Filha de Queiroz faz homenagem em rede social dois dias após a prisão do pai

Foi a primeira manifestação de Nathália após a prisão de Queiroz

Marcio Dolzan
Estadão

Uma das investigadas no suposto esquema de rachadinha no gabinete do então deputado Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Nathalia Queiroz, filha do ex-PM Fabrício Queiroz, postou em uma rede social neste sábado, dia 20, que está sentindo falta do pai. Foi a primeira manifestação dela desde a prisão de Queiroz, ocorrida na quinta-feira, em Atibaia.

“Pai, te amo e isso nunca vai mudar. Estou sentindo sua falta. Falta de te dar ‘bênção’ todos os dias. De sorrir e até de brigar com o senhor. Meu coração está despedaçado”, escreveu, em postagem no Instagram. Personal trainer de celebridades, Nathália tem mais de 11 mil seguidores naquela rede social, que atualmente tem acesso restrito.


CRÍTICAS – O texto foi publicado em cima de uma foto em que aparece uma mão feminina segurando um boné igual ao que Queiroz usou no dia de sua prisão. Em conversas por mensagem às quais o Ministério Público do Rio (MPRJ) teve acesso, Nathalia e a mulher de Fabrício Queiroz criticaram o fato de o pai ainda continuar tentando mandar na política mesmo sendo o principal alvo da investigação contra o senador Flávio Bolsonaro. Numa das mensagens, a filha de Queiroz chegou a dizer que o pai “não se cansa de ser burro”.

8 thoughts on “Filha de Queiroz faz homenagem em rede social dois dias após a prisão do pai

  1. Comovente.
    Por falar nisso , nosso coração e também nossos cofres públicos estão despedaçados., roubados e sem qualquer espectativa de que haverá total devolução do meu dinheiro.
    Em um país um pouco mais sério essa corja já tinha tomado 3 perpétua s.

  2. Rebeldia, tédio, carência. Todos esses fatores podem colaborar para o surgimento de um amor bandido. De qualquer forma, eles apontam para uma única causa: a falta de estrutura familiar.

    Falta de diálogo, carinho, limites ou mesmo maus tratos e muita repressão dentro de casa podem servir de ponto de partida para uma fuga rumo a esse tipo de amor. E o desejo de transgredir, nessas horas, fala mais alto.

  3. Seria essa a “assessora” do então deputado federal, seu Jair, que, apesar de lotada no gabinete do “ilustre” chefe da milicia em Brasília, com jornada de trabalho de 40 horas semanais, também era personal trainer no Rio de Janeiro?

    Desde longa data seu Jair já fazia maracutaia. Os seus filhos só colcaram, e colocam, em prática os ensinamentos do pai.

    Como diz o ditado.

    “Quem sai aos seus não degenera”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *