General Villas Bôas descarta intervenção militar, mas a possibilidade existe

Resultado de imagem para general villas boas

Clima de ‘choque e insegurança’, diz o general

Daniel Weterman
Estadão

O comandante do Exército, general Eduardo da Costa Villas Bôas, afirmou nesta quarta-feira, 24, que o clima no comando da instituição e no Palácio do Planalto é de “choque” e “muita insegurança”. As declarações do militar foram dadas a jornalistas em referência à crise no governo motivada pelas denúncias contra o presidente Michel Temer feitas com base nas delações dos empresários da JBS.

“Clima de consternação, de choque e de preocupação. Muita incerteza e muita insegurança até que as coisas se definam”, disse o general, que deu uma palestra sobre defesa nacional na Fundação Fernando Henrique Cardoso (PSDB), na capital paulista, ao lado do ex-presidente da República.

DEMOCRACIA GARANTIDA -O comandante comentou ainda o decreto do presidente Michel Temer nesta quarta-feira autorizando o uso das Forças Armadas na capital federal até o dia 31 de maio, após manifestações causarem confrontos em Brasília e provocarem depredação e incêndio em alguns ministérios. O militar garantiu que as Forças Armadas iriam agir respeitando a Constituição e garantindo a democracia.

“Acredito que a polícia deva ter ainda a capacidade de preservar a ordem. Ficamos em uma situação de expectativa caso algo fuja ao controle”, disse Villas Bôas.

Ele negou que haja um risco para o direito às manifestações durante as ações. “Tanto as forças de segurança pública quanto as Forças Armadas estão empenhadas na preservação da democracia, na observância da Constituição e no perfeito funcionamento das instituições nacionais, a quem cabe encontrar o caminho para a solução dessa crise. Mas a nossa democracia não corre risco.”

“AMEAÇAM O FUTURO” –  Depois de falar que a corrupção ameaçava o futuro do País, Villas Bôas afirmou que os recentes acontecimentos envolvendo o presidente Temer complicam a situação ainda mais. “É um processo que estamos vivendo que vem de longo tempo. Realmente ameaçam o futuro. Mas tenho plena certeza, convicção, de que o País, a nação e as instituições vão ter capacidade de encontrar os caminhos, de buscar essa regeneração necessária e a gente retomar o caminho de crescimento e de evolução”, disse.

Ele afirmou que, no caso da saída do presidente Michel Temer do cargo, as Forças Armadas terão um papel de garantir o cumprimento da Constituição e afastou qualquer possibilidade de intervenção e ocupação do poder por parte dos militares.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA posição das Forças Armadas é clara. As instituições têm de funcionar a contento e solucionar os problemas do país. Como diz o velho ditado, “quem pariu Mateus que o embale”. Mas é claro que existe sempre a possibilidade de intervenção militar, caso os políticos percam totalmente a consciência de seu dever e consigam aprovar e sancionar leis que inviabilizem a Lava Jato e a punição aos corruptos. De resto, a intervenção militar se fará apenas na forma da lei, para manter a ordem. (C.N.)

19 thoughts on “General Villas Bôas descarta intervenção militar, mas a possibilidade existe

  1. Caro CN … Bom dia!

    Há tempos que costumo comentar sobre o art. 142 … desde a época em que comentava mais no blogdonoblat – parei porque passou a ser pago o acesso … e descobri a Liberdade por aqui.

    Recentemente, tenho demonstrado que a Defesa da Democracia é atribuição do Ministério Público … a quem a CIDADÃ deu os poderes apropriados para tal – e tenho insistido que não há INSTITUCIONALMENTE como parar a LavaJato!!!

    É coisa bem próxima no tempo que passou que alertei que Intervenção Militar, fora do art. 142, dará cadeia aos golpistas – a não ser que voltem os Atos Institucionais, proibidos de serem examinados pela Justiça.

    Também por esses dias comentei que se houvesse falha no MP e no STF … aí seria imprevisível o que aconteceria, lembra???

    E no que aconteceu recentemente … houve falha??? Está em investigação; porém, apelo a quem tenha falhado em suas atribuições … que peça desculpas à Nação!!!

    Forte abraço!!!

    • Alex, e, alguém ainda acredita que o STF não vai arquivar tudo? Foi uma perfeita ação entre amigos, principalmente que o Fachin era muito amigo dos Esleys aos quais devia um grande favor; a nomeação para o STF.

  2. “De resto, a intervenção militar se fará apenas na forma da lei, para manter a ordem. (C.N.)” ? Será, Ceará ? Não é isso o que a história demonstra, haja visto o mar de corrupção acumulado.

  3. NR perfeita, mas…o problema são os presidentes da Câmara e Senado, denunciados por corrupção, tirar um e colocar outro, com a mesma amoralidade administrativa, é chover no molhado.
    Nos resta a Presidente do STF, que vem escorregando na maionese, e se tal acontecer, de ser guindada a Presidente Executivo, tenha pulso, de cumprir seu Dever, de governar para o povo sofredor, deste imenso Brasil, tão vilipendiado e estuprado pelos corruptos das quadrilhas hediondas.
    Que Deus no ajude a sair pacificamente deste Pantanal.
    Ps. A vida Eterna de nossas Almas, na matéria é passageira, e a porta do túmulo se abrirá, e nossas obras, construidas pelo nosso Livre Arbítrio, serão julgadas pela Consciência – Tribunal Divino, com uma das sentenças: Paz e Luz ou Ranger de Dentes, e pagaremos até o último ceitil, jesus o Cristo a 2 mil anos.

  4. Não existe dúvida: Temer é um fraco, corrupto. Deve ser retirado, democrática e constitucionalmente do poder.
    Contudo, quanto aos episódios de ontem, (24.05.2017), que falta de memória! É um dos males que que inviabiliza o progresso institucional do país.
    Alguém lembra de Dilma -“a bolada”, ter convocado o Exército para fins de segurança?
    Pois é, em 17-18.05.2017 ela, como presidente, CONVOCOU O EXÉRCITO PARA EVITAR DISTURBIOS.
    http://www.fabiocampana.com.br/2013/10/dilma-lembra-figueiredo-e-convoca-exercito-para-garantir-leilao-de-libra/
    http://www.folhapolitica.org/2013/10/dilma-convoca-exercito-para-conter.html
    Lembro novamente. Sem contingente suficiente, o que deveria fazer o presidente? Esperar que parassem sozinho? Esperar que o povo “normal e sério” fizesse papel de polícia? Aguardasse que terminassem de quebrar, matar, incendiar tudo?
    Se tal ocorresse, hoje estaríamos lamentando a fraqueza do governo.
    Estou ouvindo “jornalistas” defendendo que não houve convocação do exército. Certamente, alguns deles, tem traumas, lembranças do passado. Como tem sujeito com diploma, se dizendo profissional da comunicação e formador de opinião, que deveria estar respondendo processo.
    O país está quase em chamas. Quem defenderá o povo que não quer guerra, não quer quebrar nada, não quer eliminar ninguém. Esta parcela só quer trabalhar e viver, um pouquinho mais calma, mais tranquila.
    Deve entregar o país á turba? Deve busca outro país? Certamente serão aceitos em qualquer país sério. A outra parte, o lixo da nação, pode ser presente para uma “nação de 4º mundo”.
    Fallavena

    • Não tenho tanta certeza quanto o General de que vamos encontrar o caminho do entendimento. Os fatos mostram o contrário: os baderneiros não lutam por melhores condições para os trabalhadores, mas pelo poder, a continuidade da boa vida dos seus líderes.
      Os vermelhos estão nas ruas e o general tem convicção de que tudo vai dar certo, um general?!
      Não, meu caro general. Um general deve incutir segurança e determinação aos seus comandados, mas sempre contar com a possibilidade da derrota. Caso contrário, a derrota é certa (a convicção não é produto do intelecto, mas do sentimento, do emocional). Boa sorte, seu Villas-Boas.

  5. “O bem comum é a ordem! A ordem é o primado, é o alicerce, é a base do estado democrático de direito! Sem ordem não há o resto, nem progresso. É preciso, urgente e fundamentalmente, restaurar no Brasil a ordem!”
    Agora, é importante saber-se, quem é contra estes princípios.
    Fallavena

    • Discordo, seu Fallavena: Importante não é saber quem é contra, mas quem é a favor! Os inimigos do povo escondem-se por trás de suas togas, de seus mandatos, de suas fardas. Há pouco tempo o FHC afirmava que Dilma era uma mulher honrada e Lula um homem honesto; Aécio foi candidato a presidente e tido como um bom representante do povo por muitos brasileiros – e deu no que deu. O Paulo Bernardo e o Dirceu foram soltos pelo mesmo STF que achou não haver quadrilha nem chefe-de-quadrilha no mensalão. O importante é saber quem não é canalha.

      • Sapo
        Falei de princípios e não de pessoas!!
        Princípios norteiam ações, decisões, posições. Sem eles voltamos à barbárie.
        Nosso problema, afirmo e reitero pela milésima vez, são as pessoas.
        E no caso do país, parcela considerável do povo.
        A minha frente, em quadro envidraçado, um lema que vale hoje, amanhã e sempre:
        “O PREÇO A PAGAR PELA TUA NÃO PARTICIPAÇÃO NA POLÍTICA É SERES GOVERNADO POR QUEM É INFERIOR.” – Platão (C.428-347A.C.

        Amigo, acredite, se quiser. os omissos, os idiotas e os mal-intencionados em nosso país são maioria.

        Alguns dizem que poderemos mudar com educação. A afirmação é correta. Porém, o que entendem por educação e aforma de aplicá-la estão erradas.
        E isto que é uma verdade, diante das afirmações e argumentos, vira uma bobagem.
        Obrigado pela oportunidade de debatermos.
        Abraço e saúde.
        Fallavena

  6. A Constituição é clara…”temos que Restaurar o Princípio de Autoridade para que a Ordem possa reinar..” ! Quem viu os comportamentos criminosos de Senadores e Deputados sentados nas mesas, chutando cadeiras impondo a desordem e pedindo desobediência civil e que iriam(gritando) e que iriam subir o tom incitando a violência e invasão de Prédios Públicos sente de que precisamos de alguém para dar um basta na desordem, se quem Legisla age criminosamente o que esperar de seus “capangas terroristas” pagos com dinheiro público para tocar o terror e atentar contra a vida de cidadãos de bem como ontem ??? O General tá avisando , tem que agir e por Ordem no país, e, quem ataca a Ordem e as leis Mascarados (falando diversas línguas é uma ORCRIM DA ORCRIM) tem que ser recepcionada no cacete pois não quer dialogo quer tomar o poder a força e implantar a sonhada “REPUBLICA LULISTAPETRALHA BOLIVARIANA DO FORO DE SÃO PAULO” !!! Nossa Bandeira é rasgada e nenhuma bandido desse fica preso onde tá a aplicação da Lei para prenderem esses bandidos petralhas ???

  7. Caso algo saia de controle????? Esse sujeito acha que mais de 55 mil homicídios por ano é estar no controle? 120 estupros por dia é estar no controle? Segundo palavras dele, esses número não se comparam a nenhum conflito no planeta. Crimes de lesa.patria é estar no controle? Um falastrão pau mandado.. cara de peroba!!!!

  8. Se você quiser uma imagem do futuro, imagine uma bota carimbando em um rosto humano

    Sera que o que o poder por tras do poder quer justamente isso? Baderna nas ruas?

  9. Amigos Tribunários
    Assistiram tudo que aconteceu e foi mostrado? Na manifestação e nas casas legislativas?
    Os argumentos de hoje servem para jogar sobre Temer a pecha de “ditador”?
    Diante da situação você chamaria ou não o exército?
    Depois do que assistimos na câmara e no senado, não há como não perguntar: houve ou não falta de decoro parlamentar para vários deputados e senadores?
    E mais: alguém pode exigir que sejam levados á comissão de ética? Os cidadãos não?
    Quem souber, agradecerei a opinião.
    Fallavena

  10. Perfeito Fallavena, se não tivessemos esse tal de “foro privilegiado” , e, “se” os “podresres” estivessem defendendo o interesse público e cumprindo fielmente as Leis, esse Senadores e Deputados que comandaram ontem nas ruas e no Congresso, na véspera em todo o Congresso a baderna e incitação à violência e desobediência civil já estariam presos e cassados pelos mais diversos crimes de lesa-pátria e contra a Segurança Nacional que comandaram e financiaram nessa semana que amanhã termina. Por isso um chama o outro de moleque quando brigam entre sí , e se agridem pois não fazem falta a vida nacional !!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *