Governos no suportam manifestaes legitimamente democrticas

Francisco Bendl

Um dado curioso e que deve ser analisado pelos comentaristas da Tribuna:quando os protestos eram organizados pelo PT lembro o ltimo deles, a vinda da cubana ao Brasil – eram denominados de manifestaes sociais, e no havia a polcia batendo nos protestantes.

Agora, que o PT no est no comando, haja vista que a populao das grandes cidades que est envolvida, o protesto est sendo considerado como baderna, ento a PM est agindo com rigor exagerado!Muda o governo, e a verdade que ele no suporta manifestaes legitimamente democrticas, salvo quando elaboradas pelo partido.

A vaia dirigida presidente ontem, no Man Garrincha, tambm teve esta parcela de protesto autntico do povo contra a represso violenta utilizada pelos policiais, que JAMAIS usaram deste expediente quando os manifestantes desfraldavam a bandeira petista!

Um dos comentrios do Almrio Nunes comprova minha afirmao, pois considerando o que escreveu, ele no pertence ao PT, mas se trata de um cidado em seu pleno direito de reclamar do aumento nas passagens de nibus, simplesmente.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

21 thoughts on “Governos no suportam manifestaes legitimamente democrticas

  1. Caro Francisco Bendl,

    Envio, a ttulo de curiosidade, este artigo da BBC:

    PROTESTOS IMPULSIONAM INDSTRIA DO GS LACRIMOGNEO

    Em meio crise econmica e s vrias medidas de austeridade adotadas por vrios pases, especialmente no Ocidente, um setor da indstria est se dando bem: os fabricantes de gs lacrimogneo, que cresce alimentada por protestos em todo o mundo.
    Desde a Primavera rabe (iniciada no final de 2010), o mercado de segurana interna no Oriente Mdio teve um aumento de 18% em seu valor, chegando prximo aos 6 bilhes de euros (R$ 17,4 bilhes) em 2012.
    Usado por foras de segurana do mundo inteiro para dispersar manifestaes, as bombas de gs lacrimogneo tambm tiveram destaque recente nas imagens da evacuao do Parque Gezi em Istambul no ltimo fim de semana e da represso aos protestos em diversas cidades brasileiras contra o aumento das tarifas de transporte pblico e os gastos excessivos na organizao da Copa do Mundo 2014.
    Egito e Tunsia esto aumentando suas compras de equipamentos para controle de distrbios no momento em que negociam emprstimos com o FMI para cobrir seus buracos oramentrios.
    Na zona do euro, afetada pela crise financeira, as coisas no so muito diferentes. O oramento de 2012 do governo espanhol de Mariano Rajoy enfrenta cortes em praticamente todas as reas, mas em equipamentos antidistrbios o gasto passa de cerca de 173 mil euros a mais de 3 milhes em 2013.

    PARA A INDSTRIA DO GS, NADA COMO AS CRISES ECONMICO-SOCIAIS.
    A Turquia um dos casos com mais cobertura miditica, mas um pas no mapa dos protestos no mundo onde o gs lacrimogneo foi usado, mostra a expanso do mercado desde janeiro de 2013.
    Os protestos contidos com o uso do gs vo desde manifestaes contra o estupro de uma mulher na ndia a protestos dos estudantes no Chile e dos professores no Mxico, ou de trabalhadores na Frana e na Espanha.

    FABRICANTES
    A organizao internacional War Resister League (Liga dos Resistentes Guerra, em traduo livre), que tem uma campanha especfica contra o gs lacrimogneo, identificou a presena de empresas americanas como Combined Systems Inc., Federal Laboratories e NonLethal Technologies da Argentina at a ndia; de Bahrein, Egito e Israel a Alemanha, Holanda, Camares, Hong Kong, Tailndia e Tunsia.
    A brasileira Condor Non-Lethal Technologies, uma das principais provedoras da Turquia, vende seus produtos a 41 pases.
    Durante a Primavera rabe, empresas americanas exportaram 21 toneladas de munio, o equivalente a cerca de 40 mil unidades de gs lacrimogneo.
    Em termos de manejo de protestos, nada mudou com a democratizao egpcia. Esse ano, o ministrio Interior encomendou cerca de 140 mil cartuchos de gs lacrimogneo ao mesmo elenco de exportadoras americanas.
    Em fevereiro, o porta-voz do Departamento do Estado americano, Patrick Ventrell, defendeu a concesso de licenas para a exportao a essas empresas, dizendo que o gs lacrimogneo “salva vidas e protege a propriedade”.
    A empresa brasileira Condor Non-Lethal Technologies usa argumentos semelhantes.
    “As tecnologias no letais so projetadas para incapacitar temporariamente as pessoas sem causar danos irreparveis ou morte. Seus efeitos so totalmente reversveis. De acordo com uma recomendao da ONU em 1990, a polcia tem de fazer um uso proporcional da fora por meio de armas no letais em consonncia com os direitos humanos e o respeito vida”, disse um porta-voz da companhia BBC.
    A expresso “no letal” aparece no nome e marca de muitas companhias. Mas o uso dessa expresso contestado por especialistas e grupos defensores de direitos humanos, que tambm questionam a relao prxima entre a indstria, as foras militares e de segurana e governos, que permitiu que o uso do produto fosse se consolidando como arma repressiva favorita ao longo das ltimas dcadas.

    NORMALIZAO
    Na Primeira Guerra Mundial, o gs lacrimogneo era classificado como arma qumica. Mas a partir da, entrou um cena a fora do lobby industrial-militar-governamental, como explicou Anna Feigenbaum.
    “Por presso dos governos e das corporaes, mudou-se o nome de ‘arma qumica’ a ‘irritante qumico’ ou ‘instrumento de controle de distrbios’. Isso produziu uma normalizao. O gs que comeou a ser usado no ‘controle de multides’ na dcada de 30 se generalizou a partir dos anos 60”, disse.
    Uma pesquisa pedida pelo governo britnico sobre o uso de gs lacrimogneo no fim dos anos 1960 na Irlanda do Norte contribuiu de forma particularmente significativa para essa normalizao.

    Abraos.

    PS: O MUNDO D VOLTAS!

    Quem diria que o PARTIDO DOS TRABALHADORES, depois de assumir o poder, criaria uma TROPA DE CHOQUE FEDERAL E MILITAR ligada diretamente ao Governo Federal, recolheria as suas bandeiras das manifestaes e das ruas e imitaria os mtodos da ditadura, que tanto condenou, com o uso do GS LACRIMOGNEO, do ANGU e do BACALHAU!

  2. Prezado Xar, de Braslia,
    A meu ver no existe nada mais contraditrio que os partidos que se intitulam de esquerda!
    Na alegao que defendem os direitos do povo, agem contra este mesmo povo e com extremo rigor quando contestados em suas funes.
    A Rssia quando se tornou comunista estabeleceu que o seu maior inimigo era… o povo;
    A China, por intermdio de Mao e sua marcha em direo a Pequim, em 1949, elegeu como inimigo… o povo;
    Fidel Castro, ao depor o corrupto Batista, em 1959, virou-se contra quem? O povo;
    Coria do Norte, Camboja, e outras naes, servem de exemplo quando querem que prevalea a ideologia em detrimento dos direitos da populao.
    O PT, que se fez conhecido no Brasil atravs de passeatas empunhando as suas bandeiras, mostrou ao cidado brasileiro que, o protesto nas ruas, se trata de uma arma mais letal que a prpria violncia, muito mais precisa que os armamentos sofisticados existentes porque atinge o mago de um governo que descontenta o cidado, que ineficiente, incapaz e corrupto!
    Ora, o comportamento dos manifestantes que expulsa de suas fileiras quem se identifica com qualquer partido poltico sintoma dessa insatisfao, exatamente a forma que o PT se utilizava para contestar os governos que o antecederam.
    Evidente que usa, agora, da mesma maneira em coibir tais reivindicaes com as armas que se no so letais vida do cidado – pelo menos em tese, pois pode deix-lo aleijado ou cego -, mortal ao governo, haja vista ser reflexiva, ou seja, o rigor contra o povo ser usado contra ele nas prximas eleies!
    E no s violncia empregada, mas o seu desprezo quanto s necessidades da populao, uma das razes dos protestos, diante da insensibilidade governamental em colocar a vida do povo em segundo plano(Sade, Educao e Segurana)para priorizar as obras de um torneio de futebol em enaltecimento personalidade vaidosa e irresponsvel do ex-presidente Lula, o autor desta aberrao!
    Sobre os mesmos mtodos da ditadura e hoje empregados pelo PT, no podemos nos esquecer que a maior parte de seus lderes queria implantar uma ditadura de esquerda no Brasil, portanto, tanto faz se destra ou sinistra, a verdade que o inimigo sempre ser… o povo!
    Um cordial abrao, meu Xar.

  3. O Ministrinho Gilberto Carvalho subserviente ao ex.presidente Lula agora vem a pblico dizer que tem que haver mais investimentos para o Povo Brasileiro. Vcs esto no poder h quase 11 noas e s atenderam aos banqueiros, alguns empresrios amigos e deram migalhas para o povo mais pobre deste Pas. Agora a festa est acabando para vcs. Vcs so perdulrios, vcs so corruptos porque quem apoia corruptos corruptos so. Foraaaaaaa. O POVO BRASILEIRO FINALMENTE ACORDOU.

  4. Diogo Costa,
    Precisa-se ler as entrelinhas, e no somente o que visvel.
    Certamente que esses baderneiros que se infiltram nessas manifestaes esto a servio de entidades interessadas na desestabilizao social,nas arruaas, no descontrole.
    Esses devem ser presos, identificados, e eliminados dessas manifestaes porque contrrios democracia, a protestos legtimos.
    A maioria pacfica, ordeira, quer reivindicar direitos aviltados, desprezados, ignorados, e no quebrar prdios pblicos e/ou particulares.
    Entretanto, sempre teremos entre os seres humanos os que se excedem, as ndoles nefastas, os perigosos, violentos, radicais, que desejam o caos, o conflito, o combate fsico.
    Nada diferente da maneira como om governo tem agido conosco, que, se no pela fora, tem sido base da arrecadao insuportvel de impostos e de entregar populao sevios de pssima categoria, alm de aumentos inexplicveis e injustificveis sobre concesses pblicas, principalmente o transporte coletivo, certamente querendo os petistas transform-lo em seletivo pelo andar da carroa, isto mesmo, nibus que mais parecem carroas pelo desconforto, atrasos, quantidade insuficiente para atender demanda e inseguros.
    Mas este apenas um dos motivos s manifestaes. O principal, a descrena nos partidos polticos, que deveriam ser os nossos representantes e, no entanto, esto apenas a servio de seus correligionrios e trampolim para seus dirigentes conseguirem “boquinhas” na administrao do governo e garantirem seus futuros e de suas famlias e, se possvel, a seus companheiros mais prximos.

  5. Bendl

    A canalha comunista est DANDO o MAIOR GOLPE de ESTADo e e fazendo isso de forma magistral!
    A ala mais radical extremista da corja iniciaram o movimento e com a hhipocrisia da camuflagem das camisetas brancas da “paz” e o slogan “sem violencia” foram conquistando 0s incautos inocentes e no meio dessa massa de idiotas uteis vo infriltados os agentes provocadores para promover o putch!
    o Objetivo derrubar o estado democratico de direito,e suas instituies, obrigar dilma a renunciar e assim aclamar LulaStalin como DITADOR eterno tuuudo com o apoio ingenuo dessa massa de gente inocente que penssa que est mudando o Brassil… est sim MUDANDO PARA O PIOR!!! MUDANDO PARA UMA HORRENDA DITADURA COMUNISTA!!!

    BENDL, ATENTE QUE UM MOVIMENTO DESTE COM ESSA MAGNITUDE,NIVEL DE ORGANIZAO E SINCRONIA NO SURGE DO NADA! E AINDA DIZEM QUE “SEM LIDERES”!!???!!!
    A COMPROVAO QUE A “COISA” NO FEITA POR AMADORES…
    SO METODOS DA ANTIGA KGB DE DESESTABILIZAO E DERRUBADA DE REGIMES EM AO!

    A SEGUNDA FASE DISSO SER MAIS SANFRENTA:
    O MST BLOQUEANDO, SAQUEANDO CAMINHES QUE PROVOCAR O TOTAL DESABASTECIMENTO DE TUDO NAS CIDADES BRS , INVADINDO PROPRIEDADES RURAIS, CIDADES DO INTERIOR E ARMADO COM AS ARMAS PESADAS DE H MUITO ESTOCADAS EM PAIS CLANDESTINOS SUPRIDAS PELO FORO DE SP, FARCS E HUGO CHAVES E FIDEL!
    NAS CIDADES A VIOLENCIA SER AINDA MAIOR POIS HAVER CONFRONTO ARMADO TENDO COMO OPERATIVOS DOS COMUNISTAS O PCC.CV E CONGENERES E O RESULTADO SER O QUE TODO O GOLPE COMUNISTA FAZ:

    –BANHO DE SANGUE___!!!
    VO CAAR PARA EXTERMINAR A BURGUESIA (CLASS MDIA) QUE A MARILENA CHAU GRITA QUE A ODEIA!

    ESSES MESMOS QUE ESTO HOJE NAS RUAS SERO ELES MESMO A MAIORIA DAS VITIMAS, LEMBRE-SE DE POL POT,CUBA , URSS EM 1917 EM DIANTE.

    NO SE ENGANE MEU CARO , ESTAMOS NO MEIO DO FURACO VERMELHO.
    ABRAO FRATERNO
    ALARICO TROMBETA

    P.S Sem deixar de lado que ainda por cima Lulla estar faturando bilhes com o CANCELAMENTO (obvio)e a “venda” da copa de 2014 para outro pas. juntamente com a mfia da FIFA.

    • Mas vai explicar isso pra essa massa de anencfalos influenciados por professores vermelhos!

      Como diria um esclarecido: Eles ocuparam todos os espaos, acostumaram-se a ouvir suas prprias vozes, e quando ouvem uma voz diferente das suas ficam aterrorizados e comeam a inventar intenes pejorativas e caluniosas, como achar que direita igual a nazismo.

  6. Trombeta, meu caro,
    No creio que chegaremos a tanto. O policiamento demonstrou que no ir tolerar balbrdia, assim como imagino com esta suposta alegao do MST em bloquear estradas e saquear caminhes que levam alimentos s cidades.
    Admito que estamos presenciando e participando de uma situao delicada, que continuar se o governo no tomar as medidas que o povo quer, apesar de estar embretado, como se diz aqui no sul, ou seja, ou segue em frente ou atropelado pelos que vm atrs.
    Observa:
    Se o governo d ouvidos aos clamores do povo, ele o fortifica;
    Se o governo no cede s solicitaes da populao, ele a fortifica mais ainda! Em outras palavras:
    Os partidos polticos faliram neste Pas.
    Perderam totalmente a credibilidade pelo abuso contra as instituies, pelo descaso ao Brasil.
    Desta forma, o povo entendeu que deve ele mesmo exigir as mudanas que urgem ser feitas, sob pena de transformarem esta nao em um parque de diverses s insanidades e impunidades dos parlamentares como querem com a aprovao desta famigerada PEC 37, que retira do MP, o fiscal da lei, o seu poder de fiscalizao!
    Na verdade estamos vivendo e fazendo histria, pois pela primeira vez que temos um governo que se intitula de esquerda, popular e que brada ser identificado com os aspectos sociais, ser rechaado pela populao que compreendeu e concluiu que o preo apagar por esses “interesses” e tendncia era muito caro, na verdade impagvel: A corrupo desmedida!

  7. Prezado Francisco.

    Somente no concordo com as vaias a Dilma, pois ali, o povo brasileiro no estava bem representado. A maioria no estdio devia ser funcionrios pblicos cheios de privilgios e reclamando de barriga cheia, ainda mais considerando o preo dos ingressos.
    Sem falar no inchao da mquina pblica nos governos PT.

    Nossa democracia precisa amadurecer muito. Parabns pelo texto.

  8. Francisco Bendl, saudaes.
    O Estado Brasileiro no tem condies para falar nada. O Estado Brasileiro composto de escroques. O Estado Brasileiro, chefiado pela maior Mfia de que se tem notcia, causaria inveja ao Giacommo Gambino, ao Carlo Gambino, ao Frank Moretti, ao Sam Giancana, ao Al Capone, ao Lucky Luciano e demais.
    Hoje o nome deles Lixo Inato Lula da Selva, Jos Dirceu, Antonio Palocci, Dilma Rousseff, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor, Jos Sarney, Paulo Maluf e muitos outros.
    Pegando carona no que o Helio sempre afirmava em sua coluna sobre os economistas, dou a sugesto seguinte: todos eles deveriam ser condenados priso perptua e, quando acabasse a pena … fuzilados. “Que maravilha viver!”
    Abrao, Francisco !!!!!

  9. At que a ideia, boa!

    De: Leandro Fernandes
    Enviada em: sexta-feira, 21 de junho de 2013 13:54
    Assunto: ENC: PEC 37 – Reforma constitucional

    Por favor, mantenha esta mensagem CIRCULANDO para que possamos ajudar a reformar o Brasil.
    NO SEJA ACOMODADO. NO ADIANTA S RECLAMAR. NO CUSTA NADA REPASSAR.

    Peo a cada destinatrio para encaminhar este e-mail a um mnimo de vinte pessoas em sua lista de endereos, pedindo a cada um deles para fazer o mesmo.

    Em trs dias, a maioria das pessoas no Brasil ter esta mensagem. Esta uma idia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo.

    Lei de Reforma do Congresso de 2011 (emenda Constituio) PEC de iniciativa popular: Lei de Reforma do Congresso (proposta de emenda Constituio Federal)

    1. O congressista ser assalariado somente durante o mandato. No haver aposentadoria por tempo de parlamentar, mas contar o prazo de mandato exercido para agregar ao seu tempo de servio junto ao INSS referente sua profisso civil.

    2. O Congresso (congressistas e funcionrios) contribui para o INSS. Toda a contribuio (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passar para o regime do INSS imediatamente. Os senhores Congressistas participaro dos benefcios dentro do regime do INSS exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria no pode ser usado para qualquer outra finalidade.

    3. Os senhores congressistas e assessores devem pagar seus planos de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

    4 Aos Congressistas fica vetado aumentar seus prprios salrios e gratificaes fora dos padres do crescimento de salrios da populao em geral, no mesmo perodo.

    5. O Congresso e seus agregados perdem seus atuais seguros de sade pagos pelos contribuintes e passam a participar do mesmo sistema de sade do povo brasileiro.

    6. O Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impe ao povo brasileiro, sem qualquer imunidade que no aquela referente total liberdade de expresso quando na tribuna do Congresso.

    7. Exercer um mandato no Congresso uma honra, um privilgio e uma responsabilidade, no um uma carreira. Parlamentares no devem servir em mais de duas legislaturas consecutivas.
    8. vetada a atividade de lobista ou de consultor quando o objeto tiver qualquer lao com a causa pblica.

    Em tempo:

    Est sendo proposta e em fase final de votao a PEC 37 que retira do Ministrio Publico a possibilidade de investigar nossos polticos. Se tal PEC j tivesse sido aprovada os mensaleiros no teriam sido condenados. (Genoino, Dirceu e outros)

    Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mnimo de vinte pessoas, em trs dias a maioria das pessoas no Brasil receber esta mensagem. A hora para esta PEC – Proposta de Emenda Constitucional – AGORA.

    ASSIM QUE VOC PODE CONSERTAR O CONGRESSO.

    Se voc concorda com o exposto, REPASSE. Caso contrrio, basta apagar luz e dormir sossegado.

  10. Afinal o que esto protestando? Cada ndividuo fala uma coisa. Li a entrevista de uma que estava protestando contra a prova da OAB.Deve ser uma aluna relapsa ou burra que no tem capacidade de fazer a prova.Outra estava protestando em razo do preo de rao para cachoro que estava cara.Protesto legito quando tem uma bandeira o que dar condies de negociao e soluo do problema.Quanto ao vandalismo a policia deveria meter o cacete e meter os marginais – um grande numero de to canalhas covardes com touca ninja – na cadeia. No inicio a imprensa e outros iludidos absolviam os marginais e culpavam a policia por estarem cumprndo o dever com pseudo truculncia. A est dando no que estamos vendo e assistindo.

  11. Aqui est o link (http://cebes.org.br/internaEditoria.asp?idConteudo=4603&idSubCategoria=30) para o relato muito interessante de uma militante do MPL( muito grande, leiam com pacincia). Aparentemente, dentro do ato legitimo do MPL, em So Paulo e outras capitais, h pessoas e grupos infiltrados que esto praticando aes que visam desestabilizar a ordem pblica, tomar “carona” em um movimento legtimo e provocar uma possvel reao mais drstica e violenta por parte das “autoridades”. Ser que esto preparando um golpe?

  12. Jos Guilherme, saudaes
    Sua ideia do Helio ser um dos porta-vozes do povo maravilhosa, mas s deveria ser concretizada se fosse para ser apresentada AO VIVO nas redes de TV!!! E a … NO ACREDITO MESMO que ela tope.

  13. Esta turma gay no toma jeito.
    Quando os htero aceitam que os gays se casem com outros gays, que se relacionem com eles, que sejam respeitados e divulgam para os demais, eles continuam nos chamando de homofbicos!
    Ora, se eu escrevi sobre o esposo do deputado ou seu companheiro sou, ento, homofbico?!
    Ora, um de seus pleitos no o casamento entre gays?!
    Como vou chamar quem divide o lar e a intimidade com um deles?!
    Se eu os defini como esposo ou companheiro estou errado e, ainda por cima, homofbico?!
    Bailo, vai lamber sabo, hterofbico!!!

  14. Estou certo que o Carlos Newton d boas gargalhadas com alguns comentrios. Outro dia, um que costuma escrever com maisculas e um escrivo jumentado se saiu com a frase de que “todos querem meter o FEDELHO”. Agora, com esse “vai lamber sabo” e a resposta de que “o seu sorvete no sabo”, s rindo mesmo.

  15. Rir faz bem sade.
    Inclusive comentrios de quem se julga srio e, no entanto, tambm ocasiona gargalhadas porque enaltece a sua propria crtica como desnecessria ao comentar sobre o que no importante!
    S rindo mesmo, e de todos ns para ns todos, em uma grande e unssona risada!

  16. Jos Guilherme, saudaes.
    Segunda feira estarei l, novamente, na Cinelndia.
    Converso com os estudantes e digo para eles que, quando adultos, o Brasil poder ser uma das maiores potncias (verdadeiramente) do Planeta Terra.
    S depende deles. E lembro para eles algumas citaes histricas:
    “A Caminhada longa. Mas, uma vez dado o primeiro passo … ela j estar mais curta” CONFCIO
    “Caminhante, a caminhada se faz no caminhar”
    Eles me perguntam quem o autor desta citao.
    “Digo: xiii … esqueci … s sei que de um escritor espanhol” E todos camos na risada!!!

  17. Pingback: Governos no suportam manifestaes legitimamente democrticas | Debates Culturais – Liberdade de Idias e Opinies

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.