Flávio Bolsonaro diz que prisão de Queiroz foi feita para atacar Bolsonaro: “A verdade prevalecerá!”

Flávio diz que encara “com tranquilidade” a prisão de Queiroz

Daniel Gullino
O Globo

 O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmou encarar com “tranquilidade” a prisão do seu ex-assessor Fabrício Queiroz, ocorrido na manhã desta quinta-feira. Flávio afirmou que a prisão foi feita para “atacar” seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, argumentando que durante seus 16 anos como deputado estadual “nunca houve uma vírgula” contra ele, mas que isso mudou após a eleição de Bolsonaro.

“Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecerá! Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro. Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim.Bastou o Presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!”, escreveu Flávio no Twitter.

SEM COMENTÁRIOS – Bolsonaro não fez, por enquanto, nenhum comentário sobre a prisão. De manhã, ele saiu do Palácio Alvorada sem falar com apoiadores, como faz quase todos os dias.

Já outro filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), compartilhou uma publicação que traz uma lista de outros deputados investigados pela mesma suspeita — um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) — e questiona porque apenas Queiroz foi preso. “Realmente é um fato no mínimo intrigante…”, escreveu Eduardo.

OPERAÇÃO ANJO – Fabrício Queiroz foi preso na na manhã desta quinta-feira em operação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil de São Paulo denominada Anjo, apelido do advogado de Flávio, Frederick Wassef. O endereço onde Queiroz foi preso está em nome de Wassef, que atua também na defesa de Flávio no procedimento de investigação criminal.

Flávio é investigado junto com Queiroz no inquérito que apura a possível rachadinha. Ele esteve no gabinete de Flávio na Alerj entre 2007 e 2018 e, no período, emplacou sete parentes na estrutura. O ex-assesor passou a ser investigado após o Conselho de Controle de Atividades Financeiras enviar um relatório mostrando uma “movimentação atípica” dele de R$ 1,2 milhão, entre 2016 e 2017.

Questionado sobre a movimentação atípica em sua conta, Fabrício de Queiroz afirmou que suas transações financeiras eram fruto da compra e venda de veículos usados. Porém, além da movimentação de R$ 1,2 milhão, o ex-assessor da Alerj também entrou no radar do Coaf por outros R$ 5,8 milhões movimentados nos últimos três anos. Somados, os valores somam transações atípicas de R$ 7 milhões.

16 thoughts on “Flávio Bolsonaro diz que prisão de Queiroz foi feita para atacar Bolsonaro: “A verdade prevalecerá!”

  1. À
    medida que a Familícia Bolsonavírus vai sendo demonizada, já se fala em canonizar Lula vivo!
    Seria mais santo do pau oco para nós, nordestinos!

  2. Flávio não sabe nada de politica, e a confunde com poder e dinheiro. Vai mal.
    Está na vida pública pela mão do pai que é outro que confunde as mesmas coisas. Não gosta de estudar, é um Luiz Inácio melhorado, mas burro como o tal.
    Vão dar com os burros n’agua, e estão perto do aguaceiro.
    Os vinte e tantos anos de Bolsonaro na câmara só o enfureceu porque em vez de tratar dos interesses do povo que lhe paga, tratou de enricar, e levou a família para o buraco da corrupção desenfreada a ponto de enlouquecer.
    Daqui para frente, vai dar murros em ponta de faca, e sua língua estará afiada para falar mais mentiras. Pior para ele, mas sua queda deixará feliz toda a nação, exceto aqueles, os mesmos aqueles.

  3. Assunto requentado que só alimenta o fetiche dos alucinados militantes petralhas e dessa imprensa rola bosta que insistem em repercutir as fake news fabricadas pelo PT e pela Globo.
    Faz mais de 2 anos que essa tal rachadinha ocupa grande espaço nos jornalões, e nada acontece…. nem qualquer acusação por parte do MP… só difamação e jogo de cena pra enganar trouxas. Se houvesse algo que incriminasse o ex assessor isto já teria sido motivo de acusação formal pelos órgãos competentes e essa lenga lenga não precisaria se arrastar por dois anos, lembrando que é sobre fato em 2016 e com o agravante de ser motivado por movimentação SUSPEITA de 1.2 milhão de reais!!! Um milhão e duzentos mil reais movimentados, ao longo de todo o ano.. A movimentação do deputado Siciliano do PT, à mesma época, foi de 30 milhões!!! Não houve suspeitas contra ele por ser petista ou por ele ser presidente da Câmara?? Ou por não ser filho do maior inimigo político desse Mecanismo pútrido e agonizante?

    Fato gravíssimo ocorreu com o jornal Folha Política que foi FECHADO por ordem do ministro infame de imorais, num atentado brutal à liberdade de imprensa! Haverá solidariedade dos colegas jornalistas ou qualquer menção de repúdio por parte da grande mídia e da ABRAJ, contra essa agressão à um veículo de imprensa, sem precedentes neste país?

    O Brasil está refém de uma ditadura do judiciário, comandada pelos indicados políticos que militam no stf, nefasta aos interesses nacionais e que tem como objetivos prementes a proteção daqueles que os nomearam e a perpetuação do Mecanismo que mantém este país subdesenvolvido e eterno emergente..
    A paridade de forças entre os Poderes está absolutamente desigual, quando deveriam ser independentes conforme estabelece a CF.
    À quem recorrer quando o vigia que vigia o vigia se acumplicia com o vigia?
    ONU? Papa? Trump? Putin? Intervenção alienígena?

    • Rodrigo Carvalho aprendeu bem as técnicas petistas de tergiversação, de distorção da realidade, de atacar a imprensa livre e defender blogs sujos pagos com dinheiro público, dentre outras mais.

      E as usa como bovino seguidor bolsonarista para defender o seu “mito”. Ocorre que este também é um bandido chefe de quadrilha, e sua casa está caindo.

  4. Esse fazia “Jornalismo” ou fake news (?)

    Daqui a pouco o Jornal da Cidade Online entra na mira.

    Sabe-se que faz jornalismo fake news profissional

  5. O Aécio Neves, carregava toneladas do pó em seu helicóptero, e o Major (preso) na Espanha com carregamento na comitiva Presidencial, não são eles comunistas…

    • Seu Leão.
      O cara preso na Espanha era segundo sargento comissário de bordo, não era major. Estava numa aeronave de apoio como de praxe e não no avião presidencial. Alem de preso no exterior responde por crime na Justiça Militar.
      Por favor, seja um leão altaneiro no cimo de uma colina, mas não seja um mentiroso na baixada.
      A sua ânsia de apedrejar te coloca como difusor de fake news.
      Sei que até oficiais e oficiais generais já foram punidos pela justiça militar, quando ao caso do Aécio, isso fica por conta da justiça feita pelos ministros do STF nomeados pelos “socialistas bolivarianos” que há pouco tempo mamavam no úbere pródigo da viúva despudorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *