Ex-presidente do conselho da Nissan, Carlos Ghosn é preso por sonegação

Resultado de imagem para carlos ghosn

Ghosn resolver sonegar Imposto de Renda no Japão…

Por G1

Carlos Ghosn, presidente do conselho da montadora japonesa Nissan, foi preso no Japão nesta segunda-feira (19), segundo a imprensa local. Ele também é ex-presidente da montadora e atualmente preside a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

Em meio a notícias de que o executivo estaria prestes a ser preso, a Nissan divulgou nota com esclarecimentos sobre o caso. A montadora afirmou que pretende retirar Ghosn do cargo que ocupa como presidente do conselho de administração, afirmando que ele “declarou durante anos renda inferior ao valor real”, de acordo com os resultados de uma investigação interna.

CONDUTA ERRÔNEA – “Além disso, se tratando de Ghosn, numerosos outros atos de conduta errônea foram descobertos, como uso pessoal dos ativos da companhia. A Nissan está fornecendo informação aos promotores públicos do Japão e está cooperando com as investigações”, disse a nota da empresa.

Em uma entrevista coletiva convocada às pressas no Japão, o presidente-executivo da Nissan, Hiroto Saikawa, pediu desculpas aos acionistas e “às partes interessadas”, lamentando por ter “traído a confiança” deles, de acordo com o site do jornal japonês Asashi.

Brasileiro, natural de Porto Velho (RO), Ghosn foi presidente da montadora japonesa entre 2001 e 2017. Ele deixou o cargo no ano passado para cuidar das parcerias com Renault e Mitsubishi, montadora que foi adquirida após passar por escândalos de fraude e na qual ele era membro do conselho. Apesar disso permaneceu como presidente do conselho na Nissan. Um raro executivo estrangeiro no topo da carreira no Japão, Ghosn era bem visto por ter tirado a Nissan da beira da falência.

FRAUDE TRIBUTÁRIA – Segundo o jornal Asahi informou em seu site, Ghosn, que também é executivo-chefe da Renault na França, é suspeito de ter subestimado sua própria receita nas demonstrações financeiras e concordou em falar voluntariamente com os promotores. A emissora pública NHK informou que Ghosn está sendo interrogado por suspeita de violações financeiras.

Um porta-voz da Nissan disse que a empresa estava checando a reportagem. Porta-vozes da Renault e da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi não retornaram os pedidos de comentário. Hiroto Saikawa, presidente-executivo da Nissan, declarou à imprensa japonesa que as alianças não serão afetadas.

O Ministério Público do Distrito de Tóquio se recusou a comentar. As ações da Renault caíam acentuadamente em Paris, com recuo de 5,5%, e se situavam entre os papéis com pior desempenho na Europa.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Um homem riquíssimo e insaciável em sua ganância. No Japão, a cadeia não é de brincadeiras. Se o preso levantar a cabeça e olhar para algum guarda ou funcionário, vai direto para a solitária. Se o Brasil adotasse o mesmo rigor com os criminosos, as coisas mudariam por aqui. (C.N.)

9 thoughts on “Ex-presidente do conselho da Nissan, Carlos Ghosn é preso por sonegação

  1. “Um homem riquíssimo e insaciável em sua ganância. No Japão, a cadeia não é de brincadeiras. Se o preso levantar a cabeça e olhar para algum guarda ou funcionário, vai direto para a solitária. Se o Brasil adotasse o mesmo rigor com os criminosos, as coisas mudariam por aqui. (C.N.)”

    -Solução simples e rápida. E nem precisaria mudar a Constituição.Ou precisaria?

  2. Sempre achei-o arrogante e prepotente. Típico brasileiro que chega ao topo de uma empresa. (Exceções existam, mas são raras). Pior ainda por ter descendência francesa.kkk agora vai ficar mofando na cadeia, idiota.

  3. Boa noite ,leitores :

    Se fosse no Brasil , já teria e apareceria algum ministro do Supremo Tribunal Federal – STF , a vender – lhe um ” Habeas Corpus – HC ” , e como bônus mandava prender a autoridade que teve a petulância e ousadia de prender tão nobre sonegador .

  4. Tem caroço nesse angu, o caboclinho pode até ser tudo isso que tão falando, mas dizer que ele já tinha feito trapalhadas anteriormente e ainda continuava a frente de uma industria japonesa, isso é muito suspeito, a montadora tem culpa nessa bagaça

  5. Aqui no Brasil todos são iguais perante a Lei: pobre cadeia, por migalhas, pega 3 anos de cana e mandado para penitenciaria federal do Paraná, por ter furtado 1k de feijão em Supermercado (SP), por estar, com agravante ser ser preto,pobre e desempregado a 6 meses, com filhos menores passando fome: o politiqueiro rico,imunidade, se preso, o STF com os 3 mosqueteiros do mal da 2ª turma, liberta, o quarto hoje preside, libertou o companheiro Zé Dirceu, condenado a 32 anos, em 2ª instancia. A isto chamam democracia, eu chamo “democradura”. Gandhi pregava: todo governo é hipócrita, o nosso abusa descaradamente. Oremos pelo Brasil a Deus, fizemos nossa parte,poderia ser muito mais,mas…a Esperança de um Brasil decente e justo, é nossa Esperança.

  6. Caro articulista:relate aos leitores como são tratados aqueles que estão na solitária… braços e pernas amarrados, alimentam-se como cães, sequer tocam na comida…

  7. KKK a sorte do cara que ele é nosso compatriota porque se fosse japonês a família do cara já o estaria velando. Executivo ladrão, alto funcionário do Governo e político paga os “pecados’ com sangue, mas isto é privilégio dos que tem vergonha na cara. Quem não tem fica entupindo os tribunais com pedidos de habeas corpus. Vergonha na cara é coisa que falta há muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *