Governo queria decretar Estado de Defesa para calar as ruas

Charge do Edra (chargesdoedra.blogspot.com)

Jorge Béja

No artigo que a Tribuna da Internet publicou anteontem, dia 23, sob o título “Ao divulgar grampo, juiz Moro agiu em legítima defesa da legalidade” (legítima defesa não só da legalidade como também legítima defesa da democracia e da moralidade administrativa), foi mencionado, à guisa de exemplo, uma outra hipótese que, se Moro a ouvisse, deveria imediatamente informar ao povo, porque seria do interesse público, muito acima e além do interesse da Justiça. A hipótese aventada naquele artigo foi a seguinte, literalmente: “Digamos, à guisa de exemplo, de hipótese, que naquela ligação Dilma estivesse avisando ao ex-presidente que estava tudo pronto para a decretação do Estado de Sítio, que já havia a concordância das Forças Armadas, que o Congresso seria fechado e Dilma governaria como ditadora, uma ditadora eleita pelo voto popular. Digamos que este fosse o conteúdo da conversa”.

E no mesmo artigo foi feita a seguinte indagação: “Deveria o Juiz Moro ouvir, calar e mandar tudo para o Supremo julgar depois? Ou deveria imediatamente comunicar o que soube ao povo brasileiro?”.

Não é que na edição de hoje 25, o jornalista Cláudio Humberto dá a seguinte notícia: “Governo avaliou usar modelo chavista de golpe. Chefes militares informaram à oposição, em reuniões secretas, que o governo discutia a adoção de medidas semelhantes àquelas utilizadas na Venezuela para sufocar os protestos de rua. Houve inclusive tratativas com próceres da semiditadura venezuelana. O plano era decretar “Estado de Defesa”, suspendendo os direitos fundamentais, como de reunião (e manifestação) e sigilos telefônicos e de correspondência.

O pretexto do “Estado de Defesa” seria evitar “graves distúrbios” em cidades onde ocorreram as maiores manifestações no dia 13. Depois, o Estado de Defesa esteve na iminência de ser decretado no dia em que 6 mil pessoas gritaram “renúncia, renúncia”, diante do Planalto. Fontes palacianas relatam que uma assustada Dilma gritou e chorou muito, ao se ver sitiada e retirada às pressas do Palácio do Planalto. Surgiu a ideia de jerico do “Estado de Defesa” após o protesto do dia 13, o maior da história, com pânico a Dilma e de dirigentes do PT” (a conferir em www.diariodopoder.com.br).

Se vê que a hipótese levantada naquela artigo que a TI publicou dois dias antes, 23, como exemplo – e nada mais do que isso – embora tenha sido outro instrumento constitucional citado (Estado de Sítio), a ruptura da democracia e da normalidade quanto ao funcionamento das instituições (Polícia Federal, Ministério Público Federal e o Judiciário) realmente passa pelas cabeças e intenções palacianas e governamentais.

CITAR A FONTE…

É óbvio que o experiente jornalista Cláudio Humberto, com a bagagem e o passado que tem, não iria publicar uma notícia que não fosse verdadeira. Daí porque deputados e senadores não podem cruzar os braços diante da gravidade da denúncia do jornalista. Têm eles a obrigação e o dever de ouvir Cláudio Humberto, que mesmo estando protegido pela lei que o desobriga a citar a fonte, certamente não recusará dizer qual foi. E tem o Parlamento o mesmo dever de ouvir Dilma e demais asessores para que tudo seja esclarecido.

No artigo da TI no dia 23, aquele “Estado de Sítio” foi uma hipótese, um circunstância, meramente ilustrativa, criada para defender a ação do juiz Moro no tocante à defesa da legalidade e da moralidade da administração e que não poderia ser subtraída do conhecimento do povo brasileiro. Já nesta notícia de Claudio Humberto, a presunção de veracidade se sobrepõe e está acima da dúvida.

17 thoughts on “Governo queria decretar Estado de Defesa para calar as ruas

  1. Anteriormente ela já tinha tido essa ” idéia ” , foi durante o movimento dos caminhoneiros , mas levou um” chega para lá. ” do Ministro do Exército que respondeu: ” Depois do dia em que a Senhora pedir para desinterditar estradas tomadas pelo MST , eu penso no assunto “. Estão nos levando a um beco institucional. Desculpe a redação feita por celular.

    • Tamberlini, o PT desde sua formação SEMPRE teve a intenção de levar o Brasil para um “Beco Institucional”!

      Sempre se opuseram ‘em bloco’ a todas as medidas adotadas nos governos antecedentes (em que já era um “Partido”), que propusessem melhorias na gestão pública!

      Sempre atuaram para levar o país para o CADAFALSO MARXISTA!

      Em suma, SEMPRE QUISERAM IMPLANTAR A SUA DITADURA DO PROLETARIADO SINDICALISTA A QUALQUER PREÇO ! ! !

      E quer saber? DESSA VEZ FOI POR MUITO POUCO, . . . Não fosse o MPF, o Juíz Sérgio Moro e a Polícia Federal, já estaríamos como a Venezuela!

      • Basta ver o novo ” recurso ” da defesa do Lulla junto ao Supremo, provocação pura… Estão programando para o dia primeiro várias invasões a Globo e afiliadas. Não que eu goste da Globo, mas estão querendo arrumar uma forma de se exilarem como ” presos políticos “.

        • Exato.
          Isso na realidade nada mais é que mais uma tentativa de golpe para tomar o controle da situação que lhes escapou das mãos.
          Através da falsa “Imagem Ressuscitada” de “presos políticos”, atingirem simultaneamente os objetivos de:

          – Transmutar seus crimes de corrupção e enriquecimento em crimes “políticos” perante a ‘opinião pública’ dos seus adeptos ignorantes, . . . para influenciar possíveis manifestações.

          – Libertar a grande quantidade de COMPARSAS já encarcerados como “criminosos políticos”, . . .

          – Conseguir gozar em liberdade os ‘produtos’ de todos os roubos que praticaram no país durante os últimos 21 anos de corrupção descontrolada !

          – Poderem novamente se reorganizar para conspirar contra a nação em liberdade, com os demais criminosos que, devido à idade, deverão morrer enclausurados, . . . sem qualquer possibilidade de benefício de idulto se forem apeados do governo ! ! !

  2. Prezado doutor Béja:

    Na verdade, esta notícia foi divulgada ontem, 24, no blog do famoso Cláudio Humberto, e reconfirmada hoje, 25.
    Mas, aqui pra nós: não seria de uma burrice exponencial?
    A rejeição chegará a 100%.
    Saudações,

    Carlos Cazé.

    • Estão confiantes em que a intimidação contínua, e através da “demonstração de apoio internacional” consigam arrebanhar alguma parcela das FFAAs para a sua pretensão de implantação do bolivarianismo da UNASUL.

      Pretendem que o apoio das republiquetas conchavecadas da Bolívia, Venezuela, Argentina (Paraguai já disse que não vai se imiscuir em assuntos internos do vizinho) envolvidas no PROJETO GOLPISTA de consolidação da “Pátria Grande Latino Americana” concebida por Chaves no Foro de São Paulo, somada às “manifestações espontaneas” (promovidas a base de pão com mortadela, transporte grátis e diária de R$ 30,00) atingirem seu objetivo de TOMADA DE PODER pelas “Forças Populares ‘PROGRESSISTAS'”, . . .

      • A situação está ficando critica. As vezes quando tomo a minha cervejinha semanal, encontro um Almirante de Esquadra que caiu ha pouco na compulsória. Na semana passada ele me disse que as pressões de baixo para cima estão ficando insuportáveis….

        • Pois é meu caro, . . . os que programaram o “cenário” para chegarmos a “esse estado de coisas” não são “aprendizes de feiticeiros”. São PROFISSIONAIS, e de Engenharia Social, que conhecem e sabem perfeitamente como “conduzir” populações desinformadas aos OBJETIVOS ESPERADOS.

          O que precisamos fazer é nos perguntarmos “quais são os objetivos esperados” para que o Brasil possa ser definitivamente submetido aos interesses da PLUTOCRACIA internacional e seja “enquadrado” dentro das “estruturas de poder” da Nova Ordem Mundial?

          Existem duas respostas cruéis, meu caro Watson!:

          – Primeira: Entrega de nossa economia e produção ao controle DIRETO dos ARQUITETOS (PLUTOCRACIA FINANCEIRA TRANSNACIONAL)

          – Segundo: Redução populacional para contenção do atual crescimento vegetativo que “exaure os recursos naturais” que a PLUTOCRACIA quer preservar para SEUS futuros HERDEIROS da nossa grande nave planetária, conhecida por eles como “Terra Prometida”, . . .

          . . . . bem, a primeira já foi quase totalmente dominada, . . . e a segunda, será fácil de iniciar com algum “estopim midiático” bem engendrado pela PLUTOCRACIA QUE A CONTROLA, que consiga inflamar a galera do pão com mortadela, para que logo em seguida as “forças de paz internacionalistas” possam ter argumento para entrarem em cena para providenciar o genocídio seletivo que lhes garanta que o país não conseguirá mais se reerguer para a posteridade, e com isso garantam simultaneamente a apropriação de todo o espólio cobiçado!

  3. Deus, meu, mas todas essas possibilidades foram discutidas na Tribuna da Internet meses atrás, quando escrevi que diante das manifestações do povo de descontentamento com o governo, Dilma poderia dar um GOLPE à lá Venezuela!
    Pois não é que a presidente GOLPISTA pensou a respeito?!
    É esta a democracia que os petistas defendem?
    A situação é muito mais séria que pensamos, apesar de tomarmos conhecimento que as FFAA estão atentas sobre essas manobras do Planalto, de impedir os protestos que reclamam da administração desta senhora, e liberar, logicamente, aqueles que apoiam os roubos, os GOLPES, as ilegalidades e ilicitudes petistas!
    Venho escrevendo reiteradamente que as autoridades precisam se antecipar às intenções ditatoriais de Lula e Dilma, comprovadas neste artigo que retrata fidedignamente que este governo quer mesmo o conflito, deseja ardentemente uma guerra civil, que brasileiros matem brasileiros para que os petistas se mantenham no poder.
    Nessas alturas, as pedaladas fiscais e decretos que mudaram as leis orçamentárias, portanto medidas ilegais de Dilma que menosprezou o Congresso não têm importância, pois infinitamente mais graves são as reações de Lula e Filma quanto aos protestos do povo, que não suporta mais tantos desmandos e descalabros, que pretende vê-los fora do Planalto imediatamente!
    A DEMOCRACIA ESTÁ POR UM FIO!
    Resta saber se as FFAA obedeceriam ordens no sentido de privar o cidadão de manifestar-se livre e ordeiramente contra esta administração caótica, incompetente, corrupta e desonesta que, a meu ver, coloca em cheque a liberdade do povo porque trama em Palácio medidas que coíbem os protestos SEMPRE INCENTIVADOS PELO PT, porém não aceita e quer proibir as manifestações contrárias ao plano de poder levado à risca, em que pese os riscos contra a segurança popular e ameaça à democracia!
    REPITO:
    Por muito menos, infinitamente menos, Jango FOI DEPOSTO!

  4. Werneck, com toda tua vivência, experiência e saber jurídico acreditas em hipóteses? Tem gente que não sonha; só tem pesadelos. Só para você relembrar: Em 2002, quando era iminente a vitória de Lula para presidente. O general Leônidas Pires Gonçalves que fora ministro do Exército no governo Sarney. Veio ao Rio com o próprio Sarney e no Club Militar avalizaram o futuro governo Lula. Isso é histórico. Saiu discretamente nos jornais. Lula está enrolado por não ter cultura suficiente para administrar suas próprias coisas. Mas Lula serviu a Geisel e Golbery do Couto e Silva no plano de abertura do regime: Abertura, Lenta, Gradual e Segura. Se Lula tinha consciêcia do que fazia é outra coisa. Por duas vezes Lula respondeu quando lhe perguntaram: Lula você é de esquerda? Resposta: Sou torneiro mecânico. Lula você é socialista. Resposta: Sou sindicalista. Hoje Lula é um cão danado. Tem um provérbio: Cão danado, todos a ele. A embaixada da Itália já desmentiu o tal asilo de Lula. Lula teve de Bush a seguinte afirmação: Lula representa a tranqüilidade na América do Sul. (Não é “ipsis literes). A confiança de Bush era tanta que sua secrtária Condolezza. Quando esteve no Brasil no princípio do governo Lula deu uma caneta a José Dirceu para entregar a Chaves. Isso não foi segredo, a mídia noticiou. Tem muita gente confundindo “folha de bananeira com orelha de elefante”. Hoje Lula é um cão danado. Tem um provérbio que diz: Cão danado, todos a ele. Não defendo crimes. Erros são desculpáveis. Crimes não tem defesa. Se existe crime Lula deve ser julgado. Se for culpado deve ser condenado. Não pode ele e nenhum cidadão ser achincalhado e nem perseguido. Lula não está impedido de ser nomeado ministro. Ele não está condenado. Dilma por pressão do PT desde o final de 2015 fez convite a Lula. Ele não aceitou. É possível que tenha aceito agora com medo de Moro. Fica no terreno do provável, da hipótese, da imaginação. Mas, “indúbio pro réu”? Além do mais, existe o instinto de conservação que é inerente ao ser humano quando sua vida e liberdade está em jogo. Você domina essa matéria pois é um jurista. Agora quando a paixão perturba a mente, o homem se tranforma em fera. Quer matar, quer destruir, quer massacrar. Veja o Estado Islâmico. Sabe o que é isso? É que as rededes sociais desestabilizaram as sociedades. Se não tiver uma pessoa culta e equilibrada para acalmar a turba com palavas esclarecedoras. A tendência é haver conflitos e má interpretação constante. Todos estão dramatizando e hiperbolizando os acontecimentos. Todos olham para um só lado. Termino com uma pergunta: Alguém fala de Cunha e de suas inúmeras contas na Suiça? Não! Ele continua um quase Deus. Aqui no Blog tinha gente dizendo que o Cunha era o candidato mais forte para presidente em 2018. Tinha gente quase chorando e dizendo: Cunha vai salvar o Brasil. Eu solitáriamente dizendo que Cunha era um pilantra. Dei até o nome de um argentino que era seu parceiro de golpes e falcatruas aqui no Rio/RJ: Isso no ano 2000. Tenho respeito por você . Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *