Faltam 9 dias para Lula abstrair, Dona Dilma assumir, ficar quatro anos inteiros, ou mais quatro, se as coisas se encaminharem para isso. Mas para ele tudo fanfarronice, para ela, o que sobrar.

Helio Fernandes

No foi com a entrada do vero que os problemas esquentaram para Dona Dilma. Rigorosamente reconhecido por todos, (incluindo ela) que deve a eleio ao prprio Lula, as complicaes no so compreensveis ou incompreensveis, apenas visveis.

Muitos analistas amadores localizaram e localizam dificuldades para ela, na formao do ministrio. Segundo esses meteorologistas da poltica, (que erram tanto quanto os que ensinam com que roupa ou guarda-chuva devemos sair de casa), a maioria dos Ministros foi indicada por Lula. E aceita pacificamente por ela. No foi assim, mesmo que fosse, o obstculo maior a ser ultrapassado no vem da. muito mais grave.

Imposta pelo prprio Lula, Dona Dilma no teve tempo de examinar o extraordinrio presente que recebia, no pde nem examinar a validade do que lhe garantiram. Na campanha, o que no foi discutido nem negado por ningum, que ela ganharia, se empossaria em 1 de janeiro de 2011, e da, um futuro que nem Deus reconhece. Ou garante.

Mas ela e todos esperavam que pelo menos a posse e o prazo do fim do mandato fosse janeiro de 2015, quatro anos depois. Se esse tempo j era longo demais para adivinhaes, imaginem estender a anlise para quatro anos depois, ou seja, de 2015 at 2019. Estava escrito (na Constituio), mas ela no criaria problemas para Lula, a partir da. Mas de antes?

No nem conceito ou definio arbitrria e insanvel, dizer: Dona Dilma ficaria satisfeita em ser presidente por 4 anos. Isso daria prazer e orgulho em qualquer biografia, e nem se fala, fazendo parte indiscutvel de uma autobiografia.

Era at imaginvel que Luiz Inacio Lula da Silva, desde 1989 vivendo em funo da Presidncia da Repblica, fosse surpreendido pelo fim da rotina Planalto-exterior-Alvorada-exterior-Planalto. Mesmo nas trs derrotas anteriores s duas vitrias, a constante era a conquista da Presidncia da Repblica. Sempre sonhou com isso.

No a ponto de sentir saudades antes mesmo de ficar livre dessa rotina inimaginvel, que explorou at a exausto. A ponto de ter aparecido com mais de 80 por cento de popularidade. Que muitos no confirmam, preferem colocar como popularidade.

Talvez tenha, ou v l, merea essa consagrao, mas o pas foi beneficiado na mesma proporo? Ou foram quesitos mal avaliados, como costuma acontecer no Sambdromo? S que o Sambdromo de Lula muito maior e tem 190 milhes desfilando em homenagem a ele. Que assiste, gostosa e prazerosamente.

S que as dvidas e contradies de Lula (e de porta-vozes), questionam no possveis erros, equvocos ou desacertos da nova presidente, e sim a compensao-satisfao que Lula acha que merece. A de VOLTAR AO PODER.

Mas espantosamente as colocaes vo se somando, ou at se multiplicando, e j identificam essa imaginria (no para ele) volta ao Poder, no em 2014 e sim A QUALQUER MOMENTO. Ou seja: imediatamente, como o prprio Lula deixa entrever.

Primeiro foi o mais autorizado de todos, Gilberto Carvalho, que falou: Lula pode voltar. Deliberadamente deixou em branco a DATA DESSA PRESUMIVEL VOLTA. Ele e Lula devem ter confessado, rindo: Quem quiser que entenda o que chamamos de VOLTA.

Ontem, abrindo o jogo ou o cassino das inconcluses, Lula disse em entrevista: Sou um poltico nato. preciso examinar, entender, decodificar o que se esconde nessa frase. Todo presidente e tem que ser um poltico nato. A Presidncia o auge e o apogeu da poltica. Fora da poltica, s se consegue a Presidncia d-i-t-a-t-o-r-i-a-l-m-e-n-t-e.

***

PS Dona Dilma reagiu no atrevidamente, mas com muita coragem, a tudo isso, demitindo Ciro Gomes, antes mesmo de ser nomeado.

PS2 Ontem em perguntava: Ser Dona Dilma estrategista? Tendo que decidir no PSB (Partido Socialista Brasileiro) entre o governador de Pernambuco (Eduardo Campos) e o ex-governador do Cear (Ciro Gomes), tomou posio que pode ser considerada alerta.

PS3 Eduardo Campos poder ser um aliado para o governo, e at para um possvel (ou at impossvel) confronto no esperado antes, praticamente assinalado agora.

PS4 Ciro Gomes tergiversante, incgnita, delirante, poltico inato, ainda mais convicto do que o prprio Lula.

PS5 quase impossvel admitir que Ciro possa ser aliado, a no ser que seus possveis parceiros no tenham objetivos, aceitem mesmo inadvertidamente, os dele.

PS6 – Amanh, faltaro 8 dias para a posse de Dona Dilma. Todos os ministros escolhidos, convidados e confirmados, tomem nota e estudem o que aconteceu com Ciro Gomes. Pode se repetir com os outros 36, ainda no empossados.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.