Faz sucesso na internet a história da peça de carro made in Brazil

Foto0213

Celso Serra

Este caso realmente chega a ser patético. Circula na internet contando a história de um conserto de carro importado. Mostra a que ponto chegamos em matéria de exploração do consumidor. Confiram, por favor.

###
MADE IN BRAZIL

Tenho um amigo que é o feliz proprietário de um carro sueco Volvo. Marca excelente, considerado o carro mais seguro do mundo.

Mas como todo o automóvel, eventualmente apresenta algum problema. Neste caso foi uma pequena irregularidade no funcionamento do motor. Como o proprietário é engenheiro e gosta do assunto, dedicou-se a pesquisar pessoalmente o que estava ocorrendo. Contatou-se que um dos bicos injetores dos cinco cilindros estava enviando uma quantidade maior de combustível que os demais, o que ocasionava o funcionamento irregular.

Bastaria portanto, substituir o bico avariado. Uma peça do tamanho de um isqueiro BIC. Melhor seria a substituição dos cinco bicos. Segundo cotação realizada na Volvo do Brasil, os bicos, no mercado brasileiro, custavam aproximadamente R$ 700/cada – ou seja, R$ 3.500,00 os cinco.

Para tirar a dúvida, nosso amigo resolveu consultar o site internacional de compras E-Bay. E lá encontrou os cinco bicos por apenas US$ 260, mais US$ 34 de frete. Uma diferença absurda,  favor do consumidor, onde pagando um, ele levaria os cinco bicos… Até aqui, nenhuma novidade. Todo o mundo sabe a taxação estratosférica que qualquer produto “importado” para o Brasil paga.

A surpresa veio 15 dias depois, quando o produto chegou. Veja a foto. O produto tinha na embalagem a inscrição MADE IN BRAZIL. Fabricado pela Bosch brasileira.

“FOR EXPORT”

É aquela política terrível de, como brasileiros, não termos acesso a certos produtos. São apenas “for export”. Ridícula intervenção do Estado na Economia. Num momento em que o país é sacudido de Norte a Sul com o grito de “NÃO AGUENTO MAIS!” , trago mais este ingrediente a pauta de cretinices a que os brasileiros são submetidos diariamente.

Em plena era da globalização somos uma ilha de explorados economicamente como se tivéssemos os portos (ou os olhos) fechados a produtos das “nações amigas”, como se dizia muito antigamente. E o pior, é que o produto é fabricado aqui, mas não está à disposição dos nativos, nós. Isso é coisa de governos de países TOTALITÁRIOS.

Esta é mais uma entre as várias formas pelas quais somos roubados pelo governo. Uma vergonha.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

14 thoughts on “Faz sucesso na internet a história da peça de carro made in Brazil

  1. Não esqueçam que entre 1998 e 2001 a Audi montou uma fabrica no Paraná para fabricar AUDI A3, também montaram uma fabrica de motores só para exportação. A média era de mais de mil motores e AUDI A3 exportados por mês para a Europa.

    Diziam a fabrica mais moderna do grupo Volkswagen e que viera de avião, ANTONOV, da Alemanha.

    Alguns anos depois comentaram, não sei se é verdade ou não, que o Grupo VW resolveu transferir a fabrica para China por que os custos de produção lá é mais barato que aqui e ia gerar um lucro maior. Ainda hoje o AUDI A3 é um dos automóveis importados de maior venda no país.

    Com a globalização as multinacionais correm para onde levam maior vantagem.

  2. Esse é o estado brasileiro socialista.
    Com o que arrecada com esses extorsivos impostos, daria para fazer socialismo em qualquer país do mundo com se faz na Escandinávia.
    Mas não, toda essa roubalheira vai pros ocupantes desse estado e, agora como o socialismo do PT, estamos vendo descaradamente no que dá.
    Até o miserável que vai comprar alimentos e remédios deixa a mais 40% de imposto.
    HEDIONDO.

  3. Intervenção do Estado? Para mim, que conheço o submundo extremamente ganancioso e vil das montadoras (e todas são da mesma laia, sem exceção) é apenas mais uma manifestação da espoliação que elas tratam de fazer aos brasileiros. Todo mundo aqui está cansado de saber que carro no Brasil é absurdamente caro, incluindo as autopeças para reposição. Citando apenas um exemplo, ganha um doce quem adivinhar qual das unidades mundiais é a mais lucrativa do grupo FIAT.

  4. Caro Jornalista,

    Por falar em carro…

    Sábado passado, conversando com um amigo, soube que ele procurou os REPAROS DO SISTEMA DE EMBREAGEM do carro dele (platô, disco e rolamento) na revendedora autorizada daqui do Brasil e encontrou o kit por VINTE MIL REAIS. O carro dele, assim como o da reportagem, também é importato.
    Então resolveu averiguar o preço em Miami.
    -Sabe por quanto ele comprou lá? TRÊS MIL REAIS!

    Em conversas de escritório, tenho uma amiga que sempre diz que “NÃO COMPRA UMA CALCINHA NO BRASIL” e que só compra carro porque não existe transporte público por aqui, pois tudo neste país é três vezes mais caro do que lá fora!

    Abraços.
    PS: às vezes tenho a impressão que as montadoras nacionais subsidiam o baixo preço lá fora cobrando mais caro dos ota, digo, motoristas brasileiros… e a parte do butim que fica por aqui acaba sendo dividida entre os políticos e as empresas.

  5. Por impostos absurdos e falta de infra-estrutura o Brasil é um dos países que menos atraem investimentos externos.
    Se aqui fosse mina de ouro dos estrangeiros, teríamos milhares de indústrias e , com a concorrência, os preços abaixariam, como acontece nos países que praticam uma economia séria.

  6. A partir de uma certa idade, começa-se a não acreditar em democracia, senão como um ideal, longe da dura realidade da vida cotidiana.
    Respeito as restrições impostas ao individuo, desde que sejam realmente em prol da coletividade. Mas não é isso que ocorre na vida real, já que grande número de restrições impostas ao indivíduo são em benefício de minorias.
    Esse pensamento é ampliado em países como o nosso, cuja tradição democrática é extremamente fraca.

  7. Socialista? Esse é o Estado Brasileiro Totalitário, que eu me lembro, desde quando eu era mais velho.
    Como criança envelhecida eu me recordo de que o povo brasileiro adorava o totalitarismo. Penso que ainda reverencia os totalitários.
    Como disse Fidel Castro, “fora da Revolução, nada”.

  8. Os governos Psdb/Pt criaram esse mostrengo de modelo. Alias, começou com Collor. Esse modelo não tem chance de dar certo. Até quando?

    J G Borges
    Tubarão, SC

  9. Pois comigo aconteceu a mesma coisa, até o mesmo carro, o volvo c30. Só não era fabricada a peça no Brasil, mas saiu 5 vezes mais barato, mesmo pagando todos os impostos! Isso cheira a maracutaia, quando levamos na cabeça, pode crer, alguém tá levando algum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *