Greenwald no pode liberar material para percia, porque a fraude ser descoberta

Resultado de imagem para greenwald charges

Se liberar o material para percia, Greenwald estar liquidado

Carlos Newton

Ao invs de continuar perseguindo o ex-juiz Srgio Moro, os procuradores federais e outros participantes da Laja Jato, o jornalista norte-americano Glenn Greenwald comea a se sentir perseguido. Convidado para ser uma das estrelas no festival literrio de Paraty, ele teve se locomover de barco, cercado de seguranas, e sua palestra foi saudada por um sonoro protesto popular, que incluiu exploso de rojes, Hino Nacional em duas verses, Detalhes e Pavo Misterioso, que se tornou sua nova trilha sonora.

s custas da Lava Jato, Greenwald j viveu seus 15 minutos de fama, agora a tendncia descer a ladeira e prestar contas Justia, no prosseguimento da investigao a cargo da Polcia Federal.

INTIMIDAO – No momento, o jornalista tenta se manter inclume atravs da intimidao, repetindo as mesmas ameaas: Esse acervo que ns temos muito poderoso. E o poder dos documentos, fotos e vdeos, e dos udios que ns temos d medo nas pessoas que tm mais poder. Esse acervo tem a capacidade de mostrar a verdade. S isso. E isso est assustando a eles mais do que tudo, diz ele, na esperana de que o material no venha a ser apreendido para sofrer percia.

Desafiadoramente, anunciou que no ir disponibilizar s autoridades as mensagens trocadas por procuradores e pelo ministro da Justia, Sergio Moro, que basearam reportagens publicadas pelo site.

Ns no entregamos e nunca vamos entregar nosso material jornalstico para a polcia ou tribunais porque isso uma coisa que acontece em pases autoritrios, tiranias, e no democracias. O que ns fizemos, como profissionais, ns verificamos com muita cautela que o material totalmente autntico, advertiu.

ADULTERAES As denncias de Greenwald j esto desmoralizadas, desde que o ex-procurador Carlos Fernando dos Santos Lima compartilhou uma gravao do editor executivo do siteThe Intercept, Leandro Demori, feita pelo jornalista Oswaldo Eustquio e divulgada no site Repblica de Curitiba.

Na gravao, Leandro Demori, que editou as publicaes dos dilogos entre Moro e os procuradores, mantm uma conversa com colegas sobre a Vaza Jato e admite que o Intercept fez alteraes nos dilogos: A gente t passando recibo [] A gente escolheu pra ns. Ta aqui , ningum faz isso. A gente t passando recibo. A gente tomou uma deciso, disse Demori em um caf na cidade de So Paulo.

Nesses udios, Demori e seus interlocutores falam sobre supostos erros nas mensagens, tanto de digitao quanto de contexto. Tava tudo errado. O que, por exemplo, estava errado? Tudo tava errado. Nomes, data, blocos, citao. Tudo errado, declarou o editor do Intercept. Absolutamente tudo errado, confirmou outra jornalista.

SEM COMENTRIOS – Procurado pela imprensa, Leandro Demori no quis comentar o caso. E no foi s isso. Muitos outros erros foram identificados. O mais gritante foi denunciado pela procuradora Monica Checker, que poca do dilogo atribudo a ela no conhecia o ento juiz Moro e jamais tinha ouvido falar nele.

A estratgia de Greenwald clara. Recusa-se a liberar as gravaes porque ficar comprovado que houve manipulao de dados, nomes e datas. E assim, ao invs de continuar acusando os participantes da Lava Jato, o acusado passar a ser ele.

De toda forma, Greenwald est acuado. No pode entregar o material nem pode se livrar dele. E no conseguir permanecer eternamente escondido sob o manto da liberdade de imprensa, para evitar que haja percia nas gravaes. Sua incriminao apenas uma questo de tempo.

###
P.S. 1
A conversa do editor do Intercept foi num caf em So Paulo. Eles estava falando alto, o jornalista Oswaldo Eustquio estava na mesa ao lado e captou a mensagem, amado mestre.

P.S. 2Imagine-se a mesma situao na matriz USA, com um jornalista brasileiro dedicado a demolir o mais importante trabalho da Justia americana, sem submeter as provas percia. Na matriz USA, Greenwald j estaria preso h muito tempo. Enquanto isso, aqui na filial Brazil, ele ainda continua tirando onda… (C.N.)

34 thoughts on “Greenwald no pode liberar material para percia, porque a fraude ser descoberta

    • Esse Verdevaldo s no pode ser chamado de intil ou insignificante, porque est mostrando ao mundo o excelente trabalho prestado por nossos honrados juizes e procuradores da operao Lava Jato. Entretanto isso no exclui o fato de Grenn e seus comparsas serem criminosos envolvidos com hackers que precisam ser exemplarmente punidos com todo o rigor da lei.

  1. Lamentvel esta opinio, j constataram que so autnticas, mas continuam tentar desacreditarem nas mensagens, ento, porqu Srgio Moro e Deltan Dallagnol , no entregam seus aparelhos, um absurdo, por isto este pas esculhanbado mundo afora, no sou partidrio de nenhuma sigla, mas no posso me fazer de cego, como muitos continuam.

  2. O mesmo se pode dizer em relao a Moro e Deltan que tambm no entregaram seus celulares percia. O prprio diretor da PF (que subordinado ao Moro…..) no quer fazer percia no celular dos dois. Alis, nenhum dos dois nega categoricamente a veracidade das conversas. Eles devem saber porqu, no?

  3. O Reino Unido abriu investigao para buscar os responsveis pelo vazamento de telegramas diplomticos, onde o embaixador britnico nos Estados Unidos, Kim Darroch, teria dito que a administrao de Donald Trump era inepta e excepcionalmente disfuncional.
    A ditadura britnica…segundo verdevaldo.

    • natural que o caso seja investigado. Trata-se de violao de sigilo de comunicaes. Alm do mais, no caso britnico, qual a relevncia de alardear opinies polticas expressas privadamente por um embaixador. Isso no jornalismo, espionagem
      para fins de ativismo poltico. As mdias que divulgam essas coisas querem apenas fabricar crises e desgastar polticos que no gozam de sua aprovao.

  4. Um adendo: acho que o Newton, na frase inicial do artigo, quis dizer “…comea a se sentir perseguido”, ao invs de “perseguidor”.
    De resto, mais uma vez, um excelente artigo.

    • Gratssimo, amigo Pedro Meira, pela correo do texto e pelas palavras de apoio. Seus comentrios so cada vez melhores e profundos, precisamos transform-los em artigos.

      Abs.

      CB

  5. Eliane Cantanhede escreveu que no h nada que prejudique o procurador Delagnol nas comunicaes violadas:

    O CNMP concluiu que promotores e procuradores tm o direito de fazer palestras e dar cursos pagos, podendo doar ou simplesmente guardar o que recebem.

    Logo, no por a que vo pegar um dos smbolos da Lava Jato. Podem agast-lo, podem desgast-lo na opinio pblica e no mundo jurdico, podem exigir explicaes dia sim, dia no. Mas, por enquanto, isso se resume a um mar de constrangimentos e a um exerccio: o da pacincia. De concreto, que possa comprometer objetivamente sua atuao profissional, nada h.
    https://www.oantagonista.com/brasil/de-concreto-nada-ha/

  6. Este merda j deveria ter sido expulso, h muito tempo.
    O governo est tendo pacincia demasiada com um traste desta espcie.

  7. Pois ….

    estranho pais este Brasil….

    Padre Marcelo atacado em publico e “no se pode abrir processo”

    Este jornalista paralisa o pas e nenhum dos milhares ou centenas de procuradores, abre um processo de investigao?

    Mas abrem para maus tratos de qualquer animal, para interferir em votaes de clubes de mes, para regulamentar o bingo das senhoras do asilo boa passagem, para regulamentar o canto dos pssaros na floresta amaznica, para regular casinhas de cachorros na rua etc…..

    estranho mesmo

    Ou existe uma grande cagada do MP e que tem medo do que o jornalista tem ou o MP s serve para tirar onda …..

    No importante saber o que tem verdade nisso?

    se fosse contra um de vocs, no abririam processo por perdas e danos e obrigaria a mostrar as provas??

    O que faz o espirito de Raquel?
    Sim por que a procuradora geral deu uma desaparecida geral, virou procurada geral …..Ns que estamos procurando-a

    Se eu fosse um gringo para investir, morar, visitar ou simplesmente tentar entender o Brasil, sairia correndo.

    lembram de Mussolini, sobre se era possvel organizar a Itlia???

    o Brasil cpia numero um…..

    O PT j tinha mostrado isso e mais uma vez se prova.
    No Brasil basta ter audacia e cara de pau, que ninguem nos enfrenta….

    As leis sao apenas para os fracos….

    No me venham com grados presos na lava jato.

    Comeo a ter a convico que so simples bois de piranha, anis para salvar os dedos….

    Imaginem o tamanho real da boiada.

    Tudo continua como antes no quartel de …..

  8. Nem o Moro desmentiu categoricamente o seu envolvimento ilcito em mensagens trocadas com o MPF. Mas o editor do site, Carlos Newton diz que material inventado. Que fase. A idolatria por pessoas cega muitos.

      • Pelo que eu saiba e posso estar enganado, qualquer pessoa que se sentir atingida por inverdades e coisas inventadas, pode entrar na justia, pleiteando reparaes econmicas e morais. Ento, ser que Os que se sentem atingidos indevidamente entraro com alguma ao? Quanto a material manipulado, o prprio site j esclareceu.

    • A idolatria por pessoas cega muitos.

      Ests coberto de razo o mula lhe enfeitiou ou s jab mesmo?

      ilcito em mensagens trocadas?
      Onde esta o ilcito? se pude nos mostrar a luz ns os ignorantes ficaremos agradecidos.

      • Acho a lava-jato, tirando alguns exageros, como punir empresas em vez de s condenar os culpados tal qual se faz nos pases desenvolvidos, uma tima coisa e ela precisa continuar, claro que com mecanismos de preveno para prevenir a corrupo. Mas quanto aos ilcitos cometidos pelo juiz e o MPF s verificar a Constituio e as leis do judicirio. normal o juiz, que deveria ser imparcial, se imiscuir com o rgo acusatrio, o MPF? Se queremos ser um pas decente, devemos estabelecer nossa tica, sem usarmos a tica para determinadas situaes.

  9. Grenwald no entrega porque a lei brasieleira o ampara.No depende de sua vontade. “Os fatos so to claros mesmo para quem no os leu “que os argumentos dos acusados nada valem”.

    • Desculpe Aquino mas no entendi.

      Quer dizer que ele no pode se instado a apresentar os udios e gravaes mesmo que a justia o acione?

      Se o Moro ou dalagnol, iniciar um processo por perdas e danos ele noa ser obrigado a mostrar ou ento retira os udios e pedir desculpas….

      • Isso que sinuca de bico,
        se no mostrar no tem pericia e mesmo que verdadeiras no podem ser utilizadas juridicamente.
        se mostradas,
        1- a farsa pode ser demonstrada rapidamente
        ou
        2- as provas no podem se provar por incapacidade tcnica de autentic-las, pois se um hacker consegue entrar no sistema protegido o que garante que ele no adulterou o contedo, j que os prprios jornalistas j o est adulterando?

  10. Esse cara adquiriu o direito de viver no Brasil? Ele casou com alguma Albertina Necessitada da Silva? Que shit! Por que permitir esses scumbags em nossas terras?

  11. No acredito que a Polcia Federal e o MPF estejam quietos sem tomar nenhuma medida contra o Greenwald. Acredito que vo tomar a medida certa na hora certa. Esto juntando provas, que ao prende-lo no deixe margem de defesa.

  12. Isso que sinuca de bico,
    se no mostrar no tem pericia e mesmo que verdadeiras no podem ser utilizadas juridicamente.
    se mostradas,
    1- a farsa pode ser demonstrada rapidamente
    ou
    2- as provas no podem se provar por incapacidade tcnica de autentic-las, pois se um hacker consegue entrar no sistema protegido o que garante que ele no adulterou o contedo, j que os prprios jornalistas j o est adulterando?

  13. At o presente momento no h uma s prova concreta contra qualquer componente da Operao Lava-Jato. Muito ao contrrio, os textos divulgados apenas mostram dilogos de pessoas de bem procurando a verdade para evitar erros que pudessem gerar injustias contra inocentes.
    Porm, h um fato ocorrido na Cmara Federal, amplamente divulgado nas redes sociais, no qual o protagonista o deputado federal David Miranda (PSol-RJ), que herdou o mandato do deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ), por renncia deste.
    A Cmara Federal foi criada em 25 de maro de 1824 – pela Constituio brasileira de 1824 – e no dia 6 de maio de 1826 foi realizada a sesso de abertura da primeira legislatura da Assembleia Geral Legislativa, em reunio conjunta da Cmara dos Deputados e do Senado. Portanto, funciona cerca de duzentos anos.
    Nesses quase dois sculos a instituio foi palco de vrias situaes histricas, talvez nenhuma com a densidade de humanismo e pureza como o proporcionado pelo deputado David Miranda, em traje masculino e bigode, defender oralmente com emoo e fidelidade, a pessoa que afirmou ser seu marido, o respeitvel senhor Glenn Greenwald.
    Devemos reconhecer que foi um ato sublime, humanitrio e politicamente correto.
    E mais, que qualquer prova concreta contra a Lava-Jato ou seus participantes jamais superar a esse ato consumado pelo deputado David Miranda, que passou a ser um enorme fato humanitrio e que, certamente, ficar registrado nos anais da histrica e quase duo secular Cmara Federal.
    Todos devemos reconhecer o humanismo, a grandeza e a fidelidade desse magno episdio, sejamos atrasados ou evoludos culturalmente.

  14. Relembrando novamente o que j postei aqui noutro dia:

    Esse Glenn Greenwald no quer entregar o material para percia porque se o fizer estar desmontada a farsa que ele armou, pois ser possvel provar adulterao e edio dos textos, alm da participao pessoal dele nos crimes para obteno do material roubado.

    A alegao de que recebeu anonimamente ser descoberta como falsa.

    S otrios que ainda acreditam nesse sujeito.

    Ele inverte tudo:
    Honesto vira desonesto.
    Desonesto vira honesto.
    Mulher vira homem.
    Ele, homem, vira mulher.

  15. LOUVADO SEJA O ALTISSIMO …sempre

    prezado moderador … a cousa t ficando feia para a turma da mfia de curitiba. No h um sequer da plebe ..que acredita mais na lava jato…a cousa desandou geral , cada tijolo liberado …mostra s cagada da turma mafiosa…vc pode at alegar que tudo montagem …armao ..etc
    mas lhe digo meu caro ..as cagadas esto se acumulando e o vaso no comporta tamanha merda e o perigo que tudo vai transbordar…
    armaram para o Sr. Luis Incio no se eleger, o sistema queria um “salvador” e o que deu ? O sr. jair fazendo das suas e agora querendo empregar a familia no servio pblico federal sem concurso pblico …kkkkkkk… , fechar universidades “comunistas” …kkkkkk , indicar para nossa suprema corte um “bispo evanglico ‘ ….kkkkkkk, fazer campanha para se reeleger….Kkkkk , etc..etc.. Carlo , a cousa t feia muita cagada em pouco tempo…creio que a melhor saida virarmos um regime parlamentarista..dar um carto vermelho neste doido varrido e VOLTARMOS NOSSAS FORAS SOCIAIS EM PROL DO PROGRESSO DO POVO E DA NOSSO SABERANIA ECONOMICA TOTAL .

    Creio que no momento s existe essa saida . no d mais para perdermos tempo com leros ..leros..

    O ALTISSIMO SEJA LOUVADO …sempre …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.