Força-tarefa descobre mais corrupção ligada a José Dirceu e Renato Duque

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/wp-content/uploads/sites/41/2016/02/dirceu-interroigado.jpg

Pelo jeito, Dirceu só sairá da cadeia daqui a uns 200 anos

Julia Affonso, Ricardo Brandt e Fausto Macedo
Estadão

O empresário Flávio Henrique de Oliveira Macedo, um dos donos da Credencial Construtora Empreendimentos e Representações – principal foco da Operação Vício, 30ª fase da Lava Jato – declarou à Polícia Federal que realizou saques de altos valores, entre R$ 50 mil a R$ 90 mil, para cobrir despesas ‘com casamento, lua de mel’. Flávio Macedo, preso preventivamente no dia 24 de maio, depôs na segunda-feira, 21, na Polícia Federal em Curitiba, base da Lava Jato. Ele foi questionado pelos investigadores sobre os saques em espécie que fazia com o sócio Eduardo Meira.

Segundo a PF e a Procuradoria da República, a Credencial foi utilizada para viabilizar o pagamento de propina ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (Governo Lula) e seu irmão, o advogado Luiz Eduardo de Oliveira e Silva.

NA BOCA DO CAIXA – De acordo com as investigações, a Credencial recebeu mais de R$ 30 milhões, não declarou nenhum empregado, e os sócios sacaram na boca do caixa a maior parte dos recursos.

Em seu depoimento, Macedo disse, segundo registrou a PF. “Informou que realizou saques de altos valores, cerca de R$ 50 mil a R$ 90 mil, para arcar com despesas de construção de sua residência, que foi iniciada em 2007 e concluída em 2013, além de despesas com casamento, lua mel, etc.”

Para a força-tarefa da Lava Jato, há indicativos de que a Credencial é uma empresa de fachada. A sede declarada da empresa, no bairro do Sumaré, em São Paulo, é o endereço residencial de Eduardo Meira.

PRESOS EM CURITIBA – Os donos da Credencial foram os únicos presos da Operação Vício. Eduardo Aparecido de Meira e Flavio Henrique de Oliveira Macedo estão presos em Curitiba.

Segundo a PF, a companhia transferiu valores para o grupo político do PT que mantinha Renato Duque na Diretoria de Serviços da Petrobrás.

A Procuradoria sustenta que o irmão de Dirceu, advogado Luís Eduardo Oliveira e Silva, indicou ao lobista Julio Camargo a Credencial para fazer o repasse de propinas.

Segundo Julio Camargo, a propina de 25% para Dirceu saiu de um total de R$ 6,679 milhões, valor repassado “sem causa” para a Credencial.

DIRCEU E DUQUE – A PF aponta ‘fortes indicativos’ da participação do ex-ministro da Casa Civil e de Renato Duque nos ilícitos. Ambos foram recentemente condenados pelo juiz federal Sérgio Moro a penas de 23 anos e 10 anos de prisão, respectivamente. A pena de Dirceu foi reduzida para 20 anos de prisão porque ele tem 70 anos de idade.

Renato Duque também já foi condenado em outras duas ações penais. A soma das sanções a ele aplicadas chega a 50 anos, 11 meses e 10 dias de prisão.

O criminalista Roberto Podval afirma que o ex-ministro Dirceu nunca recebeu propinas.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como diria Silvio Santos, foi tudo por dinheiro. Nada faltava a José Dirceu nem a Renato Duque, mas eles queriam mais, sempre mais. E como perguntaria Miguel de Cervantes, para quê? Para nada. (C.N.)

6 thoughts on “Força-tarefa descobre mais corrupção ligada a José Dirceu e Renato Duque

  1. O ETERNO PATRIMONIALISMO RENITENTE …..

    Pode Isso?

    Ministro nomeia sócia para rever contratos de escritórios de advocacia
    Por Fábio Fabrini
    22/06/2016, 05h15
    ———————————

    O ministro da Transparência, Torquato Jardim, nomeou sua chefe de gabinete, Lilian Brandão para coordenar grupo de trabalho que vai rever contratos de estatais com escritórios de advocacia. Ela é sócia do ministro na banca de advogados que ele mantinha ativa até assumir o cargo. Lilian ainda integrará outros três grupos, entre eles o que vai propor regras para regulamentar o lobby no governo.
    Siga a Coluna do Estadão:
    No Twitter: @colunadoestadao

  2. E Lula, Dilma, Petralhas Unidos não sabiam de nada ! A dinheirama saiu pelas janelas da Petrobrás, BNDES,BB<CEF, e todas as Estatais pela janela numa ventania sem fim, e os Comandantes do país não viram nada e nem sabiam de nada, todo mundo ficou rico sem saber como, será que o STF também vai referendar essa inocência depois dos roubos trilhionários dos petralhas, provados e comprovados, delatados, explicitos, confessos nesse verdadeiro mar de lama que virou o Brasil ???? QUE DEUS NOS PROTEJA !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *