Filha de Queiroz transferiu para o pai quase 80% de seus salários no gabinete de Jair Bolsonaro

Nathalia, primogênita de Fabrício Queiroz, retoma rotina nas redes ...

Nathalia era funcionária fantasma e não trabalhava

Deu em O Globo

Filha do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, a personal trainer Nathália Queiroz repassou a maior parte de seu salário para o pai, Fabrício Queiroz, quando ainda trabalhava no gabinete do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Dados da quebra do sigilo de Nathália obtidos pelo jornal “Folha de S. Paulo” corroboram a revelação feita pelo Globo, em março do ano passado, de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou transferências bancárias de 80% de seus vencimentos para Queiroz entre junho e novembro de 2018, quando trabalhava para Bolsonaro.

De acordo com a reportagem da “Folha de S. Paulo”, Nathália transferiu R$ 150,5 mil para a conta do pai de janeiro de 2017 a setembro de 2018, quando estava lotada no gabinete de Bolsonaro. O valor equivale a 77% do que ela recebeu na Câmara dos Deputados no período.

RELATÓRIO DO COAF – O nome de Nathália veio à tona pela primeira vez quando um relatório do Coaf apontou que seu pai movimentou R$ 1,2 milhão entre 2016 e 2017. O documento identificou que ela fez repasses a Queiroz em um total de R$ 97,6 mil ao longo do ano de 2016, quando ainda era assessora de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Com a quebra de sigilo, os promotores, diz a “Folha”, também identificaram repasses de Nathália de ao menos 82% de seus vencimentos para Queiroz quando ela trabalhava no gabinete de Flávio, na Alerj, de dezembro de 2007 a dezembro de 2016. Nesse período, foi da liderança do PP, do setor de notas taquigráficas e, a partir de 2011, passou a trabalhar com Flávio.

DINHEIRO EM ESPÉCIE – O relatório do Coaf obtido pelo GLOBO no ano passado classificou a movimentação financeira de Nathália no período como “aparentemente incompatível com a capacidade financeira da cliente”. Além disso, o órgão apontou como ocorrência ainda o “uso do dinheiro em espécie” para “inviabilizar a identificação da origem e real destino dos recursos”. Nesse período, ela efetuou 23 saques em dinheiro no total de R$ 11.950.

Por meio de nota enviada à “Folha”, a defesa de Queiroz afirmou que os repasses seguiam a lógica de “centralização das despesas familiares na figura do pai”.  A Presidência da República não quis comentar o caso.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) sobre a prática de “rachadinhas” na Alerj — quando servidores devolvem parte dos salários aos deputados que os nomearam. Ele foi preso em junho deste ano , mas teve prisão domiciliar concedida  pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha.

HABEAS CORPUS – Na segunda-feira, a defesa de Queiroz protocolou seu primeiro habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), distribuído ao ministro Gilmar Mendes, pedindo a revogação da prisão domiciliar dele — ou seja, que ele fique sem nenhuma restrição em sua liberdade.

O ministro Gilmar Mendes, antes de decidir, preferiu pedir informações ao Ministério Público do Rio de Janeiro.

9 thoughts on “Filha de Queiroz transferiu para o pai quase 80% de seus salários no gabinete de Jair Bolsonaro

  1. Agora vejam vocês.

    O Carluxo tinha um “assessor” em seu gabinete que trabalhava em casa com salário de R$16 mil para fazer sabem o quê? Distribuir panfletos sobre o mandato de Carlos Bolsonaro.

    O mais engraçado é que nem seu Jair nem seus filhos falam nada sobre o assunto.

    Além disso, ordena seus robôs a não entrarem nas matérias que divulgam as falcatruas da família.

    O país está, ou sempre esteve, em mãos de bandidos.

  2. Bolsonaro tem 37% de aprovação , dá – lhe bolsonaro . o melhor presidente do brasil . obs: pegou o país destruído é está mudando a história desse país . o povo não e bobo e saber reconhecer que ele e o melhor presidente do brasil / vai ficar na história do brasil . obs: a critica é valida mas amanhã vão te procurar para te pedir autorização para escrever a sua historia como o melhor presidente do brasil .

        • Diario do Brasil? E você acreditou? Tolinho!

          “Os blogs do grupo surgiram no levante antipetista e surfaram a onda do impeachment, e depois ajudaram a engrossar o coro lava-jatista e bolsonarista. Hoje, alguns não escondem seu apreço por autoritarismo e intervenção militar, tudo regado a boas doses de sensacionalismo e meias-verdades – ou a mentiras inteiras. Entre os exemplos citados pelo ex-blogueiro, estão os sites Diário do Brasil, Jornal do País, Notícias Brasil Online e Pensa Brasil, ainda no ar, e Brasil Verde Amarelo e The News Brazil, hoje desativados.
          Fake News a R$25 mil por mês: como o Google treinou e enriqueceu blogueiros antipetistas.
          O Diário do Brasil e o Jornal do País, que seguem no ar com uma agenda fortemente bolsonarista, ainda veiculam anúncios pelo AdSense. São exibidos ao lado de notícias como “General do Exército cogita ‘intervenção cirúrgica’ no país” e “Uma rede de televisão não pode citar o nome do presidente em um caso de morte e não ser punida”. Informações mentirosas, de tom alarmista, conspiracionista ou, no mínimo, bastante questionáveis.” (theintercept.com)

        • “É falso que cloroquina tenha salvado 100 mil vidas no Brasil, como diz Bolsonaro.
          Ao contrário do que afirma o presidente, não há comprovação científica de que a droga evite mortes por Covid-19” (folha.com.br)

  3. Parabéns, Fabrício Queiroz, pelos valoRe$ de família que inculcaste em tua querida filha. Senso de gratidão pelos pais é algo em extinção, nos dias atuais! Tua bebezinha ainda é do tipo que restitui com gratidão o que recebeu do papito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *