Gilmar Mendes suspende efeitos de operação de busca e apreensão baseada na delação de Palocci

Medida foi baseada exclusivamente na palavra de Palocci

Mônica Bergamo
Folha

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), suspendeu os efeitos de uma operação de busca e apreensão realizada no ano passado na casa do banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, e também na sede da instituição financeira.

De acordo com a decisão do magistrado, a medida foi baseada exclusivamente na palavra de um delator, Antônio Palocci —o que a lei proíbe. O pedido de anulação foi feito pelos advogados Sepúlveda Pertence e Antônio Carlos de Almeida Castro.A busca havia sido autorizada pela juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná.

QUESTIONAMENTOS – Os termos da delação de Palocci vêm sofrendo questionamentos que agora se intensificaram. Na semana passada, a coluna revelou relatório da Policia Federal que concluiu que as acusações feitas pelo ex-ministro petista sobre um caixa milionário de propinas para Lula administrado pelo banqueiro André Esteves não têm provas e foram todas desmentidas pela investigação —inclusive em depoimentos de testemunhas e de delatores que incriminaram o PT em outros processos.

O delegado Marcelo Daher encerrou o inquérito sem indiciar os acusados e afirmando que as informações dadas por Palocci em sua delação “parecem todas terem sido encontradas em pesquisas de internet”, sem “acréscimo de elementos de corroboração, a não ser notícias de jornais”.

De acordo com Daher, “as notícias jornalísticas, embora suficientes para iniciar o inquérito policial, parece que não foram corroboradas pelas provas produzidas, no sentido de dar continuidade à persecução penal”. Ele encaminhou o resultado ao Ministério Público Federal. A defesa de Palocci afirma que ele apresentou provas e que em virtude de os fatos serem de difícil comprovação não quer dizer que não são verdadeiros.

2 thoughts on “Gilmar Mendes suspende efeitos de operação de busca e apreensão baseada na delação de Palocci

  1. Finalmente parece que o STF não irá aceitar mais acusações apena verbais. Já não era sem tempo. Nos anos de chumbo, se vc tivesse algum vizinho incômodo, era só ir a um orelhão e fazer uma ” denúncia” de que um grupo de possíveis comunistas se reuniao em tal endereço. O efeito era catastrófico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *