Fogo no circo! A polarização do Brasil extrapola fronteiras e incendeia a região

Resultado de imagem para PROTESTO NO CHILE"

Os protestos são provocados pela desigualdade social

Eliane Cantanhêde
Estadão

A Bolívia ia bem à esquerda, o Chile era um exemplo na centro-direita e, de repente, os dois regimes implodem, com o povo na rua, a oposição fortalecida, os governos acuados. O que há em comum entre eles? A insatisfação crônica da sociedade, que agora usa o poder das redes sociais e cria falsos mitos para por fogo no circo.

Foi-se o tempo dos movimentos que se alastravam em ondas e na mesma direção na América do Sul. Hoje é de cada um por si, com eleições incertas no Uruguai, a volta do nefasto kirchnerismo na Argentina e protestos grandiosos no Chile, Bolívia, Equador e Peru. Sem falar na estraçalhada Venezuela.

E O BRASIL? – O mundo abriu os olhos. E, quando se olha para a América do Sul, depara-se com o Brasil, o maior, mais rico e mais populoso país da região, o que costumava dar as cartas e agora vive suas próprias tensões internas, sujeito aos reflexos das crises ao redor.

Aqui também se dá, como nos vizinhos, mas sem confrontos de rua, tiros e mortes, o grande embate entre a velha esquerda e a nova direita, entre o populismo de Lula e um Bolsonaro que tenta se equilibrar entre o seu reacionarismo e o neoliberalismo de Paulo Guedes.

Os 13 anos de Evo Morales na Bolívia trouxeram desenvolvimento e inclusão social. Enquanto o Brasil passou por dois anos seguidos de recessão e patinou em 1% de crescimento ao ano, a pequena Bolívia, país mais pobre da região, atingiu a média de 4,9%. E, se o Brasil atravessa governos e regimes à direita e à esquerda sem efetiva inclusão social, organismos internacionais atestam que a Bolívia reduziu a miséria à metade.

O GRANDE ERRO – Então, o que deu errado? O grande erro de Evo Morales, o mais pragmático dos “bolivarianos”, foi institucional. Foi a crença de que só ele é capaz de “salvar” o país. Foi assim, seguindo os passos de Hugo Chávez, que ele driblou a decisão popular contra um quarto mandato e ganhou num Judiciário amigão o direito de concorrer. Daí à denúncia de fraude foi um pulo.

A sociedade reagiu dando palanque para os líderes de oposição e pedindo a interferência ainda velada das Forças Armadas. Mas a guinada começa mal. Além do gesto da renúncia, Morales pediu aos adversários que pacifiquem a nação, mas o oposicionista Luís Camacho radicalizou, exigindo a prisão dele e seus aliados. Para que? Se Morales, o vice, o governo e a cadeia sucessória ruíram por inteiro, isso só serve para acirrar os ânimos. Vitoriosos devem ter grandeza.

DESIGUALDADE – No Chile, como já explorado, a questão não foi política e social, na medida em que os indicadores iam bem, mas o povo ia mal. Diz-se que quem tem fome tem pressa. E quem está na base da pirâmide grita que as fórmulas de crescimento não estão gerando igualdade e inclusão.

Os ingredientes e as palavras de ordem já pipocavam no Brasil e emergem com força quando Lula sai da cadeia atacando os três pilares do governo: Bolsonaro, Guedes e Moro. O governo contra-ataca com uma arma válida contra Cristina Kirchner na Argentina, mas é acessória no Chile e na Bolívia: o combate à corrupção. Lula acusa o regime Bolsonaro de antipovo, Bolsonaro e Moro martelam que Lula é “condenado” e “criminoso”.

Não se trata de um debate sobre o que é melhor para o País e para todos, mas uma guerra de acusações e de desconstrução de adversários, em que vale tudo, principalmente o jogo sujo das fake news. Isso piora muito porque Lula precisa de Bolsonaro para reanimar sua tropa e Bolsonaro usa Lula para reaglutinar o bolsonarismo.

Quem quer investir numa confusão dessas, que vem de fora para dentro, mas encontra campo fértil dentro do próprio Brasil?

29 thoughts on “Fogo no circo! A polarização do Brasil extrapola fronteiras e incendeia a região

  1. Disse tudo, principalmente quando diz que os vitoriosos precisam ter grandeza. É o que está faltando a este governo, o boçal continua em campanha, não se deu conta de que não é mais deputado, e precisa trabalhar, ser prático e deixar de fazer tanta demagogia barata. E nem vou perder tempo falando dos três zeros .do 51 não digo nada, não me preocupa com ex-presidiário

  2. Enquanto isso, o Brasil de verdade, que nao quer saber desse esgoto, Lula, Bozocraudio, corrupção, violência, trabalho e justiça, fica de escanteio amargando mais um ano perdido com lorotas e patifes….

  3. Capciosamente pouco falou do Peru, aonde ainda em março o congresso destituiu todo o STF deles.
    E agora em outubro, quando o presidente dissolve o congresso, a população apoia de forma esmagadora.
    TODA a mídia ativista esconde o Peru, com medinho do exemplo que isso pode gerar no Brasil.

  4. A grandeza é seletiva, Catanhede mistura meias verdades com mentiras inteiras, qual grandeza tiveram os bolcheviques cancelando o CPF da família imperial russa? Qual grandeza de Fidel outro grande cancelador de CPF? Pol Pot, Mao, Enver?
    Comunista quando se lasca exige grandeza do vencedor, quando vence cancela CPF.
    Se essa Eliane fosse ucraniana e tivesse seus parentes dizimados pela fome de Holodomor certamente não jogaria sapo morto na sopa dos outros.

  5. Esses conflitos violentos são provocados pela esquerda na sua sanha pelo poder político…totalitário….eterno como queria Evo Morales, como nas suas artimanhas de mudar a constituição inúmeras vezes.

    Falou que é mentira, roubo e violência é com a esquerda.
    Aqui mesmo no Brasil se vê isto: mais de 5 milhões de cidadãos que só querem um país em paz e normal, não quebraram um copo de vidros nas manifestações que fazem, enquanto a esquerda, com poucos milhares de fanáticos , quebram tudo, colocam fogo, invadem propriedades, fecham estradas e até matam como fizeram com o fotógrafo da Band.

  6. Essa de igualdade e outras mediadas que a esquerda prega é apenas pretexto para tomar o poder.

    Trump, por exemplo, que não é de esquerda e portanto um “demônio” para ela, reduziu o desemprego nos EUA em 3,5%. O menor em 50 anos. Mas mesmo assim , sacerdotes e líderes da esquerda como Chomski e Bernie Sanders, pregam suas mentiras, invertendo a realidade dos fatos.

  7. Deu no Estadão de hoje:

    HERDEIRO DE D. PEDRO II BUSCA PRINCESA PARA MANTER A DINASTIA.

    E aí Bozocráudo, nao sobrou dedo pra mais uma aliança? Talvez o dedo onde ficava a do casamento com seu Vice?????

    Ou então encaminhe o zero coisa nenhuma lá, um carlucho por um cartucho real, que acha?
    Que se ele consegue seguir à risca os ensinamentos do pai, certamente deve ter a capacidade de engravidar um herdeirozinho, futuro herdeiroREInca da Brasilda encrenca que o paspalho mór está gestando….

    • Príncipe em república, pior que seja, equivale a nada, zero, sem castelo e palácios com suas terras, sem coroa, sem reino, sem trono, resumindo, Zé-Ruela com título inútil, monarca de araque!Obs.: não esquecendo dos antepassados que fugiram de Napoleão com o rabo entre as pernas, com ajuda dos ingleses, trazendo para nossas terras o que existia de pior nas cortes européias, fatos historicamente comprovados.

      • E, principalmente, que para voltar para Portugal encheram o rabo dos Ingleses de ouro e diamantes, criando o inicio da divida externa “eterna”….

        Voce acha que eu vivo no bem bão aqui na Englana sem ver um buraco nas ruas, com que dinheiro?
        Grande parte disso tudo foi financiado com as riquezas das Minas Gerais….

        Mas os que enganam e roubam no Brasil ficam super bem de touca nobre, respaldados Pela TFP, família tradição e propriedade, esses escroques cheios de brasões, fuzuês, oligarcas de merda que vem “reinando” por essas terras ha muito tempo, servidos por uma população carente, vassala, semi-escrava, que trabalha para eles por qualquer mixaria para não passar fome…

        E o que mais tem no Brasil e idiota querendo ser nobre, ganhar na Loto, e imitar os carrascos que os dominam….

        Festa em Itaipava para todo mundo! Cavalos Lamborghinis e loiras burras, um hot dog, um boné do Trump, e agora, com o Bozoleta, um churro mofado, empalando a festa da gáwléwra ….
        TREMENDO BOZÓDIO!!!

        Ate outro dia tinha quem chamasse a muié do Bozo de Lórda!

        E o 03 dizendo que vai governar um estado brasileiro é complexo de pé rapado!

  8. A questão dos bons índices econômicos bolivianos é que o país era tão miserável que qualquer crescimentozinho se torna grandioso, sem contar que expropriou empresas estrangeiras, inclusive o gasoduto da Petralhobrás, pra alegria da cambuta (cambada de F. da P.) lulista.

  9. É preciso tirar o doido ou ele fará o que os ajuizados não tiveram coragem;

    “Brasil retomará pico de atividade e grau de investimento em 2021, diz Itaú
    Para chegar à conclusão, o banco toma como base cenário de juros em queda, inflação comportada e andamento de reformas que visam melhorar a situação fiscal.”

    https://exame.abril.com.br/economia/economia-brasileira-deve-voltar-ao-pico-em-2021-diz-itau/

  10. O governo de esquerda do Evo Morales defendeu os interesses do seu país e fez uma política voltada para os mais pobres. É bem diferente do governo do PT que se denominaram erradamente de esquerda.
    Evo Morales não roubou, a Bolívia a mais de 10 anos vem crescendo a uma média anual de 5%, muito superior a dos EUA e dos países sul americanos. Em 2006 Evo Morales nacionalizou gás e o petróleo, expropriou as refinarias da Petrobrás e o Brasil passou a pagar royalties maiores pelo gás que explora no país.
    As elites tanto faz da Bolívia, do Brasil, ou de qualquer parte do mundo, querem primeiro ser beneficiadas pelo governo. a população pobre que fica em segundo.

  11. Ao menos a Cantanhede não incorreu no vício comum de nosso tempo, de julgar eventos em função exclusiva de preferências ideológicas, chamando protestos populares de golpes ou de atos heróicos, conforme se gosta ou não do governo atingido. De fato, tem havido um desgaste generalizado da ordem na América do Sul, porque os governos tem se afastado dos anseios populares e se preocupado exclusivamente com seus próprios interesses.
    Só não sei a responsabilidade da atual confusão na Bolívia é tão exclusiva assim da oposição. A impressão que dá pelo noticiário é que tanto evistas quanto seus oponentes estão jogando lenha na fogueira.

  12. Árabes , Comunistas e Fascistas, não sabem o que é alternância de poder. Só largam o poder na marra ou mortos.
    Kadafi, Anuar Sadat, Arafat, Saddam ,Reza Pavlev, Komeini.
    Lenin, Stalin, Ceausescu, Fidel Castro, Evo Morales, Chaves, Maduro, Khrushchov, Brejnev.
    Mussoline,Adolf, Vargas, Goulart, Peron.
    .

  13. Apesar de sair derrotada desta primeira apuração, a Frente Ampla obteve um resultado surpreendente em relação ao que apontavam as projeções dos institutos de pesquisa para este segundo turno. De acordo com os informes, previa-se uma diferença entre 5 a 10 pontos percentuais de vantagem para o opositor Lacalle Pou mas a diferença foi de apenas 30 mil votos sobre Daniel Martinez, candidato da Frente Ampla de José Mujica. https://dialogosdosul.operamundi.uol.com.br/eleicoes/61828/reacao-da-frente-ampla-surpreende-no-uruguai-e-votos-vao-para-recontagem

    Afinal, o que teria ocasionado mudança tão drástica das tendências consolidadas da vitória cantada como líquida e certa do direitista Lacalle Pou? A resposta pode estar no general Guido Manini Ríos. Com seu extremismo ideológico e uma postura fascista genuína, ele assustou a população uruguaia, inclusive os setores anti-frenteamplistas sabedores de que mesmo mesmo a pior democracia é sempre melhor que qualquer tirania macabra. Na antevéspera do segundo turno, este ex-candidato presidencial e senador eleito pelo Cabildo Abierto divulgou vídeo demonizador e infame exortando militares a não votarem em Daniel Martínez. https://dialogosdosul.operamundi.uol.com.br/america-latina/61837/extrema-direita-uruguaia-ameacou-eleitores-via-whatsapp-para-ganhar-votos-para-lacalle-pou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *