Faz sucesso na internet a declaração de Datena, dizendo que Boninho, diretor do BIg Brother, deveria ser preso

O jornalista Hildeberto Aleluia nos chama atenção para a extraordinária repercussão das declarações do apresentador José Luiz Datena, sobre o episódio do estupro no Big Brother Brasil. Convidado por Adriane Galisteu para dar sua opinião durante o programa “Muito+”, Datena  foi categórico: “Tinha que prender o diretor de programa da Rede Globo.”

Ele justificou dizendo que uma afiliada da Record foi tirada do ar por mostrar cenas de estupro durante um programa jornalístico. “Se a coisa fosse séria, tinha que prender o diretor, esse Boninho”, afirmou. “Mas não é.”

“A droga que é distribuída nessa porcaria desse programa aí, que é o álcool, é uma droga pesada e é a principal responsável por matar pessoas. Se você bota isso na televisão, bota um monte de meninos com os hormônios lá em cima e enche a cara de todo mundo, você está incitando que isso aconteça. Então a responsabilidade deveria ser primeiro de quem coloca o programa no ar, da Rede Globo de Televisão.”

O apresentador disse que a história toda parece ter sido “um grande golpe publicitário”, já que ninguém do canal foi preso.

“Você acha que alguém da TV Globo vai pra cadeia por causa disso? Evidente que não vai. Você acha que vão tirar o programa do ar? Evidente que não vai. Pode ser que dê um aperto no menino, no Daniel”, disse. “O resto é jogada comercial, o resto é jogada publicitária e é um verdadeiro absurdo. Esse tipo de programa estimula a sacanagem da molecada.”

Sobrou até para a emissora de Edir Macedo que, para Datena, não tem que falar mal da concorrência: “E a sacanagem daquela “Fazenda” lá? A única diferença é que o troço é atrás da moita em vez de ser no cafofo.”

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *