiciona em defesa de bandidos e, na falta de argumentos convincentes, volta à velha esquerda com imprecações aos Estados Unidos, com o surrado estigma de culpado de todos os pecados. Só faltou gritar yanques go home e fora Bush!

  14. Li com um saquinho de vômito nas mãos. Ao final da leitura, descartei – o quase cheio. Esse ex – padre ainda vive no passado. Deus não vai lhe perdoar por tentar enganar as pessoas.

  15. Que Deus o perdoe por tentar enganar os mais desprovidos. Para este ex-padre democracia acontece em Cuba, onde vc nao pode discordar da opinião do Estado (Fidel Castro). Fidel é ídolo para a esquerda, afinal democracia é se manter no poder quase 60 anos, ceifando milhares de vida no paredão.

  16. O jornalista Carlos Newton faz muito bem quando abre espaço no o blog para diferentes correntes de pensamento.

    Além de estimular o debate é bastante interessante ouvir opiniões diferentes.

    Infelizmente no que tange o senho Leonardo Boff, o que ele “escreve” não serve nem como idéia, muito menos como opinião.

    É lixo puro.

  17. Só falta explicar como um país falido e, além disso, fora do mercado internacional, vai poder pensar no seu povo. Que governo progressista é esse que só produz atraso? Duro ter de aturar estas múmias dando estes palpites furados e um monte de imbecis, que se acham, acreditando neles.

  18. Numa coisa temos que concordar com o Boff – “Não é só a CIA… especialmente as ONGs financiadas pelo dinheiro oficial e semi-oficial como a USAID, a National Endwoment for Democracy, atuam comprando jornalistas e treinando ativistas”. Ele só errou de lado – aqui no Brasil não só as ONGs, mas o próprio governo petista, vinham entusiasticamente comprando jornalistas e treinando ativistas. Não estão vendo a gritaria do Ricardo Melo para não ser defenestrado?

  19. Meu Deus quanta imaginação,Os grandes empresários nacionais querem voltar ao nível de ganho que tinham sob as políticas neo-liberais, anteriores a Lula? E como fica aquela fala que o próprio LULA admite que empresários e banqueiros nunca ganharam tanto dinheiro quanto no governo dele? Quem enfraqueceu ou quebrou a Petrobras? se o petróleo é nosso porque pagamos mais caro pelo combustível?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *