Falta o torpedo final para acabar com o PT

Resultado de imagem para lula preso

Fotomontagem reproduzida do Diário do Brasil

Carlos Chagas

Cada vez que a Operação Lava Jato manda prender um dos marechais do PT, quantos companheiros desistem e se desligam da legenda, formal ou informalmente? Milhares ou milhões?

A degola de Antônio Palocci constitui-se numa explosão de  profundas consequências para  o partido, menos porque o ex-ministro será condenado à  prisão por longo período, mais porque, depois dele, só resta mesmo disparar o torpedo final sobre  o Lula. Nessa hora, estará acabado o PT.

Esse golpe de graça ou petardo definitivo, porém, exige tornar o ex-presidente  inelegível  por via  judicial.

Por enquanto, a sobrevivência do PT liga-se à sorte do Lula. Procuradores, Polícia Federal, Ministério Público e Receita atuam para levar o combate às últimas consequências, ou seja, ao afastamento do Lula da vida política. É o embate derradeiro, ainda de resultado inconcluso.

TRÍPLEX NO GUARUJÁ – Afinal, as acusações contra o primeiro-companheiro, por enquanto costeando  o alambrado, restringem-se a um apartamento triplex cuja propriedade ele nega,  e ao armazenamento de presentes recebidos durante seus dois mandatos na presidência da República. Crimes, é claro, mas nada parecido com os  praticados por Antônio Palocci, orçados em mais de uma centena de milhões carreados para  seu bolso. Daí para trás, até chegar a José Dirceu, há munição capaz de implodir o Partido dos Trabalhadores, desde que disparado o último torpedo para atingir o Lula.

Os petistas aferram-se à possibilidade de blindar seu chefe maior para levá-lo até a próxima sucessão presidencial. Difícil é, mas impossível, não será.

3 thoughts on “Falta o torpedo final para acabar com o PT

  1. Chagas, você escreve como se estivesse em um barco indo visitar o atol São Pedro e São Paulo com o mar encapelado. Balança tanto que não sabemos o que você realmente pensa, entende ou quer dizer.Vez por vez mergulha na história para fazer analogias com o momento atual que parecem piada. É Chagas, estamos ficando velhos. Uns envelhecem mais rápido, outros somente envelhecem.

  2. A manchete do Brasil 247 (último link) afirmando que “Meirelles quis derrubar Dilma assim que soube do câncer” é tão instigante quanto o livro que conta “os bastidores da crise que derrubou Dilma Rousseff”, pois quando Lula (também ilustrado na chamada) pressionava para ela nomear Henrique Meirelles ministro da Fazenda esse site apoiou como registrei em 08/11/2014 (link adiante): http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1549208461962086

    ARAPUCA LULISTA DERRUBOU PRESIDENTE – A chegada de Lula à Casa Civil significaria, para a quase unanimidade dos auxiliares mais próximos da presidente, a salvação de um governo acuado e incapaz de sair das cordas (…) boa parte da imprensa, no entanto, reagia com rudeza e desconfiança. Os prognósticos eram desabonadores: o país terá dois presidentes da República. O verdadeiro poder estaria não mais no 3º andar, onde ficava o gabinete presidencial, mas no 4º, local onde despachava o chefe da Casa Civil. ‘Vai dar confusão’, era o vaticínio unânime. Recomendação de um dos ministros: ‘Se der confusão, a ordem para os ministros é: desobedeçam à presidente. Quem manda é o Lula’. http://www.brasil247.com/pt/247/economia/266184/Meirelles-quis-derrubar-Dilma-assim-que-soube-do-seu-c%C3%A2ncer-em-2009.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *