Fufuca vive seus 15 minutos de fama e diz que vai aceitar a denúncia contra Temer

Resultado de imagem para fufuca entrevistado

Os jornalistas se divertem entrevistando Fufuca

Bernardo Caram
G1, Brasília

O presidente em exercício da Câmara, deputado André Fufuca (PP-MA), afirmou nesta quinta-feira (dia 31) que, na hipótese de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar nova denúncia contra o presidente Michel Temer, ele dará prosseguimento ao processo, respeitando o regimento interno da Câmara. Segundo vice-presidente da Câmara, Fufuca está no comando da Casa desde a última terça (29). Ele ficará no posto, interinamente, até 6 de setembro, por conta da viagem oficial de Temer à China.

O deputado do PP, de 28 anos, assumiu a presidência da Câmara porque Rodrigo Maia (DEM-RJ) está no exercício da Presidência da República durante a viagem de Temer ao exterior. Na ausência de Maia, deveria assumir o comando da Câmara o primeiro vice-presidente, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG). No entanto, o peemedebista também faz parte da comitiva que viajou à China.

NOVA DENÚNCIA – No mundo político e jurídico, há a expectativa de que Rodrigo Janot apresente uma nova denúncia contra Michel Temer antes do término de seu mandato à frente da Procuradoria no dia 17 de setembro. Por se tratar do presidente da República, para ir adiante a eventual denúncia precisaria ser autorizada pela Câmara.

“A gente respeita rigorosamente o regimento, então, não há segredo. Se a denúncia for feita enquanto eu estiver na interinidade, nós daremos prosseguimento no que diz o regimento da Casa”, ressaltou Fufuca nesta quinta-feira a jornalistas.

Mas o artigo do regimento interno da Câmara que trata da autorização de denúncia contra presidente da República não estabelece um prazo para que o presidente da Casa despache o processo. Ou seja, Fufuca está tirando uma onda.

SEM PRAZO – O Regimento diz apenas que, após a comunicação da denúncia ao Legislativo, o presidente da Câmara notificará o acusado e encaminhará as acusações à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), sem definição sobre em que tempo isso deve ser feito.

Na primeira denúncia apresentada contra Temer, a leitura do ofício da Procuradoria em plenário, necessária para que o processo seja iniciado, foi feita no mesmo dia em que as acusações chegaram à Câmara. Após a tramitação na Casa, a denúncia acabou rejeitada pelos deputados.

REFORMA POLÍTICA – Diante da impossibilidade de avançar na análise de propostas de reforma política nesta semana, Fufuca disse que o tema estará na pauta da Câmara na semana que vem.

Por causa do feriado da Independência na quinta-feira (7), foram convocadas reuniões de votação para segunda (4), terça (5) e quarta (6). A ideia do presidente interino da Câmara é colocar em votação a proposta que extingue coligações partidárias e cria uma cláusula de desempenho eleitoral.

“Temos sessão segunda, terça e quarta justamente para colocar adiante essa questão. A sociedade está ansiosa, o Congresso tem que mostrar uma resposta e nós iremos tentar na próxima semana”, afirmou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Fufuca é desse tipo de fenômeno de marketing celebrizado pelo artista plástico e animador cultural Andy Warhol, que previa 15 minutos de fama para certas personalidades. Fufuca não é nada, não significa nada, mas deu sorte e ganhou seus 15 minutos de fama. Se souber administrá-los, poderá ter fama pelo resto da vida, desmentindo o genial Warhol. (C.N.)

6 thoughts on “Fufuca vive seus 15 minutos de fama e diz que vai aceitar a denúncia contra Temer

  1. A contagem regressiva da última flecha de Rodrigo Janot começou, e abertamente.

    Se a quantidade de bambu da flecha não foi um fiasco, escreva aí que temos mais um mês, pelo menos, de impasse em qualquer matéria em votação na Câmara.

    A flecha final de Janot, é certo, não terá efeito jurídico.

    Mas o efeito político, este sim, já começa a acontecer mesmo antes de disparada.

    https://goo.gl/u8DByQ

  2. O BRASIL AFEIÇOA-SE A UM GIGANTE DE CÓCORAS, todo enrolado obrando um troço tão gigante quanto ele próprio e que num trabalho de evacuação extraordinário já conseguiu colocar para fora pelo menos metade do dito cujo e que, agora, urge esforçar-se um pouco mais para conseguir expelir a outra metade do dito cujo que ainda continua enrolada no seu intestino para que, aliviado de tamanho desconforto e sacrifício fecal, possa se levantar, descortinar novos horizontes, voltar a caminhar para frente e levar consigo para o futuro gerações e mais gerações de brasileiros do bem que ainda estão por ai, não obstante comendo por ora o pão amassado pelo diabo com os pés, que libertas do dito cujo ajudarão a pavimentar o novo caminho principalmente para as novas gerações que estão vindo por ai, sendo certo que nesse sentido a banda boa e do bem da PF, bem como de todas as demais forças de segurança, serão bem-vindas nas ruas do Brasil, porém sob a Bandeira certa da Democracia Direta, como braços fortes para ajudar o conjunto da sociedade a se libertar dos dito$ cujo$ e fazer as transformações sociais, políticas e econômicas que se fazem necessárias neste país há trocentos anos, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, por 100 anos de estabilidade, paz e progresso social. Basta. Chega dos me$mo$. Fora todo$. Democracia Direta Já, com Meritocracia Eleitoral, porque evoluir é preciso, inclusive porque, agora, o Brasil está de fato necessitando de intervenção social com a ajuda dos trabalhadores e universitários. https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/314924/PF-avisa-que-partir%C3%A1-para-o-confronto-com-outras-for%C3%A7as-policiais-nas-ruas.htm

  3. A vitória de Cristina Kirchner na Argentina (que a mídia brasileira tenta esconder)

    Há 15 dias, a Folha publicou as seguintes manchetes:

    Apesar de vitória de Macri, votação dá sobrevida a Cristina Kirchner – Mentira

    Governo Macri sai vitorioso de primárias legislativas na Argentina – Mentira

    No O Globo:

    Coalizão de Macri supera Cristina em primárias ao Senado, segundo prévia – Mentira

    Kirchnerismo é derrotado nas primárias da Argentina – Mentira

    https://goo.gl/D4F551

  4. E agora Janot? Faz parte do trâmite, o problema são o resto dos que se dizem representantes do povo se portarem como tal. O que aconteceu na primeira denúncia é coisa para se parar a polícia na frente do Congresso e arrastar mais de duas centenas para a delegacia. Ou aceitaram a chantagem ou aceitaram serem cooptados, isso não é Congresso, mas um antro.

  5. Com a capital em Brasília. nada a estranhar que Fufuca seja presidente da Cãmara Federal, afinal, já ocuparam o mesmo cargo Eduardo Cunha, Henrique Eduardo Alves, Marco Maia, Arlindo Chinaglia, Severino Cavalcanti, João Paulo Cunha e Aécio Neves. Todos homens puros, honestos e honrados, como constam do torrencial volume de informações noticiadas pelos jornais, pelas revistas, pelas estações de rádio e pelos canais de televisão.

    Brasília é frequentada por políticos que formam o Poder Legislativo da maior Republiqueta.de Bosta do planeta.

  6. Não sei se provocação, estultice, teimosia, incompreensão ou burrice, mesmo, esta tentativa inexplicável de culpar Brasília pelos problemas atuais brasileiros!

    Trata-se de uma aberração tamanha, que é desconsiderar pura e simplesmente esse avanço da corrupção e desonestidade desde que passamos a ter a tal da “democracia”, esta, brasileira, falsa, que esconde a verdadeira face da política nacional, ignóbil, deletéria, abjeta!

    A crise econômica e falência ética e moral do Brasil é um processo lento, gerado pelos privilégios e legislações em causa própria, que constituíram as novas castas neste país, os parlamentares e magistrados.

    Se a visão dos que acusam Brasília de nossos infortúnios não fosse tão obtusa, sectária, constatariam que, da mesma forma, estados e municípios vivem a mesma crise de falta de ética e moral, sendo absolutamente desnecessário eu lembrar a situação do Rio e do meu RS, muito distantes de Brasília, porém dois estados arruinados!

    A corrupção e desonestidade estão implantadas em qualquer canto do território nacional. Não é Brasília a causa da existência de um congresso venal, ladrão, incompetente traidor, inútil, mas o mau caráter e personalidade deturpada do político, a sua natureza vil, solerte, E TAMBÉM POR NOSSA CULPA!

    Há, inegavelmente, um componente de responsabilidade por este caos sem precedente do cidadão brasileiro, da sua estúpida mania de esperar sempre pelo salvador da pátria, aquele que irá nos levar para o pleno desenvolvimento e onde cada pessoa desta nação será rica!

    Pois justamente nesta maré de falsas esperanças navega o populismo mal intencionado, aproveitador, manipulador, que usa o povo despudoradamente em seu benefício de quadrilhas travestidas em partidos políticos!

    Mas é tão evidente esta campanha de acusar Brasília, TRANSFERINDO PARA UMA CIDADE A CAUSA DE CRIMINOSOS NO PODER, que seus detratores não se dão conta que estão sendo manobrados, que estão fazendo exatamente o que quer o bandido, que as atenções se voltem para outras possíveis causas, menos que se concentrem justamente no comportamentos de membros dos três poderes que são nocivos e nefastos para o povo e país, roubando, explorando e PERMITINDO QUE SEJAMOS aniquilados pela violência e saúde pública deteriorada!

    Sinceramente, mas culpar Brasília pela situação criminosa dos parlamentares e do Planalto é má intenção, advém de pessoas comprometidas com este sistema prejudicial e danoso ao cidadão e país!

Deixe uma resposta para Alex Cardoso Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *