FHC destaca Dória e Huck para 2018 e esquece de Aécio, Alckmin e Serra

Resultado de imagem para fhc charges

Charge do Kacio (kacioart.br)

Pedro do Coutto

Numa entrevista de página inteira a Igor Gielow, Folha de São Paulo de segunda-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que os nomes do prefeito João Dória e do apresentador da Rede Globo Luciano Huck são o que existe de novo em matéria de candidaturas a presidente da República nas eleições de 2018. Com isso, concretamente, FHC pronunciou-se em favor do prefeito da cidade de São Paulo, já que a ideia de Luciano Huck só é traduzível como uma peça de humor. Huck, é bom frisar, em declarações recentes admitiu vir a ser candidato, mas tal afirmação não pode ser levada a sério. Luciano Huck nem sequer é filiado a nenhum partido. Dentro de seu projeto terá que se filiar até o final de setembro, pois as eleições são no início de outubro do próximo ano e a lei exige pelo menos um ano de filiação a uma legenda.

Isso de um lado. De outro, a candidatura Luciano Huck só pode ser colocada em termos de brincadeira, uma vez que ele sequer possui atividade política. Mas ao colocar seu nome no teatro da hipóteses, juntamente com João Dória, Fernando Henrique afastou de cogitações, pelo PSDB, os nomes de Geraldo Alckmin,Aécio Neves e José Serra, lembrando a citação de seus nomes na operação Lava-Jato.

DESALOJAR ALCKMIN – Foi uma maneira elegante de destacar João Dória e enfraquecer Geraldo Alckmin, pois como é possível que na Convenção Nacional dos Tucanos Huck, que nem tucano é, possa ter seu nome colocado à frente do nome do governador de São Paulo, e somente atrás da pré-candidatura João Dória?

O PSDB é um dos maiores partidos brasileiros, ao lado do PMDB e do PT, porém deve ser considerado o projeto do ex-governador Ciro Gomes candidatar-se pelo PDT. A candidatura do ex-presidente Lula, bem colocada na pesquisa do Datafolha para o primeiro turno vai depender de seu comprometimento junto à Justiça, uma vez que contra ele pesam diversas acusações relativas à prática de corrupção. Se não for impugnado, o ex-presidente da república concorrerá. Mas se sofrer restrição legal, para onde se deslocará a legenda do PT?

Ciro Gomes joga com a hipótese do afastamento de Lula para substituí-lo junto ao eleitorado do PT, que não possui outro nome para concorrer.

E O PMDB? – Já que estamos no terreno das hipóteses, como procederá o PMDB, outro grande partido estruturado em todos os municípios brasileiros e cujos votos em 2010 e 2014 foram decisivos para eleger a chapa Dilma Rousseff-Michel Temer. Inclusive vale lembrar pronunciamento de Michel Temer, quando ainda era vice-presidente da República, sustentando ser de opinião que o PMDB concorresse com candidato próprio à sucessão presidencial de 2018.

Na ocasião, poderia se pensar que Temer estava inaugurando uma alvorada para si próprio. Entretanto, ao ler-se a recente pesquisa do Datafolha verifica-se que tal hipótese está superada pelos fatos: 61% acham seu governo entre ruim e péssimo, enquanto apenas 9% o julgam entre ótimo e bom, 28% consideram-no apenas regular.

MAS QUEM? – Com um Datafolha assim, dificilmente o PMDB poderá lançar seu nome. Terá que escolher outro candidato. Mas quem? Só o tempo poderá dizer. Vai depender dos fatos que marcarem o desdobramento da Operação Lava-Jato. Afinal de contas a Lava Jato representa um marco histórico na vida brasileira. Porque, pela primeira vez, ladrões de casaca, para citar Hitchcock, ladrões de casaca estão sendo presos, processados e até condenados.

Sentindo que a operação Lava Jato representa esse marco, Fernando Henrique afirmou a importância do papel de Michel Temer como uma fonte de transição. Será um papel histórico ou não representará papel algum.  FHC classificou assim o atual governo do país.

12 thoughts on “FHC destaca Dória e Huck para 2018 e esquece de Aécio, Alckmin e Serra

  1. Isto demonstra que o ex-presidente FHC não conhece a dimensão do Brasil, governar um país como este, não é fácil e ele só fez privatizações, vendendo o país por bagatela, dando um prejuízo enorme, agora achar que Dória ou Luciano Huck ser presidente do Brasil, vejam que mente é esta, é por isto que este país não avança, só aparece idéias medíocres como deste senhor, o Brasil deve ser governado por quem conhece o país como um todo, não só São Paulo.

  2. Tal declaração é um puro atestado do quanto a classe política brasileira está desmoralizada. Aliás, está desmoralizada no mundo todo, daí, a ascensão de outsiders, quer se trate de outsiders legítimos como Trump ou Bepe Grillo, ou falsificados, como Macron (notei que até agora não saiu aqui na Tribuna da Internet nenhum artigo comemorando esse ‘triunfo da virtude’ na eleição francesa).
    Como candidato a presidente, o Flynn Rider de “Enrolados” provavelmente juntaria o midiatismo de Trump com o discurso insípido e inodoro e o bom-mocismo de fachada de Macron.
    Estou começando a achar que o Ciro Gomes pode ser uma opção preferível. Pelo menos ele tem personalidade. Além de já ter feito algum trabalho no Ceará.

  3. Para competir com Huck, só Xuxa, Roberto Carlos, Faustão, Adriane Galisteu, Luciana Gimenes, Gugu Liberato, a mulher dele, Angélica,
    Ronaldo – cognominado o Fenômeno (não sei de que) por Galvão Bueno e outros do mesmo nivel dos citados. Seria uma eleição durissima! É o Brasil.

  4. Por favor, não tempo a perder! Vamos esquecer FHC ou, pelo menos, seus recados. Vencido pelo tempo, com a mente embotada e a visão nublada, precisa sr respeitado. Afinal, foi ele próprio que pediu para “esquecermos o que escreveu”. Pois que esqueçamos que ainda está vivo. Vá descansar ex-presidente FHC. Aproveite para coçar a CABEÇA!

    • Fallavena,
      Esse ladrão desgraçado Filho de Uma Pátria devia tá puxando uma cana brava,no mínimo, (em Páises sérios seria fuzilado) ,tomando café de canequinha e quentinhas cheias com salitre..
      Mas…
      Estamos no Brasil..!!

  5. Boa Fallavena! É isso ai mesmo!
    O Dr. Ulisses tinha razão. A próxima legislatura será pior que a atual. É só olhar a catrefada que tomou conta dos partidos.
    SDS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *