Frei Betto dá adeus às ilusões

Na Flip, Frei Betto e o escritor cubano Leonardo Padura

Bernardo Mello Franco
Folha

Para o escritor Frei Betto, o modelo de crescimento da era Lula ajuda a explicar a rejeição galopante ao PT e a Dilma. Enquanto sobrava dinheiro, diz ele, o governo apostou na inclusão social pelo consumo e não investiu o que devia nos serviços públicos, como saúde, transporte e educação. Agora que a festa acabou, quem pensava ter melhorado de vida percebeu que boa parte do bem-estar era ilusória.

“Essa inclusão não tinha lastro econômico e criou uma nação consumista”, afirma o dominicano. “As pessoas estão chateadas porque não podem mais viajar de avião, ir ao restaurante, fazer a mesma compra na feira. A raiva vem daí. Tiraram o sorvete da boca da criança.”

Empenhando em lançar na Flip seu 62º livro, “Paraíso Perdido” (Rocco), Frei Betto também está desiludido com o partido que apoiou em tantas eleições. “O PT trocou um projeto de Brasil por um projeto de poder. Agora paga pelos erros que cometeu”, critica. Ele diz que o petismo está imobilizado pela coalizão que montou para governar. “O PT construiu uma base fisiológica, não ideológica. Depois do mensalão e do petrolão, alimentar esse sistema ficou mais difícil.”

APOIADO NOS INIMIGOS

Ex-assessor de Lula no Planalto, o escritor lamenta que o partido tenha se afastado dos movimentos sociais. “O PT resolveu se apoiar nos inimigos. Antes, criticava o mercado e o Congresso dos 300 picaretas. Agora é refém dos dois e não sabe como sair do impasse.”

Em Paraty, ele trocou ideias com o romancista Leonardo Padura e comparou o que vem pela frente ao chamado período especial de Cuba, após o fim da União Soviética. “Guardemos o pessimismo para dias melhores”, brinca. A sério, Frei Betto diz que a situação é “muito crítica”. “Não vejo uma luz no fim do túnel.”

O ajuste fiscal, avisa o escritor, só vai agravar a insatisfação dos mais pobres e a rejeição ao governo e ao PT. “A Dilma só tem uma saída: povo na rua. Mas agora quem vai para a rua defendê-la?”, questiona.

10 thoughts on “Frei Betto dá adeus às ilusões

  1. BASTA DE REPÚBLLICA 171, SEJA PARTIDARISTA-ELEITORAL, SEJA GOLPISTA-DITATORIAL, SE TIVER GOLLPE VAI TER LUTA ( Legião Unida de Trabalhadores Amigos), digo, RPL-PNBC-ME. “Não existe um partido político hoje no Brasil mais pronto e preparado para conduzir o destino desse país, e mais rapidamente possível corrigir os equívocos desse governo, do que o PSDB”. Conte agora aquela do papagaio , Aécio. Kkkkkkkkk…kkkkkkkkkk… kkkkkkkkkkkkkkkkkkk… E quem foi que disse a esse ” boi sonso” do Aético, que de sonso só tem a cara e até por isso não consegue varar a cerca popular, que a maioria da população do Brasil , cerca de 70%, continua querendo ser governada por partidos, pior ainda pelo PSDB ou PMDB, os pais da malandragem partidária-eleitoral e golllpista-ditatorial velhaca$, aos quais o PT tb se misturou, infelizmente ? Mineirinho …e seu PSDB, enquanto bilhetes já corridos e bananeiras que já deram os seus cachos estão frenéticos e oferecidos demais da conta para tomarem de assalto o poder federal, outra vez, via “impeachment”, agora por mais 33 anos (igual SP) onde já estiveram e onde armaram a lambança que aí está agora explodindo nas costas do povo com o PT de gaiato no navio demotucano furado, a nosso ver. Ademais, se os guardiões da Constituição, regiamente remunerado$ pelo sangue, suor e lágrimas do povo, não há respeitam o povo tb não pode ser obrigado a respeitá-la. Você$, do partidarismo-eleitoral e do gollpismo-ditatorial, velhaco$, dos quais, no Brasil, somos todos vítimas e reféns há 125 anos, desta feita, estão todo$ amarrados no pé da cajarana. E não é por mim não, um simples mortal, é por Deus na causa. Somos pela Mega-Solução, pelo novo caminho para o novo Brasil de verdade, somos a maioria (70% do povo brasileiro), que saiu às ruas em Junho de 2013, e exigimos respeito, do jeito que respeitamos todas as minorias, e, até por isso, avisamos a todos os navegantes: SE TIVER GOLLPE VAI TER LUTA.

  2. O que se deduz do palavrório do tal de frei Betto, é que o PT não recebeu herança maldita nenhuma. Recebeu,
    isto sim, um pais saneado financeiramente, com uma lei de responsabilidade fiscal que equilibrava as contas públicas e preparava o pais para o desenvolvimento.
    Agora vem a confissão. O PT não investiu o dinheiro que recebeu. Gastou irresponsavelmente, com um projeto de poder delirante, arrebentou com as finanças públicas. Esta ai o resultado e os petistas honestos,
    passam a reconhecer o descalabro criado no pais.
    O lula, agora vai reclamar do que? Herança maldita? Ou da própria incompetência e arrogância? Ou ainda
    da criatura, que ele criou, mas que agora não sabe mais o que fazer.
    O mal que o petismo fez ao pais, vai levar muito tempo para ser reparado.

  3. Frei BETTO é um grande Escritor, e a meu ver, mau Político. Sensível a má distribuição da Renda e da Riqueza na América Latina, (México até Terra do Fogo), querendo corretamente elevação do Padrão de Vida de TODO o Povo, achou que a solução seria o Socialismo ( Propriedade Estatal dos Meios de Produção; Escolhas Coletivas; e Dirigismo via Plano Central), tal como aplicado em Cuba a partir 1961. Achando Frei Betto, que Cuba assim, tinha acabado com a exploração da Mais-Valia, a Produção iria crescer muito, e sua Distribuição facilmente iria permitir um Salário de Classe Média, ( +- US$ 40.000/Ano, ou +- R$ 10.500/Mês), a cada Cidadão. Depois de 55 anos de prática, o Regime Cubano mostrou que só produz para um Salário médio de +- US$ 360/Ano ou R$ 95/Mês + Escola/Dentista/Hospital?Remédio… grátis. Cuba necessita importar hoje, mais de 40% de sua Comida. E nem se pode dizer que há igualdade na POBREZA, porque a Classe Dirigente/Segurança, os +- 7% que pertencem ao Partido Comunista, para o qual TODOS querem entrar, mas que não tem vagas, constituem uma NOBREZA, enquanto os restantes +- 93%, a PLEBE. Cuba porém deixou um bonito legado a Nós, que foi mostrar aos arrogantes Anglo-Saxões, que Nós Latinos também sabemos Lutar e Vencer.
    E o que é mais triste, segundo a visão de Frei BETTO, é que Cuba está seguindo a estratégia Chinesa de instalar em seu Território, Zonas de Processamento Especial, a primeira das quais, a do Porto de Mariel a +- 40 Km de Havana e com Área de 250 Km2, financiada pelo Brasil, e onde imperará o mais selvagem Capitalismo. Ninguém é obrigado a ir ser EXPLORADO nessas ZPEs, mas a “coisa está tão preta em Cuba” , que não faltarão Candidatos.
    Frei BETTO deveria voltar os olhos para os Países Escandinavos, Singapura, Coreia do Sul, etc, para buscar boas inspirações, para o seu nobre Objetivo. Abrs.

  4. A máscara caiu. A verdade se faz!
    Brincaram de governar. Uma sociedade inculta e irresponsável atitou o país numa aventura. Sacrificou o sofrimento de décadas e os ganhos de uma moeda que dava certo, em apenas 12 anos.
    O PT apodreceu na corrupção e no roubo.
    Deram esmolas e não ensinaram a pescar. Distribuíram ouro falso aos tolos e ficaram com os lucros. Entregaram a produção aos banqueiros e investidos estrangeiros.
    Agora, em mais uma “marolinha”, querem usar recursos públicos para pagar assalariados. Sim, querem repassar/dividir com as empresas, parte de perdas salariais dos que estão empregados.
    Enquanto isto, os aposentados do INSS (novamente em greve) continuam a acumular perdas. Bem feito, acreditaram nos “Pains”.
    Dillma enlouqueceu de vez.
    Liquidou com as “gordurinhas” do plano real e das administrações anteriores que estabilizaram a moeda e acumula dívidas interna/externa como nunca tivemos.
    Que quisesse perder as suas “gordurinhas”, tudo bem.
    Cada vez mais o Brasil parece com ella: murcho e cheio de rugas.

  5. Chico Buarque avisou? Ora, ele fez campanha para essa quadrilha na televisão, lembram? “Antes, eu votei na dilma por causa do lula; agora, eu voto na dilma por causa dela mesma”. Agora que o navio está indo a pique, os ratos são os primeiros a abandoná-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *