Fux diz que Renan “talvez pudesse ter razão no conteúdo, mas errou na forma”

Resultado de imagem para luiz fux

Fux afirma que não há crise entre os poderes da República

Eduardo Laguna
Estadão

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), avaliou nesta sexta-feira, dia 28, que o senador Renan Calheiros (AL-PMDB) pode ter tido razão no conteúdo, mas errou na forma como expressou as críticas à Operação Métis, que acabou sendo responsável pela abertura de uma crise entre Legislativo, Judiciário e Executivo.

“Pelo o que conheço do senador Renan Calheiros, certamente ele deve ter reconhecido, em algum momento, a utilização inadequada dessas expressões”, disse Fux, ao ser questionado a respeito das declarações do peemedebista de que a operação na sexta-feira, dia 21, que prendeu temporariamente quatro servidores da policia do Senado, não poderia ter sido autorizada por um “juizeco de primeira instância”, referindo-se ao juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, Vallisney Oliveira, que autorizou as ação da Polícia Federal.

Em resposta, na terça-feira, a presidente do STF, Cármen Lúcia, cobrou respeito ao Judiciário e declarou que onde um juiz for destratado, ela também será.

APOIO A CÁRMEN LÚCIA – Após participar de um congresso no Insper, Fux comentou que, nesse episódio, a ministra Cármen Lúcia cumpriu seu papel como chefe maior do Judiciário. Ele descartou, no entanto, qualquer interferência da tensão entre os poderes na sessão do Supremo, marcada para a próxima quinta-feira, 3, que vai julgar se réus de ações penais na Corte podem exercer cargos da linha sucessória da Presidência da República, o que pode se tornar uma ameaça à posição de Renan como presidente do Senado.

“A regra principal da magistratura é que todo cidadão tem direito de ser julgado por um juiz imparcial e insuspeito. Não vai influir em nada”, afirmou Fux. Em entrevista a jornalistas, ele disse também não ver retaliação na decisão de Renan de colocar em pauta matérias que vão contra interesses de servidores do Judiciário.

Questionado se a liminar que suspendeu a Operação Métis representaria uma vitória de Renan, Fux respondeu que a decisão do ministro do Supremo Teori Zavascki não abordou a questão da fala do senador, mas sim a independência dos poderes e a necessidade de autorização judicial para que operação no Senado fosse realizada.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA repórter Luiza Souto, de O Globo, deu outra versão à frase de Fux, que teria sido a seguinte: ” Talvez ele pudesse ter razão no conteúdo, mas errou na forma”. Acredito que esta seja a versão mais correta. (C.N.)

13 thoughts on “Fux diz que Renan “talvez pudesse ter razão no conteúdo, mas errou na forma”

  1. “A cta. suíça de Serra (O Antagonista)

    Brasil 28.10.16 05:56
    A Odebrecht delatou José Serra.

    Segundo a Folha de S. Paulo, “a Odebrecht apontou à Lava Jato dois nomes como sendo os operadores de R$ 23 milhões repassados pela empreiteira via caixa dois à campanha presidencial de José Serra, hoje chanceler, na eleição de 2010”.

    Quem?

    Ronaldo Cezar Coelho e Márcio Fortes.

    O dinheiro foi repassado no Brasil e na Suíça.

    “Para corroborar os fatos relatados, a Odebrecht promete entregar aos investigadores comprovantes de depósitos feitos na conta no exterior e também no Brasil”.

  2. “Odebrecht delata Alckmin (O Antagonista)

    Brasil 28.10.16 07:55
    O Antagonista lamenta muito, mas tem de estragar a sexta-feira de Geraldo Alckmin.

    Assim como José Serra, ele também foi delatado pela Odebrecht.”

    • Manhêêêê, tô com a minha panelinha de INOX prontinha pra protestar, mas a rua tá vazia e as redes sociais estão mudas…..Por que ninguém fala mais em ir pras ruas hein, mamãe?????

      • Mamãe mandou o Jaspion ir trabalhar no Japão.
        Lá o horário começa bem cedinho, das 6;00 ás 19;00..
        Por isso que ele não tá mais revoltado com a CORRUPÌSSAUM do Don drécula….

    • Sr. Paulo desta vez o senhor se superou.
      o Sr. faz uma confusão de lascar no blog…..
      Mas
      Vou lhe informar como estão acontecendo os fatos no Brasil…
      A Odebrechis além de citar Lula e Dilma, também citou Temer, FHC, Serra, Alckimin…….
      Ou o Senhor acho que um só Partido é que mete a mão nos Meus Cofre Públicos.?
      Acho que o Horário de Verão está confundindo o Senhor..
      A propósito, vale lembrar que a Economia de 150 milhões, com esse festival de CORRUPISSAUM no Desgoverno do Don Drécula, virou cinzas……

  3. Serra diz que recebeu caixa dois na Suíça porque é contra corrupção no Brasil

    Em delação premiada, executivos da Odebrecht disseram a Lava Jato que repassaram, por meio de uma conta na Suíça, 23 milhões de reais via caixa dois para a campanha presidencial de José Serra em 2010.

    Cobradas explicações, José Serra disse que recebeu o dinheiro de caixa dois na Suíça pois é contra a corrupção no Brasil.

    “Quem faz corrupção no Brasil é o PT. É sítio em Atibaia, tríplex no Guarujá, comigo não é no Brasil, é na Suíça. O mesmo vale para o Aécio, também do PSDB, que faz as coisas dele em Liechtenstein”, disse o chanceler de Temer.

    Para não ficar mal com seus eleitores, Serra disse que o dinheiro foi importante para tentar combater o PT em 2010 e acabou sendo perdoado por seus admiradores.

    http://www.sensacionalista.com.br/2016/10/28/serra-diz-que-recebeu-caixa-dois-na-suica-porque-e-contra-corrupcao-no-brasil/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *