Gilmar Mendes critica Conselho de Justiça, juízes, promotores e advogados

Gilmar condena com veemência as falhas da Justiça

Henrique Gomes Batista
O Globo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, fez fortes críticas ao sistema judiciário brasileiro durante sua participação neste sábado no Brazil Conference at Harvard and MIT, nos Estados Unidos. Mendes criticou a postura de juízes, promotores, advogados e até do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ao avaliar o quadro do sistema prisional no país.

“Temos um grave problema no Brasil. A Justiça não julga. Muitos reclamam da demora causada pelo foro privilegiado, mas o Brasil consegue fazer prescrever crimes de júri, ou seja, homicídios e tentativas de homicídio, que tem prazo de 20 anos” – disse ele.

PROBLEMA DE GESTÃO – Segundo o ministro, o problema de gestão é o grande entrave à atuação do Judiciário no Brasil. Ele fez críticas ao CNJ por, ao seu ver, ter o funcionamento muito atrelado ao presidente do Supremo, o que inviabiliza a institucionalidade do conselho.

Mendes afirmou ainda que, quando era presidente do STF, criou mutirões para libertar presos que foram mantidos detidos de forma ilegal no sistema depois que veio a público o caso da mulher que ficou 29 dias cumprindo pena em um presídio masculino. Com a medida, argumenta, ele teria conseguido liberar 22 mil pessoas das cadeias. No evento, o ministro disse que, após deixar a presidência do Supremo, os mutirões acabaram por conta da posição de seus sucessores. E se queixou do período de férias dos juízes.

FÉRIAS DOBRADAS – “Um juiz tem dois meses de férias por ano. Os promotores também. Como se gestiona isso? Imagina um hospital onde os médicos tenham dois meses de férias por ano? São Paulo tem 360 desembargadores e a cada mês há 60 desembargadores de férias” – argumentou ele.

Gilmar Mendes afirmou ainda que a crise do sistema prisional é uma questão nacional e deveria ser debatida como tal, sendo a discussão que se restringe à responsabilização dos estados nos incidentes a forma errada de tratar o tema. Ele voltou a dizer que o Brasil precisa de um “SUS da segurança pública” e criticou o excesso de corporativismo no Brasil.

O ministro relatou que, quando sugeriu fazer os mutirões com o auxílio das universidades, encontrou a resistência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que se mostrou contrária a ideia para defender o interesse dos advogados.

POBRES PARA TODOS – “Na época, disse: fiquem calmos, vão sempre ter pobres para todos” – afirmou, arrancando risos da plateia.

E continuou: “O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) se quiser, e não ficar tratando dos vencimentos dos próprios procuradores, pode tratar do tema. Estou falando isso de maneira proposital porque o MP é muito voltado pra si mesmo.

O debate foi permeado pela discussão do massacre ocorrido na sexta-feira em Manaus, mostrando que a crise no sistema prisional, que permitiu as piores chacinas do país neste ano desde o episódio do Carandiru, em São Paulo, continue intenso e sem solução.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Gilmar Mendes disse muitas verdades. Pena que não tenha demonstrado idêntico entusiasmo no aprimoramento da Judiciário, que é uma das vergonhas nacionais. Se a Justiça funcionasse a contento, todo o resto também funcionaria. (C.N.)

19 thoughts on “Gilmar Mendes critica Conselho de Justiça, juízes, promotores e advogados

  1. Lugar de lavar roupa suja e em casa. Por que vao debater problemas de corrupcao no exterior. Passeio? Os Americanos nao estao nem ai para o Brasil.

  2. Gilmar Mendes vive viajando a nossas custas, e tudo de primeiríssima.

    A Europa é seu passeio preferido, mas curte também os EUA.

    Pouco trabalha, pois vive viajando e falando sem parar.

    Que vidão!

  3. O velho morreu, o novo precisa nascer. ALGUÉM ME CHAMOU, ESTOU AQUI, O QUE É QUE HÁ ? Luciana está certa, exceto quanto ao candidato, Chico Alencar, que, aliás, como diria Brizola, já andou costeando o alambrado para o lado do Aécio, o PSOL tem que decidir já, o que quer fazer da vida, doravante. Se teimar com o Chico vai patinar no seco outra vez, bom camarada mas não tem pegada de estadista, nem discurso e muito menos projeto novo e alternativo de política e de nação, que é o borogodó que o povo quer há muito tempo. Linha auxiliar do PT, ou do PSDB, do velho e carcomido Fla-Flu, outra vez não, nunca mais, pelo amor de Deus. Aliás, se isso acontecer o caminho estará de fato livre para o PSTU assumir sozinho, se for o caso, a vanguarda partidária em prol do novo de verdade que precisa nascer, o qual, aliás, tem batido acertadamente na tecla do fora todo$, entre outros que não têm o rabo preso na Lava Jato. Lula, na verdade, dividirá ainda mais apenas a direita safa porque nunca foi de Esquerda, como restou comprovado, e como revolucionário nunca passou de impostor político temporal, sem precisar dizer que é o responsável maior pela tragédia governista temerária que aí está. Basta de personalismo e populismo 171, chegou a hora e vez do projeto novo e alternativo de política e de nação. QUE VENHAM FHC, DÓRIA, BOLSOSSAURO, LULA, CIRO, AÉCIO, MARINA, SERRA, ALCKMIN…, ENFIM QUE VENHAM EM TODAS AS SUAS VERSÕE$, 171,TODO$ OS REPRESENTANTE$ DO VELHO CONTINUÍSMO DA MESMICE, do $istema político podre, do partidarismo-eleitoral e do golpismo-dtatorial, velhaco$, o pau de maçaranduba da RPL-PNBC-DD-ME, a Terceira Via de verdade, resistente ao cupim, o contraponto verdadeiro contra todo$ os fisiológico$, está pronto, esperando-o$ com ansiedade em 2018, para fezê-lo$ pagar por todos os seus pecado$ e mistificaçõe$ de 127 anos. Está faltando apenas pelo menos um Partido de verdade, com P maiúsculo, bom de serviço, que preste para servir ao povo brasileiro, ao sucesso pleno do bem comum do conjunto da sociedade, e à Revolução Redentora. O fim do martírio do povo honesto e trabalhador do Brasil está próximo, você$, continuísta$ da mesmice do $istema político podre, não perdem por esperar o tamanho da surpresa que o povo vai lhes propiciar, em 2018, à moda chega dos me$mo$, fora todo$, evoluir é preciso. http://www.sul21.com.br/jornal/psol-deve-lancar-ja-candidato-contra-burguesia-e-o-lulismo-defende-luciana-genro/

  4. Em suma, CRITICOU A SI MESMO… embora tenha sido para um público que não saiba o significado da JUSTIÇA BRASILEIRA!!!

  5. A mente do ser humano chega uma época da vida que começa a responder por si, independente da consciência, antes que disso acontecer é a hora de se aposentar e quando a pessoa não se dá a devida atenção começa a acontecer essas bizarrices. Cargo vitalício dá nisso, o sujeito fica senil e ainda com poderes.

  6. Lá no exterior eles falam, mas aqui dentro não fazem nada, este poder judiciário está falido, não tem a credibilidade que o povo lhes dava, são processos que se arrastam a décadas, mas para os poderosos funciona rapidamente, que democracia mais fajuta nós temos neste país.

  7. Para este idiota e falastrão, o supremo deve ser um exemplo e eficiência. Para quem leva anos ou até décadas para julgar uma ação a eficiência não deve ser um parâmetro que estes caras levam em consideração.

    • mas bah tchê! li todos os comentários e NENHUIM abordou o q gilmar falou. falou lá e fala aqui. um MINISTRO q n c curva ao “politicamente correto” do plantão. esse tem rabo preso c ninguém.

      mas bah tchê! li todos os comentários e nenhum abordou o q gilmar disse la fora, como tem dito aqui dentro. fazer declarações como esta é para quem n tem rabo preso. tivéssemos 11 ministros como GM, o judiciario seria melhor. disso n tenhamos dúvidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *