Governo Temer precisa auditar as contas e mostrar a real situação do país

Charge do Amorim, reprodução do Correio da Cidadania

Antonio Carlos Fallavena

Muitas vezes escrevi: “Um governo sério que assuma a condução do país, terá de fazer realizar auditoria interna/externa de tudo”. O presidente Michel Temer, seja o que for e como for, terá de informar, com a maior brevidade possível, a real situação das finanças do país. É a forma de defender seu mandato e a face da verdade. Chega de entrar e sair governantes e não saber-se a quanto andamos, o quanto devemos.

Lula, Dilma, Mantega, Augustin e tantos outros, responsáveis e co-responsáveis pela baderna administrativa e financeira em que colocaram a nação, precisam ser responsabilizados, julgados, punidos, condenados e engaiolados.

E que os valores possíveis de localização, de dinheiro e bens físicos, sejam retornados aos seus verdadeiros e únicos donos: os brasileiros honestos. Se não morrerem de morte natural, que terminem seus últimos anos na cadeia! Qualquer outro encaminhamento, decisão ou proposta não poderá merecer acolhida.

SEM FISCALIZAÇÃO

A imensa maioria dos órgãos de fiscalização em nosso país é uma pouca vergonha. Funcionando por amostragem, com “olhos fechados”, ajudam a tudo apodrecer.

A segunda coisa que ajuda muito a corrupção e as falcatruas é a falta de qualidade dos agentes. E, por fim, a terceira e tão grave como as anteriores, são as multas pequenas, quase sempre perdoadas.

È o caso dos partidos políticos, abastecidos com recursos públicos, que usam como bem entendem. Partidos reincidentes duas, três vezes, deveriam perder direitos e, em situações graves, ter suas portas fechadas e sua extinção. No entanto, são “punidos” apenas com pequenas multas, que pagam usando recursos públicos do Fundo Partidário. Parece piada.

“Burro velho” não aprende lições com palavras, mas com pauladas.

16 thoughts on “Governo Temer precisa auditar as contas e mostrar a real situação do país

  1. Uma pequena soma para termos uma perspectiva do tamanho do buraco orçamentário:

    # Restos a pagar do ano de 2015…R$186,0 bilhões
    # Déficit primário previsto p/ 2016…R$120,0 bilhões
    ——————————————————————
    Tamanho do buraco da Dilma………R$306,0 bilhões

    O resultado é que o governo vai ter de priorizar o pagamento das despesas, já que elas deverão suplantar as receitas orçamentárias em R$306,0 bilhões.

    Corre-se o risco, como já está sendo aventado na mídia de, até o final do ano, os servidores públicos federais ficarem sem receber ou terem os seus vencimentos atrasados. Exatamente o que está ocorrendo no Rio de Janeiro.

    Rapaz… a coisa tá preta!

    • Dados oficiais nunca auditados. Fui amigo de um diretor do Unibanco que certa vez me disse que o controle da receita e do BC sobre a arrecadação da CPMF era mais furado que queijo Suíço, para a alegria da Frebaban .

        • Sim. Como eu disse oficiais e nunca auditados. O maior trambique que teve nesse país foi o pagamento antecipado das dividas com o FMI..Ele se deu de forma secreta graças a Resolução 0020/2004.
          O PT ainda fez um discurso de nacionalismo de galinheiro com ele. Quem deve tem o direito de saber o que está pagando.

  2. Uma “auditoria” é necessidade urgente, o TCU, tem toda a documentação, bastando seriedade para a devida análise da RECEITA E DESPESA.
    LULA E DILMA, sempre foram contra o TCU, por fiscalizar, razão de ser do contra, está ai “roubo descarado” do cofre público. PT governo, nos enterrou no descalabro da finanças, mas o Sr. Temer, nomeou ministros acusados pela LAVA JATO, Temer precisa de coragem para cortar na própria carne, mostrar que não tem osmose com o PT, que foi e é o REI MIDAS AO CONTRARIO, no que toca vira M….

  3. Um dos graves problemas é a origem dessas dividas.
    O que tem de autarquias, órgãos da administração direta, como o Dnnit, etc que tem enorme restos a pagar , provenientes de serviços não prestados, obras com inúmeros aditivos, obras pagas e feitas pela metade, como a Transposição do São Francisco.
    Todos dizem que a pessoa nomeada para a GCU é seria, dentro de uns 15 dias vou testar com 4 requerimentos de informação.

  4. Fora de pauta:
    Depois da demissão do diretor ” daqui não sai , daqui ninguém me tira, os próximos serão: Sidney Rezende, Nassif e Paulo Moreira Leite .

  5. Todos os caminhos levam a atitudes impopulares e que vão agravar a situação de pobreza e violência na sociedade. O Governo Temer precisa divulgar logo um plano que mostre a realidade das contas públicas e o que será preciso fazer para equilibrá-las. Como o Orçamento Federal já é comprometido em 90%, os cortes não serão suficientes e inevitavelmente terá que haver aumento de carga tributária. O mercado e os empresários em geral já cobram uma definição.

  6. O ministro Henrique Meirelles é um homem conceituado e competente. Sabe que uma dinheirama dessas não escorre pelo ralo.
    Tudo isto é desculpa para entregar o Brasil de bandeja.
    País grande demais, rico demais. O olho cresceu.
    Se o povo soubesse…

  7. Pingback: Governo Temer precisa auditar as contas e mostrar a real situação do país – Debates Culturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *