Helio Costa, reputação ilibada?

Na nova palavra (ou conceito) que Pedro Simon quer “colar” com esparadrapo nos candidatos, o Ministro das Comunicações como se desprenderia? Como provei ontem: há 500 dias ele não “desengaveta” um processo que interessa à Globo, organização para a qual trabalhou. (Trabalhou ou trabalha?).

O número 500 no destino do Ministro

500 dias de benefícios para a Globo. Mas não é só. Há tempos, uma empresa de um amigo seu, queria receber 1 bilhão. O processo não andava, Helio Costa e a empresa fizeram um acordo: “Pagamos 500 milhões e não falamos mais nisso”. Pagaram, “não se falou mais nisso”. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *