Faltam 10 dias para Lula DEIXAR o Planalto-Alvorada. Ele mesmo declara “já estou com saudades”, nada mais compreensível. Dona Dilma é estrategista?

Helio Fernandes

Historicamente, é a primeira SUCESSÃO VERDADEIRA. Na República VELHA, os sucessores eram “destinados” até com 12 anos de antecedência (12 anos, três presidentes, não existiam reeeleições). Fizeram a chamada “Revolução de 30”. Como sucessão, farsa completa. Vargas, que assumiu da mesma forma que Deodoro (como Chefe do Governo Provisório), não tinha nem vice. Para quê?

Derrubada a ditadura em 29 de outubro de 1945, novamente nada de SUCESSÃO. Como a legislação era diferente, qualquer um podia se candidatar a deputado por sete estados e a senador por outro. O Marechal Dutra não perderia. Além do mais, era chamado normalmente de “CONDESTÁVEL DO ESTADO NOVO”, mandava mesmo, foi o substituto de Vargas. Que sucedeu-o em 1951, não sabia exercer o Poder a não ser ditatorialmente.

Depois, por peripécias e destinações, só Juscelino cumpriu o mandato inteiro, com que dificuldade. A partir da eleição de 60 e a posse de Janio em 31 de janeiro de 1961, três presidentes (com aspas e sem elas, sem falar na figura do Primeiro-Ministro, Tancredo Neves) no mesmo período  PARLAMENTARISTA. Até 6 de janeiro de 1963, quando uma fábula de dinheiro nunca vista, REINTEGROU, REINVENTOU, REIMPLANTOU O PRESIDENCIALISMO.

Alguns, naturalmente, podem (e irão) dizer: “A sucessão de FHC a Lula foi democrática”. Quanta besteira, Manuel Bandeira. Em 1994, julgavam Lula franco favorito, então o adversário (?) dele, FHC, julgando-se derrotado, reduziu o mandato de presidente de 5 para 4 anos.

Aproveitavam o que diziam sempre, nas mais diversas épocas: “Qualquer presidente, no primeiro ano, tem que conhecer as coisas, ir destruindo as armadilhas. Governa dois anos, no último já não manda mais nada”. Negrão de Lima, que foi tudo, até prefeito e governador, deixou a observação: “No último ano, o governante toca a campainha, não aparece nem o contínuo para servir café”.

Sem esperar e sem perceber, FHC, que havia tirado um ano de Lula, comprou a REEELEIÇÃO, tirou quatro anos do País, da coletividade, do cidadão-contribuinte-eleitor. Além disso, dominado pelos piores grupos multinacionais, DOOU AS RIQUEZAS nacionais, foi escorraçado do Poder, não elegeu o sucessor. (Como podia eleger alguém, com o RETROCESSO de 80 anos em 8?)

Não houve sucessão, só a decepção de José Serra, que este repórter adiantou, com prazo de validade para 2002, 2010 e mais o que vier.

Portanto, em 121 anos de República manchada, marcada, contaminada, complicada, só uma sucessão é muito, quer dizer, é pouco.

Na campanha se brigava muito por palanque. Agora cobram a participação nesses palanques, alguns mostram até quantos dias, semanas, meses, estiveram nesses palanques.

Esses palanques estão armados no próprio Planalto, ali se trava, nos bastidores, a luta dos “últimos dias de Pompéia”. E pelos cargos que sobraram, pelo menos numericamente. São 20 os garantidos (?), como eram 37 com Lula, digamos que faltam 17.

 ***

PS – Os Ministros são muito criticados, rebaixados, no mínimo dizem: “Foram todas indicados por Lula e não por Dona Dilma”. Ha!Ha!Ha! Estão tetricamente iludidos. Não brigam pelos cargos de Ministros e sim pelo Poder.

PS2 – Haja o que houver, esse Poder será disputado e não dividido, entre Lula e Dona Dilma. O Secretário PESSOAL de Lula, que passou a Secretário Geral, Gilberto Carvalho, afirmou: “Se for preciso, Lula pode voltar”.

PS3 – Como dizem que “no capitalismo, nem mesmo um almoço é de graça”, nessa disputa de lugar no Planalto, também ninguém fala por falar. E Gilberto Carvalho não se mantém como falastrão, e sim como porta-voz.

PS4 – E essa afirmação, com variadas interpretações, só pode ser feita por alguém, “portanto a voz de quem é muito poderoso”, e sabe disso.

PS5 – Nestes dias de festa e de expectativa, nenhuma clareza, só esperteza. E por tudo o que está acontecendo ou deixando de acontecer, fico com a impressão, que não é convicção, mas transmito: Seria Dona Dilma estrategista?

PS6 – É quase uma réplica do passado, quando perguntavam: “Serão os DEUSES astronautas?” Esperemos, amanhã só faltarão 9 dias.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *