Falta de Vergonha! Filha do ministro Pazuello tentou receber o auxílio emergencial…

Procurado pela imprensa, o ministro diz que não sabia de nada…

Leandro Prazeres
O Globo

O nome da filha do ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, Stephanie dos Santos Pazuello, aparece na lista do governo federal como solicitante do auxílio emergencial pago a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda para diminuir o impacto econômico da epidemia causada pelo novo coronavírus.

A informação consta dos sites da Dataprev, Caixa Econômica Federal e do Portal da Transparência. Consultas feitas pelo GLOBO mostram que o pedido em nome da filha de Pazuello chegou a ser aprovado, mas o valor não foi liberado porque os sistemas detectaram inconsistências no cadastro dela.

SEM COMENTÁRIOS – Procurada, Stephanie não comentou o assunto. Já a assessoria de imprensa do ministro informou que Pazuello não tinha conhecimento do pedido.

De acordo com o site da Dataprev, a solicitação em nome de Stephanie para recebimento do benefício de R$ 1,2 mil foi feita no dia 7 de abril de 2020, quase duas semanas antes de seu pai assumir a secretaria-executiva do Ministério da Saúde, ainda durante a gestão de Nelson Teich no comando da pasta da Saúde. Segundo o portal da Dataprev, o requerimento foi recebido pelo órgão no dia 12 de abril.

O painel de consulta do auxílio emergencial do site da Caixa mostra que o pedido feito chegou a ser aceito e o pagamento enviado a uma conta do banco, mas o valor não foi sacado. Isso porque, após um novo cruzamento de dados, os sistemas do governo detectaram irregularidades no cadastro de Stephanie.

NÃO ELEGÍVEL – No site da Dataprev, a mensagem é de que Stephanie foi considerada “não elegível” para o benefício. O problema detectado: “laço familiar”. Não fica claro que laço familiar de Stephanie o sistema da Dataprev detectou para impedir o pagamento.

 No painel de consulta da Caixa, o pedido em nome de Stephanie aparece como “em avaliação”. Logo abaixo, a mensagem diz o motivo: “Seu cadastro foi identificado com indícios de desconformidade com a Lei 13.982/2020 e está sendo reavaliado”.

A lei mencionada é a que criou o auxílio emergencial.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O pior de tudo isso é saber que essa filha de Pazuello, que não merece o menor respeito, ainda  acabou sendo premiada com uma nomeação para empresa pública da Prefeitura do Rio da área de Saúde. (C.N.)

17 thoughts on “Falta de Vergonha! Filha do ministro Pazuello tentou receber o auxílio emergencial…

  1. Perderam completamente a vergonha. São casos de meter o pé nos fundilhos da escória e expulsá-los de lá, mas como fazer isso, se esses caras que deveriam dar o bom exemplo enquanto fiéis depositários das armas arvoraram em péssimos exemplos à nação, um perigo total.

    • A AMAN deveria melhorar seu teste psicológico. Aprovou um idiota que se tornou capitão e chegou por azar a presidente, e agora um general todo enrolado.

  2. Tenho criticado os militares ultimamente, em razão do que andam fazendo e deixando de fazer.

    Mas, o generalato brasileiro é de nível elevado.
    Pessoas honradas, dignas, patriotas, ostentam as duas, três ou quatro estrelas no ombro com orgulho e altivez.

    Não creio que Pazuello soube dessa “esperteza” da sua filha ou se ela foi a autora desse pedido.
    O governo está sendo muito vigiado, e qualquer escorregão a mídia e a oposição transformam em catástrofe.
    Aliás, exageradamente ou não, cumprem o seu papel.

    Portanto, tenho minhas dúvidas sobre esse pedido.
    Se confirmado, a menina deixou o seu pai em palpos de aranha.
    O general ficou nu em plena avenida São João, esquina com a República, em São Paulo!

    Nessas alturas, essa notícia ultrapassou nossas fronteiras e é de domínio internacional.
    Mais uma vergonha na nossa conta de escândalos protagonizados pelo atual governo e seus antecessores.
    Só que desta vez tem um agravante:
    Há um general no imbróglio, logo um militar e da pesada!

    Enfim, explicações deverão ser dadas, e que sejam convincentes, pois assim espero.

    • Bom dia Chicão, ontem você não bateu o ponto.
      Concordo integralmente com o espirito do seu comentário, o Exército como qualquer corporação está sujeito a ter suas maçãs podres, mas posso assegurar que como um ente coletivo ele reuni virtudes em grau superior a qualquer outra agremiação ou categoria. Fui permissionário do Exército em 1972 e tive um convívio
      ocasional e em alguns casos amigável com os generais Viana Moog, comandante do Planalto, Antonio Bandeira, comandante da 3ª DI e Breno Borges Fortes, chefe do EM, este, um verdadeiro gentlman, e muitos outros oficiais, alguns amigos até hoje, todos homens íntegros e honrados, a não ser um certo coronel que…logico, precisava ser a exceção que confirmava a regra.

      • Caro amigo Moreno,

        “Bati o ponto”, sim, porém em outra página.

        O general Breno Borges Fortes foi comandante do III Exército, enquanto eu servia na PE.
        Eu o conheci pessoalmente, assim com a sua esposa e filho, pelo fato de inúmeras vezes fui o comandante da guarda que protegia a residência do mesmo em Porto Alegre.

        De fato, tratava-se de um general cujas feições intimidavam, porém pessoalmente era um homem gentil, educado, e me cumprimentava todas as vezes que saia ou entrava na sua casa quando eu estava de serviço nesse local.

        Tenho ótimas lembranças dele e do Médici, que também o conheci pessoalmente nas mesmas funções que desempenhávamos:
        eu como cabo comandante da guarda, ele como comandante do III Exército (pequena diferença)!

        Aliás, no dia que os três ministros que assumiram o país quando Costa e Silva adoeceu, e vieram pedir para o Médici ser presidente, simplesmente eu estava de serviço na casa do general!
        Diante da confusão, liguei para o quartel e pedi ajuda, tanto em razão do trânsito quando do entra e sai na residência, que estava sob minha responsabilidade a sua segurança!

        Por essas e outras, que tenho reiterado que os militares da minha época eram diferentes dos de hoje.
        Não que fossem melhores ou piores, nada disso, mas havia mais austeridade, mais ordem, mais formalidades e cuidados com as FFAA, e destas para seus comandados e povo, em geral.

        Havia uma aura de respeito e confiança poderosa, a ponto que a segurança de um homem da importância de um comandante de um dos Exércitos nacionais e, o maior, o III Exército, ficava a cargo de um Cabo, um guri de 19 anos!

        Olha só a responsabilidade que tínhamos sobre as nossas costas, cuja vida de uma pessoa tão importante tínhamos de proteger!
        E não foi ontem, mas há 51 anos, onde a luta contra subversivos e a guerrilha, os que eram contra a democracia e queriam a ditadura do proletariado estava no auge!

        Que tal o cuidado que tínhamos de ter com atentados??!!
        Imagina a nossa atenção e tensão em proteger o general e sua família?
        Era eu e mais seis soldados bem armados e equipados, que ficávamos 24 horas de serviço atentos ao máximo!

        Sinto-me honrado em ter servido no Exército e à Pátria.
        Mais ainda porque cumpri com as minhas obrigações com honra e dignidade.
        Ninguém me tira esse orgulho, de ter contribuído com a nação e povo na manutenção da ordem e da paz!

        Imagina só, se acontecesse um atentado ao comandante do III Exército, enquanto a PE lhe protegia pessoalmente, a sua família e residência??!!

        Também, a bem da verdade, a gurizada da minha época tinha outra ideia da vida.
        havia mais compromisso, obrigações, responsabilidades, seriedade e respeito.

        Um guri com uma pistola Colt .45 na cintura e um cassetete de borracha, depois abolido com a entrada do bordão, de madeira, tinha de estar muito consciente do que fazia e para quem prestava serviço e segurança!
        Isso aos 18 anos, tão somente!

        Abração, parceiro.
        Saúde e paz.
        Te cuida, meu!

  3. 1.A qualidade primordial na liderança é a integridade. Sem esta o sucesso é impossível, tanto numa quadrilha de ladrões, num campo de futebol or no governo. (Dwight D. Eisenhower)
    2. Se querem melhorar o meio ambiente, façam menos cocô. (Jair Messias)

  4. Sapo,

    Bolsonaro já providenciou o povo ir menos vezes “aos pés”, como se dizia antigamente.

    A quantia de 600,00 por mês, indiscutivelmente compra muito pouca comida para uma família.
    Logo, a consequência dessa ingestão menor de alimentos, ocasionará o efeito que o presidente sugeriu.

    O problema é que não temos como fazer Bolsonaro não dizer tanta merda como profere seguidamente.
    De nada adianta expelirmos menos fezes, se Bolsonaro enche os reservatórios com suas palavras?!

  5. Caro Chicão,
    Vão tergiversar e não vão explicar absolutamente nada, será outro, engano dos “computadores”, do sistema e etc…isso é líquido e certo.
    Não tenho nenhuma admiração por esse Pazuello.
    É apenas um pimpão, que ainda por cima andou faltando as aulas de geografia.
    As gafes que ele comete, provam isso, aliás, não tem a menor idéia no lugar que o nosso brasilzinho está situado no mapa, ligou as regiões Norte e Nordeste do Brasil ao inverno do Hemisfério Norte.
    Pobre de nós, esse é o homem da logística, o intendente da pasta asciutta. Credo!
    Que nível, Chicão, que nível…!!
    O esganado não se dá ao respeito pois, ocupar mesmo que interinamente, a pasta da saúde não dá pra ele. Principalmente neste momento onde já ultrapassamos os 90.000 óbitos e a conta na próxima sexta feira, será de CEM MIL MORTOS. Uma loucura inimaginável!
    Só por está estatística deveria pedir o boné.
    Veja, não o culpo, mas ele tem que ter simancol. Já deu!
    Concordo com você que ele não deveria saber que a filha solicitou o auxílio, mas…
    Vejamos, o pai se dá bem de um jeito é a filha se dá bem do jeito dela.
    O somatório do pai pai e da filha, tem como resultado, a boca rica que o paizão arranjou pra garotinha. Dez mil por mês com responsabilidade, ZERO! Que tal?
    Evidentemente que a assiduidade na labuta, será só pra constar.
    Esse é o material humano que temos, que ultrapassa a desonestidade e está mais pra sacanagem.
    Somos os seres humanos mais sacanas do planeta!!
    Somos amorais e sórdidos.
    As FFAA, também passam por esta enfermidade.
    Sobram poucos neste paiseco de quinta categoria que podem se dar ao luxo de andar de cabeça erguida.
    Na política então, só alguns gatos pingados.
    Talvez seja por isso, pelo nosso comportamento ordinário, que sofremos todo tipo de penúria.
    Jamais levantaremos a cabeça como nação, porque não somos nada!

    Um forte abraço e muita saúde pra aturar toda esta doença.

    • Meu amigo Espectro,

      De fato, a situação nacional está periclitante, expressão dos tempos de antanho.

      Bolsonaro decepciona exatamente na sua maior proposta para vencer as eleições, a luta contra a corrupção.
      Além de estar falhando clamorosamente nesse particular, o mesmo acontecendo com pessoas do seu staff e militares, ainda por cima, a vaca se encaminha para o brejo voluntariamente.

      O dado mais curioso, e acarreta ao general problemas sérios, diz respeito à quantia pleiteada, 600,00!!!
      A grosso modo, trata-se de esmola, um ajutório para os que estão com sérios problemas para se sustentar.
      A filha de um general estaria precisando desse dinheiro, que é troco para o seu pai?
      Ou ela está “de mal” com o pai, e fez de propósito essa solicitação?
      Ou alguém usou os seus dados pessoais para pedir o auxílio à Caixa?

      O correto seria uma investigação criteriosa e profunda.
      Mas, e se ela confirmar que partiu da filha do general o pedido?
      Conclusão:
      o povo esquece rapidamente esses episódios.

      Mas, dessa maneira, a mídia e a oposição sempre terão essa questão para cobrar do general ou o que fez ou o que não fez.
      E por quê?!

      Um forte abraço, Espectro, meu caro amigo.
      Saúde e paz.
      Te cuida, pois estamos beirando 95 mil mortos, vítimas da gripezinha do Bolsonaro.

  6. Não nos apressemos em prejulgar o general. Existem pessoas, cínicas, experts, na arte de usurpar prestígio de parentes, e até de outros que sequer as conhecem.
    Conheci o dono de um bar que parecia o clone do major, comandante da Companhia de Polícia Militar local. Por onde andava se identificava como irmão do major. Assim, conseguia transitar livremente armado, resolvia broncas suas e dos amigos…… Dizem que, certa vez, chegou ao conhecimento do comandante a existência de tal sósia, o qual tirava proveito da parecência, o oficial teria levado na graça.

  7. Carlos Marchi (via Facebook)

    O general Pazuello, interino do MS, nomeou Paula Amorim (fotos) como representante do ministério em Pernambuco.
    (Na primeira foto, Paula está rindo de você que me lê, que paga impostos e está subsidiando o salário dela).
    Paula – que é elegante pra dedéu, mas não tem mísera experiência em Saúde – vai embolsar R$ 10 mil mensais.
    Antes de ser nomeada, ela não estava trabalhando, não se sabe se por incapacidade formal ou preguiça congênita.
    Pazuello explicou que Paula é “uma amiga próxima de 30 anos” e que a nomeação se baseou na “relação de confiança e amizade” de ambos.
    Inquirido, o ministério explicou que experiência na área de saúde não foi pré-requisito para a nomeação.
    Afinal, Pazuello não é ministro sem entender porraniúma de Saúde?

    https://www.facebook.com/carlos.marchi.3/posts/4948995538451228

  8. Assino embaixo e em cima dos comentários dos colegas Tribuários.
    Mas quero deixar uma pesquisa.
    “De acordo com o site da Dataprev, a solicitação em nome de Stephanie para recebimento do benefício de R$ 1,2 mil foi feita no dia 7 de abril de 2020…”
    Opa, não são R$ 600,00 mas R$ 1.200,00.
    Assim, a moça deve ter filho e sustentá-lo! Ela não trabalha, não recebe pensão e deve ser titular de um lar!
    Alguma ideia ou estou viajando?
    Fallavena

  9. Repito:

    TODO miliciano ou coiteiro de MILICIANO É CRIMINOSO! Não há como esconder ou negar tal assertiva.

    Todo miliciano vive, no mínimo, de “vender proteção”. Vender “proteção” ao arrepio da Lei.

    No Rio de Janeiro é público e notório que milicianos criminosos -organizados no Legislativo, Judiciário e Executivo -, de há muito atuam também no tráfico de drogas, assassinatos por encomenda, ramo imobiliário, etc.

    Face ao exposto, afirmar, como muitos afirmam atualmente, que votaram no atual presidente “para que acabasse com a corrupção é, no mínimo, ingenuidade.

    Quanto à “milicada ornada de estrelas”, integra a tal projeto criminoso não é por ingenuidade. O presidente foi afastado com pouco mais de 30 anos de idade das FA não foi por atos de bravura ou patriotismo não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *