Faltam pontes para o governo do PT mudar seus métodos

Cristovam Buarque

Em outubro, os discursos dos candidatos não estiveram à altura do que o povo gritou em junho de 2013. Os eleitores não encontraram nas urnas os desejos de mudanças que pediram nas ruas. É como se houvesse um divórcio entre a vontade dos pés caminhando e as pontas dos dedos votando. A campanha, especialmente no segundo turno, foi sobre o passado de cada candidato, não sobre o futuro que eles ofereciam ao país. Os discursos e as publicidades eram de louvação aos próprios candidatos ou de críticas e difamações sobre os opositores.
Uma das ilusões da democracia é que o povo escolhe seus dirigentes. Na verdade, o povo vota entre candidatos apresentados por seus partidos. Não é difícil perceber que, por isso, muitos escolheram Dilma com medo de Aécio, e muitos votaram em Aécio porque não queriam a continuidade de Dilma. A opção estava em continuar com os mesmos dirigentes ou quebrar os vícios dos últimos dez anos mudando os quadros no poder. E isso faria diferença, mesmo sem significar mudança estrutural, porque uma das qualidades da democracia é o constante recomeço do casamento entre os novos eleitos com os eleitores, a cada quatro anos.

Depois de anos de corrupção, esgotamento das ginásticas econômicas e desmoralização da contabilidade criativa, insuficiência das medidas sociais, caos e descrédito na prática política e da volta da inflação, o novo governo Dilma começa velho, como um casamento em crise. Junte-se a isso a necessidade de enfrentar a herança maldita – que seu governo criou e sua campanha escondeu –, tomando medidas que até dias antes acusava os opositores de planejar contra os interesses do povo e do país, e o resultado é um governo que se inicia sob desconfiança. Desta vez, a democracia não conseguiu fazer a tradicional lua de mel posterior às eleições para troca de governo.

GOVERNO SOB DESCONFIANÇA

Esta é a realidade com a qual o Brasil vai ter de conviver pelos próximos quatro anos, porque pior do que um governo sob desconfiança seria o rompimento com um governo constitucionalmente estabelecido. Por isso, é necessário o diálogo que a eleita propôs, mas para o qual a presidente ainda não fez qualquer gesto.

Os desgastes do processo eleitoral – irresponsavelmente manobrado por marqueteiros desejosos dos votos no dia da eleição, independentemente das consequências para o futuro do país – exigem pontes, que não foram usadas no primeiro mandato e foram destruídas no período eleitoral.

O Congresso Nacional, dividido em dezenas de minúsculos clubes eleitorais, viciados em acordos barganhados, objetivando o poder pelo poder, comprando ou vendendo apoio para o imediato, sem compromissos para mudar o futuro, não construiu pontes com as ruas. E o novo governo começa cansado, sem pontes nem terreno onde construí-las, passando a ideia de não querer mudar seus propósitos nem sua prática, e falando em diálogo como uma promessa atrasada de campanha.

42 thoughts on “Faltam pontes para o governo do PT mudar seus métodos

  1. A política nacional anda muito chata, a mesmice de séculos… corrupção, suspeitas e afins… um pouco de política internacional: o médium japonês Ryuho Okawa em seu novo livro publicado no Brasil, “A verdade sobre o massacre de Nanquim” informa que o presidente da China Xi Jinping é a reencarnação do antigo conquistador mongol Gengis Khan. Xi é engenheiro químico com doutorado em Ciência Política, foi diretor da Escola do Partido (Pedagogia para os militantes), casado com a cantora Peng Liyuan, a filha do casal estuda em Harvard… essa dobradinha Gengis=Xi está, de fato, conquistando o mundo…

  2. Escreveu Cristovam : Quebrar os vícios dos últimos dez anos mudando os quadros no poder. Tenho para mim que o ínclito senador cometeu um erro na cronologia, porque na década de 90 o escândalo dos anões do orçamento deixou o povo estupefato, e se formos no senado e fizermos um auditoria nos orçamentos poderemos nos surpreender ao constatar que as práticas continuam. O escândalo destruiu reputações, desmoralizou o parlamento e hoje tudo continua como antes. O PT não tem nada a ver com as práticas enraizadas da política brasileira. Os 12 anos consecutivos do PT foi consequência da obra política do PSDB que conseguiu a reeleição para FHC , e este disputou a eleição no poder. O PT foi competente, não é à toa que vai ficar 16 anos no poder, democraticamente.

  3. Os petistas acham que urna é carta branca para ladrões ! O engraçado é que ele foi o partido mais atuante no Impeachment do Collor, capitaneado pelos reeducandos José Dirceu e Genoíno ! Nessa época a Veja foi um monumento à democracia, pois serviu para que o Zé Dirceu vazasse, de forma ilegal, o sigilo fiscal do PC Farias. A Folha então foi uma maravilha, pois até publicou o livro Todos os Homens do Sr. Presidente, com o prefácio do papudeiro José Dirceu, onde ele tecia fartos elogios à liberdade de imprensa e a independência dos poderes. Mas a falta de caráter petista é assim, agora que o partido virou o maior fornecedor de matéria prima ao jornalismo policial, estão desde 2007 querendo dar esse Golpe de estado, chamado de ” Constituinte Exclusiva”, para acabarem com a liberdade de imprensa, com a autonomia do judiciário e do Ministério público, ou seja querem roubar em sigilo.

  4. Não foi o Geisel que ganhou de uma empreiteira uma casa em Teresópolis ? Não foi o Ulisses Guimarães que morreu na queda de um helicóptero que pertencia a uma empreiteira ? Não foi o Jânio, que só depois de morto, descobriram que era sustentado por uma empreiteira ? Não culpem o PT, é injustiça. Sentanalisa e pensa.

    • Renato e não foi o teu chefe que mandou matar o Celso Daniel? E não foi o teu chefe que usando o avião presidencial, transportou dinheiro sujo e a amante ou a amante e o dinheiro sujo? Não foi durante o governo do teu chefe que aconteceu o mensalão ou o mensalão foi uma alucinação coletiva? Não foi durante o governo do teu chefe que começou o petrolão, o escândalo dos Correios, o BB emprestando dinheiro para quem não podia pagar, mas que também era amante de não sei quem? E o escândalo das ONGs que levavam dinheiro e não faziam nada além de postar elogios nos blogs como tu fazes? Afinal, realmente, todos são cegos e burros e tapados.

    • Mais um MAV, orientado pela ‘imprensa petista’ comandada pelo stalinista Franklin Martins, que voltou a ser radical depois de levar um pé na bunda da Globo ! Bando de venais.

  5. BRASIL COESO CONTRA O DIVISIONISMOS DA TV GLOBO

    Afinal o que quer Alexandre Garcia, impondo o rótulo da corrupção nas testas de 53 milhões de eleitores, senão a divisão do país em só duas frentes políticas como na ditadura? Por quê a TV Globo não paga logo R$ 1 bilhão que deve ao fisco? Combate à corrupção se faz denunciando corruptos e corruptores, sem exceção, como fazemos em 18 anos de ações efetivas na Internet. Não será com divisionismos que vamos passar o país a limpo, menos ainda praticando a política rasteira sugerida pelos comissários da Globo. Vejam: http://pocos10.com.br/?p=16036

    SEJAMOS COERENTES: É questionável a bifurcação do debate, com um lado defendendo cegamente o governo sob a ótica do “nunca antes na história deste país” e outro atacando ferozmente com frases como “este país vive o maior roubo de todos os tempos”. Quem se apega a esses falsos dilemas nega o mais concreto e precioso: a Constituição da República Federativa do Brasil, que só é possível fortalecer pela via democrática (ditadura nunca mais) e os partidos todos (não só dois) são instituições da democracia. O caminho da Legalidade é que deve nos motivar e unir em busca e defesa da verdade, esteja com quem estiver. Acho, francamente, que Dilma Rousseff venceu Aécio Neves porque ela se superou conseguindo a candidatura desacreditada e até desafiada pela mídia e dentro do próprio PT.

    Agora que passaram as eleições, aproveitadores e oportunistas tentam dividir a população. Na sexta-feira testemunhei uma dessas rixas que ocorrem nas redes sociais, entre pessoas que involuntariamente aplaudem esses grupos, que chegaram ao ponto de um lado decretar o fim da amizade com o outro simplesmente porque este estava defendendo seu ponto de vista favorável ao governo e, portanto, diferente do ataque raivoso da parte contrária. E como nada acontece por acaso, no mesmo dia recebi de uma amiga este link – http://jornalggn.com.br/noticia/os-filtros-invisiveis-na-internet#.VG8tUM7ovX4.facebook – e assistindo ao vídeo me convenci da existência dessa indução ao divisionismo.

    • Se existe algum ‘divisionismo’ é para afastar das tetas do governo esses ladrões e o enorme bando de Parasitas do Estado chupins do dinheiro público. Nesse aspecto eu quero o divisionismo, Há vagabundo que viva há mais de 30 anos da miséria alheia. Cafetões da desgraça social.

  6. Isso somado não dá um milésimo do que essa corja de fascistas travestidos de esquerda roubou. Esse delinquentes vibraram quando a CPI do Collor encontrou aquela Fiat Elba. O PC Farias era um menino de procissão perto desses bandoleiros. Por um milésimo disso o Collor levou um impeachment na cara. Esse bando acha que roubar é um direito adquirido nas urnas, fascistóides populistas.

    • Jornal da GGN , mais um exemplo do jornalismo petista…..(…)…Em 2005, por não honrar os pagamentos mesmo após negociações da dívida, o contrato foi executado, cobrando-se do blogueiro a quantia de R$ 4,2 milhões. O banco já estava buscando bens para penhora quando ocorre o acordo judicial entre as partes.
      Pelo acordo, o devedor-executado teria sua dívida repartida em duas parcelas: uma de R$ 2,38 milhões (subcrédito A) e outra de R$ 1,9 mi (subcrédito B). Pagando a primeira, ficaria DESONERADO da segunda. Isso mesmo: R$ 1,9 milhões não precisariam ser pagos ao BNDES, banco público gerido pelo governo federal.
      Esse tal “subcrédito A”, nos termos do acordo firmado entre BNDES e Luís Nassif, poderia ser pago ATÉ O ANO DE DOIS MIL E DEZESSETE. Isso mesmo: praticamente dez anos depois da data da celebração do acordo. São 120 parcelas que, sendo pagas, eliminam a exigência do pagamento do tal “subcrédito B” e, vale reiterar, num acordo judicial firmado SEM QUALQUER GARANTIA DE BENS.
      Ainda assim, em agosto DESTE ano, o banco NOVAMENTE executou Luís Nassif, alegando o seguinte (termos da execução de número 582.00.2005.200321-5, que tramita na 17ª Vara Cível de São Paulo_____________________________________________________
      Desde terça-feira, o jornalista tem destacado em seu blog informações em defesa do protesto contra a imprensa marcado para hoje a partir das 19 horas no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Nassif é do conselho consultivo do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, que integra a organização do protesto, intitulado “Contra o Golpismo Midiático e em Defesa da Democracia”. Movimentos sociais de apoio ao governo, como centrais sindicais e a UNE, já manifestaram adesão ao movimento.
      A EBC informou que o jornalista foi contratado porque a legislação “prevê a dispensa de licitação para pessoas ou empresas de notória especialização”.
      Nassif fechou um novo acordo depois de ter expirado, em julho, o contrato de R$ 1,2 milhão que tinha para fazer o programa Brasilianas.
      Nassif disse que sua contratação sem licitação se deve ao fato de o contrato ter como objetivo http://fb.me/1xdQ23phL
      um “trabalho intelectual”, com “pessoas com reputação em sua área e reconhecimento público, que ajudam a reforçar a cara da emissora”. “Em relação à minha área – comentários econômicos -, há muitos e muitos anos fico entre os três jornalistas mais votados (no prêmio Comunique-se) na categoria jornalismo de economia, mídia eletrônica, além dos prêmios que recebi como jornalista de economia da mídia impressa”, afirmou.

  7. Não dá um milésimo ? Olha que dá muito mais. Aliás não dá para olhar porque naquela época as notícias deste tipo eram censuradas. Por um acaso alguém sabe onde foi parar o ouro de serra pelada ?

    • O que mata é o cinismo dos ladrões! Eles acham que tem o direito de serem safados e corruptos, pois alguém já roubou antes! Deveriam morar em Andorra onde existe o direito consuetudinário, onde o costume faz as leis. Pelos ‘argumentos’ da corja, como Caim matou Abel e não foi preso, o homicídio está liberado desde os tempo0s bíblicos. Um ‘argumento safado’ usado por uma quadrilha safada. Talvez o deputado Luiz Moura tenha rompido a aliança PT/PCC, por falta de ética petista, pois até o PCC tem lá a ‘sua ética’!

  8. Presidente José Sarney, na década de 80, criou um “empréstimo compulsório” para que qualquer consumidor que se dirigisse aos postos para abastecer, era obrigado a pagar o encargo de 28% a mais, sobre o preço destes combustíveis, recebia um comprovante e o valor pago a maior era recolhido aos cofres públicos, pelos donos dos postos. Quem comprava um carro zero km ou com até 01 ano de fabricação, “emprestava” obrigatoriamente ao governo 30% do preço de aquisição. O encargo seria devolvido com juros e correção. Quantos receberam ? O poder aquisitivo do consumidor daquela era bem menor que o de hoje.

    • Belo poder aquisitivo, 56 milhões no Bolsa família e 55 ,milhões no Serasa! Para aumentar o poder aquisitivo da população precisa ser ladrão?

    • E o PT fez o quê, Renato. Ficou calado, e programou o maior golpe na história do Brasil. O PT, quando comparado com tudo o que já se roubou, é o grande Al Capone da política brasileira. Mas méritos aos ladrões roubar e ficar 16 anos no poder é comparável somente aos grandes facínoras da história mundial. Stalin, Mussolini, Mao e outros tantos principiantes que deveriam voltar para aprender com o PT.

  9. Psicopatia não tem cura.É “defeito de fábrica”.É uma patologia onde o caráter é o pior possivel.

    Todos os petistas-comunistas são psicopatas.

    Estão se lixando para a necessidade urgente do país ter um verdadeiro projeto de nação.

    Dilma,Lula,PT et caterva,nunca nudarão seus métodos.
    A ideologia comunista é a meta única desses psicopatas no poder.
    (Vide Foro de São Paulo – A “Pátria Grande” bolivariana)

    Portanto,enquanto tiver essa corja de psicopatas no poder,o Brasil estará fadado a megaprovações de todos os tipos,e a inviabilidade irreversível do país como nação.

  10. Complementação:

    Os petistas-comunistas,como só tem a meta ditatorial e totalitária,subvertem sistematicamente toda a estrutura generalizada do país.

    Do jeito que vai, o caos generalizado (*) será um fato inquestionável.

    Com o caos generalizado (*) a tentativa de golpe,teria a cínica desculpa de que para restabelecer a “ordem geral” é preciso findar as liberdades individuais e coletivas,o estado de direito,o fechamento do Congresso Nacional,…,da democracia.

    Quem com um mínimo de inteligência,de acuidade cultural-intelectual,duvida que este caos generalizado (*) não é programado?

    (*) Subversão constante pró-regime comunista,destruição dos fundamentos econômicos-financeiros-monetários,traição ao país com o Foro de São (comunização do Brasil e de toda a América Latina – “Pátria Grande” bolivariana),marxismo cultural,
    violência urbana (100 mil assassinatos/ano),corrupção institucionalizada (**) populismo-assistencialismo sem a contra partida da economia geradora,crescimento e desenvolvimento econômico pifios,inflação (emissão de dinheiro falso) ,caos na saúde e na educação,desemprego em massa,sucateamento da indústria,…,e por aí vai.

    (**) comunistas sempre usaram o capitalismo para financiar o comunismo.

    • É exatamente este o quadro.

      É preciso desestruturar as instituições, jogar no chão toda a estrutura constituída para soerguer a sociedade no molde, no formato programado pelo Foro de São Paulo.

      É preciso aprofundar o caos, portanto, para terminar a desorganização programada. E Dilma foi a escolhida para isso.

      Simples assim.

      Um paradigma mais próximo para nós é a realidade vivenciada pela Venezuela.

      • Toda a economia e todos os seus fundamentos estão sendo artificialmente sustentados em cima do endividamento público que já alcançou níveis extraordinários.

        Como não há uma movimentação efetiva em torno das reformas necessárias para se atingir ganhos de escala e produtividade a fim de retomar o crescimento econômico e evitar a perda de controle sobre a dívida pública e impulsionar, ao mesmo tempo, ganhos sociais sustentáveis, fica evidente, para os melhores informados, que a tática da desestabilização está sendo firmemente conduzida por Dilma.

        Neste sentido não importa a recuperação econômica. É o contrário que está sendo buscado.

        E segue a passos largos o projeto do Foro de São Paulo sobre os desígnios do Brasil e seu povo.

        • Pois é, caro Sr. Germani.

          Veja só a quem fomos entregues pela elite de outrora.

          A falta de educação e cultura a que foi submetido o povo pela elite que outrora dominou o país nos conduziu a este estado de coisas.

          O futuro nos reserva algo bem ruim, haja vista que a tendência é nivelar todo mundo por baixo, a exemplo do que já ocorre com os aposentados, onde todo mundo é empurrado para o salário mínimo.

          Beneficiados apenas os filiados e portadores da carteirinha do partido golpista.

          E agora?

          Adeus à meritocracia. Já era!

          • Quanto mais boçal melhor.

            Basta ter a carteirinha do partido e fazer carreira de lambe-saco.

            O país vai retroceder à época de colônia.

            Quanto pior, melhor para o partido.

            O povo terá o que merece!

          • Parabéns,caro Wagner,

            Somos como “ararinhas-azuis” : espécie em extinção.

            É muito difícil,no mundo de hoje,ter pessoas,como você,com clareza generalizada sobre a verdade oculta do Brasil e do mundo.

            Você pode confirmar conversando com diferentes pessoas,independente do nível sócio-cultural-econômico,que a legião de imbecis coletivos é imensa.

  11. A Dilma foi reeleita para continuar o governo que ela vinha administrando. Será que mais de 53 milhões são burros ou são brasileiros que prosperaram na administração do PT e não quiseram o Aécio por não confiar nele, tampouco no FHC e no Agripino Maia. Aécio só queria vencer a eleição. Aécio se utilizou da mais baixa política para se eleger,mas Aécio não convenceu, é péssimo comunicador, sem proposta, e mesmo denunciando corrupção em todos escalões da República perdeu a eleição. E pior, perdeu em Minas, uma prova inconteste que Aécio não é querido nem em casa. Isso basta. Este papinho de MAV, vive de bolsa isso, é argumento de perdedor. Perderam a eleição porque mais de 53 milhões não querem Aécio e seu hipócrita PSDB. São 53 milhões de brasileiros que trabalham. A Dilma foi reeleita por causa do PT, o PT é força, é o partido dos trabalhadores. O PT sempre esteve do lado de quem trabalha. Tanto é que o emprego, nos governos PT, sempre esteve em alta. Emprego é a garantia que a economia está sob controle. Quem vai empregar para não lucrar ?

    • Renato Lima,

      Você como petista-comunista,MAV,nem merece qualquer chance de debate.,mas vamos lá.

      Aos fatos:

      1-Dilma/PT/Lula et caterva ganharam a eleição? (R) não a eleição foi fraudada.
      Que inexplicavelmente Aécio/PSDB/aliados não questionaram para valer isso.

      2-Dilma continuar administrando o país? (R) Dilma/PT/Lula estão inviabilizando o país.

      3-Os 53 milhões que votaram em Dilma,são o oceano de imbecis coletivos,
      oportunistas,corruptos,materialistas-existencialistas,(…),como você.

      4-O PT é o partido do taralhadores que NÃO trabalha.São a corja de psicopatas que vivem do populismo-assistencialismo,que não se dão conta (por serem desonestos e irresponsáveis) que essa fraude não se sustenta sem a economia geradora.

      Não é possível um país onde metade da população que trabalha (de verdade) e produz,sustentar a outra metade que parasita.

      5-Emprego sempre em alta: vejo que você não sabe nada de economia.Apostar no consumo de massa e crédito sem limites,são as causas geradoras do desemprego e da recessão econômica.Estagflação é o que vem por aí.

      Renato Lima,você está no caminho da fraude,farsa e engodo.

      PS-O projeto insano e criminoso do PT/Lula/Dilma de golpe ditatorial e totalitário não dará certo.Quando o Brasil,em breve,começar a ficar como a Venezuela,não haverá populismo e distribuição de benefícios sociais insustentáveis que revertam a situação.

      O PT/Lula/Dilma e toda a corja que os seguem,vão perder.
      Quer apostar?

    • Renato, não são 53 milhões de burros. São 53 milhões de desempregados que recebem o bolsa-fome. Tu és tão idiota assim, que acreditas que quem votou no jumento tem qualquer tipo de esclarecimento? Se assim és, deverias te enforcar com a tua miserável falta de conhecimento.

  12. Funcionária do Senado para cuidar “dos arquivos” do senador Heráclito Fortes (DEM-PI), Luciana Cardoso, filha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, para justificar o absenteísmo, diz que prefere trabalhar em casa já que o Senado “é uma bagunça”. O Agripino também é o DEM. Epa, aí tem compromisso. O que o PSDB tem a ver com o DEM, que arranja emprego para filha de político do PSDB e se junta com o PSDB para tirar o PT. Bora lá no nordeste, onde a Dilma ganhou em todos estados, ver o que FHC, de São Paulo, Heráclito, do Piauí, e Agripino, do Rio Grande Norte fizeram para o eleitor nordestino ? Não foi só Aécio que perdeu em casa, Agripino Maia também perdeu. PSDB e DEM unidos em prol do retrocesso, é o coronelismo secular a favor de São Paulo. Nem blindados pela mídia ganharam a eleição. O Brasil mudou , nós não somos mais teleguiados. Agora temos geladeira, TV, ar condicionado, máq. de lavar roupa, voamos de avião. Com a casa montada, sobrou tempo para pensar e comparar. PSDB e DEM sou mais o PT.

  13. ERRADO ! Ganhamos a eleição sem fraude porque com o PSDB não se brinca. Tu achas que o PSDB, e todo um sistema apoiador, deixariam o PT fraudar a eleição ? Bobagem, papo de perdedor. Lembro que reeleição e urna eletrônica são obras do governo de FHC, meu caro companheiro de blog. FHC foi o primeiro presidente a ser reeleito , e também foi o primeiro a ser eleito pela urna eletrônica. FHC conseguiu estranhamente ser o primeiro presidente a concorrer a reeleição estando no cargo, uma vantagem que só pode ter sido conseguida por meios duvidosos. A urna eletrônica foi construída por engenheiros militares, durante o governo FHC. Até Eu, que sou homem de mentalidade mediana, pensei assim: 4 anos era pouco tempo para FHC completar o seu projeto de privatização, então, para ter mais tempo para entregar o Brasil, a reeleição, mais as urnas eletrônicas, garantiriam os 4 anos a mais para FHC completar seu projeto de poder. Ou alguém aqui acha que FHC conseguiu ser reeleito honestamente depois de empobrecer o trabalhador o Brasil ? O PT venceu a eleição de 2014 de forma surpreendente. O PSDB usou todo o poder para tirar o PT. Não conseguiu porque não tem em seus quadros gente à altura dos quadros do PT. Essa é a verdade.

    • Renato Lima o maior idiota que já apareceu na tribuna. Lullanalfabeto pois estudou na mesma escola do Lulla e tem este desvio mental que lhe obscurece a mente. Coitado, deveria ser tratado num hospital do SUS. Não, o Renato Lima não é um idiota. Ele é funcionário da Secretaria de Comunicação Social e é pago para escrever idiotices e defender o PT e o roubo generalizado.

  14. Secretaria da comunicação social ? Meu caro, eu sou engenheiro eletricista, sou um técnico, trabalho com engenharia. E não me insulte por favor, porque eu não sou idiota coisa nenhuma, o que está acontecendo é que o senhor não tem argumento, aí agride. Tenha uma boa noite de domingo.

    • Renato Lima,

      Já que você é engenheiro eletricista,sugiro um choque de 13.800 volts,para ver se aprende um pouco de filosofia política-econômica e conservadorismo-liberal.

      Enquanto você continuar petista-comunista não sairá da condição de engenheiro eletricista e idiota-útil do petismo-comunismo.

      (*) Eu também sou engenheiro,mas há 40 anos optei por não dispensar o amplo conhecimento da filosofia e a única via à prosperidade através do conservadorismo-liberal.

  15. É sintomático o fecho do artigo do senador Cristovam Duarte… analisem:

    “O Congresso Nacional, dividido em dezenas de minúsculos clubes eleitorais, viciados em acordos barganhados, objetivando o poder pelo poder, comprando ou vendendo apoio para o imediato, sem compromissos para mudar o futuro, não construiu pontes com as ruas. E o novo governo começa cansado, sem pontes nem terreno onde construí-las, passando a ideia de não querer mudar seus propósitos nem sua prática, e falando em diálogo como uma promessa atrasada de campanha.”

    Ser mais claro é impossível, os clubes, impunes, só aumentam, e a ponte…

    Sei não…
    Continuo no outro lado do muro, revoltado, mas não em cima dele…
    Como sempre, a história, repetida, de que não existe almoço grátis.
    Alguém vai bancar todo esse prejuízo causado pelo PT.
    Só sei que, no fundo e no raso, vai sobrar para mim, como para vocês, também…

    Quanto a hipótese do Brasil se transformar numa Cuba ou Venezuela, ainda tenho forças para segurar um fuzil, e ainda sei usar um… contra essa camarilha,

  16. Eu comentei em outro tópico, a maneira que alguns “comentaristas” usam para debater um tema, aqui estamos vendo o Renato postar seus argumentos, que obviamente podem ser questionados e em contra partida o xingam:
    Para não mandar ele tomar naquele lugar, o “poeta” mandou ele “pra tonga da mironga”, outro o chamou de psicopata, outro de burro e tapado, outro de boçal, outro de idiota. Belos argumentos.
    Parabéns Renato, mostrou educação ao fazer suas postagens, mesmo sendo agredido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *